O European BIM summit analisa grau de disseminação e nível de adoção do BIM na Europa: quadro geral encorajador e grande progresso feito

Em abril passado, foi realizado em Barcelona o European BIM Summit, um evento importante que, reunindo os principais representantes europeus das instituições e do mundo da construção, analisou o estado do BIM na Europa.

Em particular, o diretor de BIM academy, Ignasi Perèz Arnal (um dos principais organizadores do BIM Summit) apresentou os níveis de adoção do BIM em cada País europeu.

BIM na Europa

Neste artigo de aprofundamento focamos no estado do BIM nos seguintes Países:

  • França
  • Alemanha
  • Irlanda

Nos próximos artigos, analisaremos Dinamarca, Finlândia, Islândia, Itália, Reino Unido, Espanha e Suécia.

BIM na França

BIM na Europa disseminação e adoção -França

 

 

 

Na França, o PTNB (Plan Transition Numèrique dans le Bàtiment), iniciado em 2014 e concluído em 2017, previu um financiamento de 20 milhões de euros para apoiar políticas nacionais para o desenvolvimento digital do setor da construção.

O plano visava permitir a “transição” do setor. Nesse sentido, foram envolvidas empresas, instituições e novas metodologias de trabalho baseadas no BIM. Porém, não foi prevista a adoção de normas referente ao seu uso obrigatório.

BIM na Europa disseminação e adoção França-Ingasi-Perez-Arnal-

A palestra de Ignasi Perèz Arnal sobre o BIM na França, na ocasião do European BIM Summit 2019 de Barcelona

Em particular, o plano lançou uma série de grandes projetos, infraestruturas e obras públicas, em que foi imediatamente implementado todo o potencial oferecido pelo BIM. A adoção deste ambicioso programa também permitiu a construção de 500.000 novas casas, projetadas e realizadas com ferramentas BIM.

Entre esses projetos, destaca-se o Grand Paris express, o maior projeto europeu de infraestrutura baseado em BIM, que resultará em aproximadamente 200 km de rede ferroviária subterrânea e de alta velocidade, com 68 novas estações de metrô previstas na área de Ille de France de Paris.

A estratégia francesa para o BIM também foi apoiada pelo projeto nacional MINnD (Modélisation des Informations INteropérables pourr les INfrastructures Durables) que, coordenado pelo IREX, incluiu quase 60 parceiros nacionais (divididos entre empresas, instituições, universidades, etc.).

O próximo grande projeto público com aplicação do BIM é o plano Europa City, que está sendo desenvolvido em Paris numa área de 800.000 m² com:

  • 500 lojas e espaços comerciais;
  • hotéis;
  • parques e áreas verdes;
  • áreas de lazer e esportes (com um parque aquático e outro para esportes de inverno).

A conclusão de todas as obras está prevista para 2021.

Esse grande plano, cujo valor foi de cerca de 2 bilhões de dólares, visa atrair cerca de 30 milhões de visitantes por ano. Será o maior destino turístico da Europa e permitirá a criação de cerca de 17.500 novos empregos permanentes.

Para saber mais sobre o estado do BIM na França, recomendamos a leitura deste nosso artigo de aprofundamento anterior.

BIM na Alemanha

BIM na Europa disseminação e adoção-Alemanha

 

 

 

A Alemanha promoveu a inovação na indústria da construção por meio de uma abordagem “de baixo para cima”. A partir de associações e grupos de trabalho locais, foi desenvolvida uma estratégia nacional denominada Stufenplan Digital Planen und Bauen, lançada em 2015 com o apoio financeiro do Ministério de Infraestrutura e Construção Digital.

BIM na Europa disseminação e adoção-Alemanha-Ingasi-Perez-Arnal

A palestra de Ignasi Perèz Arnal sobre o BIM na Alemanha, na ocasião do European BIM Summit 2019 de Barcelona

A estratégia está baseada na implementação, até 2020, de projetos-piloto usados para testar os benefícios dos ambientes BIM. Somente após essa data será emitida a norma que tornará obrigatório o uso do BIM 5D em obras públicas.

Futurium Berlin é um desses projetos-piloto, uma referência essencial para a avaliação do nível de disseminação/adoção do BIM na Alemanha.

