O guia técnico para arquitetura de spa: normas de referência, diretrizes funcionais, organização de espaços interiores e um exemplo prático com arquivo dwg e modelo 3D para baixar

Na arquitetura de spa é preciso ter muito cuidado com a organização de espaços interiores: é importante garantir um ambiente confortável para os usuários, que não se limite apenas ao efeito cênico das formas.

Arquitetura de spa-Esquema-Funcional-ambientes

Clique aqui para baixar grátis Edificius, o programa de arquitetura BIM

Ao organizar os espaços interiores de um spa, áreas fundamentais que não podem faltar são:

  • entrada
  • vestiários
  • circuitos de água

Outro aspecto essencial na fase de projeto são os consumos de energia, tanto diretos (consumos de equipamentos) quanto indiretos (troca de ar, por exemplo).
Enfim, para que um spa seja ‘perfeito’, e então lucrativo, o projetista deve levar em conta:

  • o que não se vê, mas é percebido passivamente (distribuição correta de funções);
  • o que garante um clima perfeito dentro do spa (instalações);
  • o que surpreende e permanece na experiência emocional dos clientes (estética e design).

São, portanto, inúmeros os aspectos a serem considerados para o projeto adequado de um spa:

  • normas de referência;
  • diretrizes funcionais;
  • organização de espaços interiores.

Neste artigo de aprofundamento iremos analisar todos esses pontos, acompanhando o conteúdo com um exemplo prático: um projeto de spa, de cerca de 300 m², em que abordamos todos os aspectos listados.

Do projeto realizado, ainda, iremos disponibilizar para o download gratuito os documentos técnicos no formato dwg e o modelo 3D criado com um software de arquitetura BIM.

Arquitetura de spa_render-programa de arquitetura BIM Edificius

Normas de referência

Ao projetar um spa, é necessário atender a várias normas, desde o gerenciamento de características funcionais e organizacionais da estrutura (iluminação, temperatura interna dos ambientes, qualidade do ar, e assim por diante) até à segurança de usuários e trabalhadores que utilizam esses espaços (vias de fuga, segurança e saúde dos trabalhadores, entre outros).

Diretrizes funcionais

No contexto do projeto de um spa, é possível prever inúmeros serviços:

  • Wellness (sauna, banho turco, sala de massagem, etc.)
  • Fitness (palestra)
  • Serviços acessórios (vestiário, WC)
  • Serviços aos clientes (bar, restaurante, balcão de atendimento, etc.)

Vamos conhecer melhor estes serviços fundamentais para o projeto de spa.

Arquitetura de spa-render-sauna-programa de arquitetura BIM Edificius

Render realizado com Edificius

Sauna

A sauna é um ambiente, típico do Norte Europa, que permite um tratamento de spa usando altas temperaturas e baixa umidade. Não há medidas mínimas ou máximas a serem respeitadas, a menos que sejam previstas por normas locais. É, no entanto, aconselhável garantir uma superfície mínima de 1,20 m² para cada pessoa presente no ambiente.

Fatores cruciais são:

  • temperatura, que geralmente varia entre 70°C e 90°C;
  • umidade relativa, compreendida entre 10% e 20%;
  • troca de ar adequada.

Outros fatores relevantes são os materiais utilizados para o revestimento e os assentos: madeira natural sem tratamentos químicos, evitando materiais plásticos e ferrosos, que em altas temperaturas podem ser prejudiciais à saúde.

Banho turco

O banho turco é um ambiente fechado destinado a um tratamento benéfico com o uso de vapor. O tamanho do espaço interior depende do número de pessoas que podem aproveitar o serviço ao mesmo tempo; em qualquer caso, deve ser tal que garanta um acesso confortável ao ambiente.

Como para a sauna, também para o banho turco aspectos fundamentais são temperatura e valor de umidade, que devem satisfazer certas características:

  • temperatura compreendida entre 25°C e 50°C;
  • umidade relativa de cerca de 100%.

É aconselhável prever um chuveiro para molhar o corpo durante a sessão.

Chuveiro emocional

O chuveiro emocional é um chuveiro massageador caracterizado, geralmente, por diferentes jatos de água associados a luzes, aromas, música: representa um momento em que aproveitar os benefícios de hidroterapia, cromoterapia, aromaterapia e musicoterapia.

As dimensões são comparáveis às dos chuveiros clássicos, embora seja preferível prever mais espaço em vez de manter os tamanhos clássicos mínimos (0,90 x 0,90 m).

Arquitetura de spa-render-banho-turco-programa de arquitetura BIM Edificius

Render realizado com Edificius

Circuito Kneipp (circuito vascular)

O circuito Kneipp é um tratamento vascular que prevê caminhos dentro de banheiras com fundo áspero (geralmente pedras) e jatos alternando água quente e fria na altura dos joelhos.

