Publicado pela FIEC o manifesto ‘Making BIM a global success’: eis uma análise dos objetivos do BIM

A FIEC (Federação da Indústria Europeia da Construção) publicou o manifesto ‘Making BIM a global success‘ para suscitar o interesse no potencial do BIM em termos de promoção do aperfeiçoamento das políticas europeias.

‘Making BIM a global success’: os objetivos

O documento analiza os objetivos que o BIM quer alcançar, em particular:

  • promover a indústria da construção (digital) como protagonista no desenvolvimento de conceitos-chave e políticas, por exemplo infra-estruturas eficientes, cidades e casas inteligentes;
  • melhorar a produtividade, a competitividade, a satisfação dos clientes e a imagem do setor, apoiando:
  1. de cima para baixo, a transformação digital, facilitada pela UE e pelos governos nacionais com políticas e investimentos;
  2. de baixo para cima, a transformação digital, impulsionada pela própria indústria da construção.

O documento identifica 11 domínios políticos e indica para cada um deles o seguinte:

  • os objetivos do BIM;
  • o que será melhorado através do uso do BIM;
  •  o que é necessario para a indústria da construção.

As 11 áreas de interesse do BIM são:

  1. competitiveness / Industry 4.0 – competitividade / indústria 4.0;
  2. digital Agenda (Information Society) – agenda digital (sociedade da informação);
  3. workers – trabalhadores;
  4.  consumers / clients – consumadores / clientes;
  5.  SMEs (Small and medium-sized enterprises) – PME (pequenas e médias empresas);
  6. climate change mitigation / adaptation – adaptação / mitigação das mudanças climáticas;
  7. energy efficiency – eficiência energética;
  8.  circular Economy – economia circular;
  9. critical Infrastructure Protection – proteção das infra-estruturas críticas;
  10. urban Agenda – agenda urbana;
  11. research and development – pesquisa e desenvolvimento.

‘Making BIM a global success’: o que é o BIM

Eis algumas regras básicas para ter em mente (não ordinadas por prioridade):

  1. BIM é o acrônimo para “Building Information Modelling” e/ou “Management”/“Model” e significa Informação sobre a modelagem e/ou “gestão”/“modelo” das construções;
  2. o BIM é um sistema de trabalho pragmático baseado no uso de bancos de dados, o cuio âmbito de aplicação tem sido consideravelmente ampliado pelas TIC actuais para usar e partilhar quantitades inimagináveis de dados e as informações cruciais sobre a interdependência dos produtos de construção;
  3. o BIM é parte da digitalização global da indústria da construção e “Industry 4.0”;
  4. o BIM consiste em métodos de trabalho baseados nos processos e com uma gestão metódica, com uma abordagem de colaboração real e partilha dos dados no processo de construção todo, incluidos os clientes e os usuários finais;
  5. o BIM não é uma revolução, mas uma evolução;
  6. o BIM é um sistema de desenvolvimento que cada empresa pode introduzir num procedimento de transformação, passo a passo, segundo a velocidade mais apropriada para a empresa, considerando atividade, dimensão, capacidades, competências e métodos de trabalho dela.
  7. o uso melhor do BIM necessita o acesso constante às informações mais recentes e aos bancos de dados com a documentação do produto, bem como a total compatibilidade entre pacotes de software, evitando “sistemas proprietários” fechados;
  8. o BIM permite uma melhor qualidade, além de reduzir erros, conflitos, riscos, custos e tempo, para a maioria dos tipos de projetos de construção, quer de construção quer de engenharia civil, tanto de nova construção como de renovação;
  9. o BIM irá tornar-se um requisito standard, pelo menos nos grandes projetos de contratos públicos abrangidos pelas directivas da UE em matéria de contratos;
  10. o BIM abrange todas as fases do ciclo de vida de um projeto de construção, desde as primeiras idéias de um cliente até as ideias subsequentes ao completamento das obras: desenho, construção, operação, gestão de manutenção, renovação, alteração de uso, demolição, reciclagem, uso eficiente dos recursos, com todas as informações sempre acessíveis.

Clica aqui para teres mais informações e baixares Edificius, o software para o desenho arquitetônico BIM