Promovido por uma parceria público-privada, o plano cobre uma área de 8.000 m² e prevê um orçamento de 58 milhões de euros. O projeto, lançado em 2017, será concluído até o final de 2019.

O maior projeto em BIM é o Rastatt tunnel, a linha ferroviária entre Karlsruhe e Basileia. Constituído por dois túneis, um para cada direção da viagem, terá um comprimento total de 4,7 km, um diâmetro de 11 metros e um orçamento de 450 milhões de euros. As obras, iniciadas em 2016, serão concluídas em 2022.

Atualmente, na Alemanha o uso do BIM para projetos públicos com investimentos superiores a 5 milhões de euros já é uma prática consolidada. O País, na verdade, está pronto para tornar obrigatório o uso dessas ferramentas digitais para projeto e realização de todas as obras públicas.

Para saber mais sobre o estado do BIM na Alemanha, recomendamos a leitura deste nosso artigo de aprofundamento anterior.

BIM na Irlanda

IM na Europa disseminação e adoção-Irlanda

 

 

 

Na Irlanda, apesar da falta de normas sobre BIM, a necessidade de inovação digital e sustentável no setor da construção é um objetivo prioritário para o governo.

Graças ao financiamento de cursos de treinamento específicos e à pesquisa de técnicas e processos de trabalho no setor da construção, o BIM já é uma realidade consolidada e amplamente adotada no mundo acadêmico irlandês.

BIM na Europa disseminação e adoção-Irlanda-Ingasi-Perez-Arnal

A palestra de Ignasi Perèz Arnal sobre o BIM na Irlanda, na ocasião do European BIM Summit 2019 de Barcelona

Em relação aos planos públicos, é importante realçar que, desde 2014, a estratégia para construção até 2020, publicada pela Enterprise Ireland, financiou planos de construção baseados em BIM com 200 milhões de euros, dos quais:

  • 50 milhões de euros para a melhoria de projetos rodoviários regionais e locais;
  • 50 milhões de euros para habitações sociais.

Tudo isso permitiu a criação de 60.000 novos empregos.

Foi, ainda, criado o NBC Ireland, conselho estratégico que coordenará, planejará e elaborará as novas políticas destinadas a desenvolver o projeto digital e atingir o nível 2 do BIM. A este respeito, se você quiser saber mais sobre os níveis de maturidade do BIM, leia o nosso artigo de aprofundamento Level BIM: nível de maturidade de 0 a 3.

O NHC-New Children Hospital é o projeto BIM mais complexo e significativo de todos os tempos no setor de saúde da Irlanda. O modelo/projeto BIM, na verdade, permitiu projetar melhor os espaços, otimizar o uso de áreas não utilizadas e compartilhar, de forma rápida e prática, dados e informações entre todos os atores da equipe técnica.

Outro projeto fundamental para o desenvolvimento do BIM na Irlanda foi o túnel para a Corrib Onshore Gas Pipeline Compound, uma central energética que atenderá completamente às necessidades de energia do País para os próximos 20 anos. O projeto, lançado em 2011 e concluído em 2016, foi premiado como o melhor projeto de engenharia do mundo em 2016.

Nos nossos próximos artigos de aprofundamento iremos analisar o estado do BIM nos restantes Países europeus.

Ignasi Perèz Arnal, quem é

Ignasi Pérez Arnal, fundador da Academia BIM e um dos principais organizadores do European BIM Summit em Barcelona, é membro de várias organizações, incluindo:

Ignasi-Perez-Arnal

Comisión Construir el Futuro (CCF)

Comisión de la Estrategia Nacional Española esBIM

buildingSMART Spain

GBCe-GreenBuilding Council Spain

eg-ice/European Group for Intelligent Computing in Engineering

 

 

Foi palestrante nas conferências EUBIM 2013 e 2014 e é diretor de:

  • BIM PCM Master da Universidade de Cantabria
  • Master BIM Applications em Historical Heritage da Universidade de Burgos
  • Master Urban da Ecole des Ingenieurs de la Ville de Paris, na sua edição espanhola

É, ainda, Senior Visiting Professor do Departamento de Arquitetura e Planejamento da Universidade de Sassari.