Artigo de aprofundamento sobre a casa unifamiliar: da definição à arquitetura com exemplos de projetos, plantas e planimetrias em dwg inspirados na Kaufmann House de Richard Neutra para baixar e analisar

Começa hoje uma série de artigos que iremos dedicar à casa unifamiliar.
Os nossos precedentes Artigos de aprofundamento focados nos tipos de construção trataram de casas geminadashabitação socialcasas em fita. Também para este tipo de construção iremos fornecer uma definição e analisar as suas características e arquitetura distintivas.

Como habitualmente, estes Artigos de aprofundamento serão enriquecidos com a descrição de projetos famosos de casa unifamiliar e irão reproduzir as pranchas gráficas e o modelo 3D BIM inspirados nos próprios projetos, disponibilizando-os para o download.
Além disso, será possível navegar online no projeto realizado, interagindo diretamente com o mesmo.
Salientamos que para este tipo de construção escolhemos alguns dos mais fascinantes, especiais e importantes projetos de casa unifamiliar. Vamos começar com a Kaufmann House de Richard Neutra.

Download modelo 3D BIM da Kaufman House

Antes de começarmos, aqui está o modelo 3D BIM inspirado no projeto da Kaufman House, que é possível baixar ou visualizar diretamente através da internet:

Kaufmann House de Richard Neutra

“uma arquitetura leve colocada no árido terreno do deserto”

casa-unifamiliar-casa-Kaufmann-render-software-BIM-Edificius

 

Clique aqui para baixar Edificius, o programa de arquitetura BIM

 

Casa unifamiliar: definição

A casa unifamiliar é um tipo de construção com entrada independente, geralmente equipada com jardim e destinada a acolher apenas uma família.

Quanto à interação com o contexto urbano, a casa unifamiliar normalmente está relacionada com áreas com baixo índice de utilização do solo e, portanto, com maior disponibilidade de solo livre. Este tipo de construção requer, então, uma utilização considerável de solo, dutos para serviços, altos custos de produção e manutenção.

A casa unifamiliar pode ser individual ou combinada: individual se tiver quatro paredes livres, combinada se tiver paredes adjacentes.

Fazem parte deste tipo de casa unifamiliar:

  • Casas individuais
  • Casas com quintal
  • Casas geminadas
  • Bangalôs.

Este artigo irá focar-se na casa unifamiliar individual.

Casa unifamiliar: características

A casa unifamiliar individual é constituída por uma habitação individual dentro de um lote com tamanho e espaço verde disponível variáveis. A habitação pode desenvolver-se em um ou vários níveis; a configuração mais frequente é em dois níveis, eventualmente com subsolo ou porão destinados a acolher garagens e/ou espaços de serviço.

Esse é um tipo de construção residencial que requer um considerável desenvolvimento de corredores e dutos para os serviços.

As seguintes características são essenciais da casa unifamiliar:

  • do ponto de vista vertical, pode ser usada por um único núcleo familiar;
  • as aberturas estão dispostas em quatro lados e, portanto, os espaços habitacionais elementares podem ser combinados de forma extremamente livre;
  • geralmente, os ambientes para as atividades noturnas/de descanso são orientados para o Sudeste. Para as atividades diurnas/de trabalho, pelo contrário, são orientados para o Noroeste.

Do ponto de vista histórico, a casa unifamiliar individual pode ser considerada como a primeira habitação urbana. Originalmente constituída por um único ambiente de pequeno tamanho, a casa unifamiliar individual tornou-se ao longo do tempo num edifício multi-habitacional de vários andares, precursor das casas geminadas e das casas em fita.

Uma casa individual, geralmente destinada a uma única família, pode acolher duas ou mais habitações. Neste último caso, será chamada de casa duplex ou multifamiliar.

A planimetria da casa unifamiliar individual pode ser concebida e realizada de acordo com inúmeras soluções de projeto, dependendo do tamanho do lote e do orçamento dos futuros inquilinos.

Uma solução muito difundida é a casa bifamiliar, constituída por duas distintas unidades habitacionais incluídas num único prédio e colocadas de forma adjacente (duplex) ou em dois andares conectados por uma escada interna.  

Casa unifamiliar: evolução arquitetônica

 

casa-unifamiliar-casa-Kaufmann-render-espaços externos-software-BIM-Edificius

Com o Movimento Moderno, os tipos de habitações foram afetados pelas inovações conceituais e construtivas mais interessantes do conhecimento arquitetônico.

A ideia de uma casa unifamiliar, na verdade, experimentou uma transformação significativa devido ao urbanismo da revolução industrial e ao desenvolvimento dos novos conceitos de casa ligados às classes burguesas. No entanto, tal ideia deriva de modelos do passado e representa uma evolução da vila e da casa de campo nos seus vários significados.