Não existem medidas predefinidas para as banheiras. Um fator fundamental, no entanto, é o fundo das mesmas, que deve ser áspero de forma a favorecer a estimulação plantar.

Sala de massagem

A sala de massagem é o ambiente onde o cliente recebe tratamentos de corpo.
Ao projetar esses ambientes, é necessário um dimensionamento correto, que também deve levar em conta os espaços mínimos necessários para o pessoal responsável pelos vários tratamentos.

Arquitetura de spa-render-solário-programa de arquitetura BIM Edificius

Render realizado com Edificius

Piscina com água termal e hidromassagem

A piscina é o coração de um spa, pois é em torno desse ambiente que geralmente se concentra a área de relaxamento. As dimensões, como no caso do circuito Kneipp, dependem do espaço disponível. A temperatura da água deve estar entre 36 °C e 38 °C.

Organização de espaços interiores

Na arquitetura de um spa a organização de espaço e circuitos é essencial e, portanto, o arranjo interno dos elementos é muito importante.

Arquitetura de spa-planta-piso térreo-programa de arquitetura BIM Edificius

O prioritário no projeto de um spa é identificar o público alvo, de acordo com o qual é necessário criar um espaço adequado às condições de bem-estar e relaxamento.

É importante definir se o centro é independente ou de apoio para outra estrutura, por exemplo um hotel. Neste último caso, será necessário decidir se o serviço deve ser oferecido exclusivamente aos hóspedes do hotel ou se também estará aberto a pessoas externas.

É, ainda, necessário conceber de forma adequada a entrada, o espaço em que há a primeira interação com o cliente. Pode ser organizada de modo a acomodar não só a recepção, mas também uma sala de espera e uma área dedicada à exibição e venda de produtos.

Além da entrada, é preciso identificar os ambientes do spa, acessíveis de forma direta ou indireta:

  • direta, se a entrada estiver em contato direto com os ambientes do spa, em que ficam os vestiários também;
  • indireta, se entrada e spa estiverem separados por uma área de filtro, que pode ser constituída pelos próprios vestiários.

Os ambientes do spa devem ser organizados de modo a garantir o bem-estar psicofísico do cliente, implementando os conceitos de projeto dos banhos romanos: caldário, frigidário e tepidário.

Arquitetura de spa-Corte-B-B-programa de arquitetura BIM Edificius

Essas três áreas devem ser organizadas de forma a facilitar a passagem de uma área mais quente para outra mais fria, tonificando o corpo e doando uma sensação de bem-estar.

Também é possível prever áreas adicionais, como a área de fitness, sala de massagem e até mesmo um espaço dedicado aos serviços de restauração e bares, ligados diretamente à estrutura, a fim de promover relaxamento e bem-estar.

Arquitetura de spa: um exemplo

O nosso projeto de spa foi desenvolvido ao longo de um percurso linear, dividindo toda a estrutura em três grandes seções. Isso resultou na separação clara entre entrada e spa, usando o vestiário como área de filtro.

1. entrada na estrutura > 2. vestiários > 3. acesso aos ambientes do spa

Uma vez definida esta organização, procedemos a uma esquematização mais detalhada das funções dos vários espaços, associando a cada macro categoria uma série de ambientes que a caracterizam:

  1. a primeira área acolhe escritório de vendas e recepção;
  2. a segunda área é destinada a vestiários (separados por género), corredores, chuveiros e banheiros;
  3. a terceira área acolhe sauna, chuveiro emocional, banho turco, sala de massagens, circuito Kneipp, piscina com hidromassagem e, enfim, uma área de relaxamento.

Em relação às dimensões, as áreas possuem as seguintes características:

  • altura de ambientes destinados ao relaxamento ≥ 2,70 m;
  • altura de banheiros ≥ 2,40 m;
  • altura de corredores ≥ 2,10 m;
  • superfície de aeração ≥ 1/10 superfície de piso;
  • área mínima para ambientes fechados ≥ 9,00 m²;
  • a área de recepção deve ser de pelo menos 15,00 m²;
  • os pisos da estrutura devem ser lisos e laváveis;
  • o revestimento das paredes da estrutura deve ser realizado com material liso e facilmente lavável até 2,00 m.


Arquitetura de spa-Corte-A-A-programa de arquitetura BIM Edificius

Download documentos técnicos no formato dwg e modelo 3D BIM de arquitetura de spa

Confira os documentos técnicos (plantas e cortes) e o modelo 3D do projeto realizado.

Clique aqui para baixar grátis Edificius, o programa de arquitetura BIM

Download do modelo 3D BIM (arquivo .edf) de arquitetura spa

Baixe os arquivos DWG da planta e dos cortes do projeto