A exemplo mais emblemático da casa unifamiliar no contexto do Movimento Moderno são as “prairie houses” de Frank Lloyd Wright, criticadas de alguma forma por Le Corbusier, que tentou ultrapassar esse conceito com a Unitè d’Habitation.

Ainda hoje, a casa unifamiliar é o tipo de construção mais procurado devido às características de independência de outras casas e à liberdade de restrições de condomínio, além da maior privacidade e da presença de funções acessórios, tais como o jardim.

Na Europa é particularmente difundido em alguns países nórdicos, onde resulta de planos urbanísticos específicos, desenvolvidos com a arquitetura racionalista.

Casa unifamiliar: arquitetura

Quando a planta de uma casa unifamiliar é distribuída num único andar, a sala de estar é o elemento central em torno do qual se desenvolvem os outros espaços: dá acesso por um lado à área de dormitórios, com o respectivo banheiro, e por outro à cozinha e às áreas de serviço.

No tipo com dois andares, pelo contrário, a área de dormitórios geralmente fica no andar de cima e é conectada por uma escada interna ao térreo, onde se encontram sala de estar e cozinha.

Uma solução intermediária é caracterizada pela presença de uma sala de estar de pé direito duplo, área social no andar de baixo e a área de dormitórios no andar de cima.

Os exemplos mais significativos deste tipo de construção referem-se ao período mais animado do racionalismo e são obras de grandes mestres da arquitetura.

Vamos conhecer juntos alguns dos mais importantes.

Projeto de casa unifamiliar: Kaufmann House

 

Kaufmann House de Richard Neutra

Kaufmann House de Richard Neutra

“um transparente avião prateado pousando num tapete verde”

Kaufmann House do arquiteto Richard Neutra representa um dos mais importantes exemplos de arquitetura no estilo residencial: um verdadeiro clássico da arquitetura.

O projetista

Richard Neutra é universalmente considerado um dos ícones da arquitetura moderna. Embora entre 1925 e 1950 tenha assinado mais de 300 projetos, a sua fama está intimamente ligada aos projetos residenciais no Sul da Califórnia.

Nascido em Viena, cresceu nutrindo grande admiração por figuras-chave da história da arquitetura que conseguiram criar os seus caminhos de forma independente, nomeadamente Adolf Loos, Frank Lloyd Wright, Rudolf Schindler e Robert Evans Alexander.

A Kaufmann House representa o topo da atividade de projetista desenvolvida por Richard Neutra em Palm Springs, Califórnia.

O projeto

Finalizada em 1950, a Kaufmann House (também conhecida como Casa no deserto) foi concebida como abrigo para Edgar J. Kaufmann e a sua família contra os frios invernos do Nordeste. Uma década antes, Kaufmann já tinha contratado Frank Lloyd Wright para que construísse Fallingwater (Casa na Cascada).

Construída em 1946, a magnífica residência de dois andares possui muitos elementos distintivos da arquitetura moderna:

  • telhado plano
  • fachada clara
  • espaços externos sombreados, adaptados ao clima árido do deserto californiano.

A casa é predominantemente orientada para Leste-Oeste, aproveitando ao máximo o nascer e o pôr do sol.

Além disso, possui espaços definidos por planos horizontais prateados e pisos verticais em vidro e pedra, que tornam o edifício extremamente leve no árido terreno do deserto.

O único elemento vertical proeminente é a chaminé, colocada sobre a assim chamada “Caramanchão

casa-unifamiliar-casa-Kaufmann-render-Caramanchão-software-BIM-Edificius

 

A distribuição dos ambientes prevê cinco quartos e cinco banheiros, com um quintal e uma piscina com vista para as montanhas de San Jacinto (Oeste).

Os elementos distintivos da residência são as paredes com ripas metálicas, que ligam os espaços internos aos externos, caracterizados por paisagens com grandes pedras, cactos, palmeiras e jardins de areia.

Grandes portas de vidro deslizantes abrem para o quintal. Isso permite que as salas fiquem sombreadas e resfriadas durante as horas de intenso calor e fechadas durante as tempestades de areia.

A casa, ainda, possui uma planta em forma de cruz, com uma estrutura quadrada e uma sala de jantar no meio, bem como asas que se estendem nas direções cardeais: no lado Oeste ficam uma cozinha e salas de serviço, que é possível acessar por uma passarela coberta; no lado Leste um quarto principal; no lado Sul duas passarelas cobertas, separadas por uma enorme parede de pedra; no lado Norte, enfim, os quartos de hóspedes.

A harmonia entre os espaços e a natureza ao redor da Kaufmann House inspiram-se ao conceito de arquitetura orgânica desenvolvido por Frank Lloyd Wright: uma abordagem em que todos os elementos de projeto, o próprio edifício e o seu mobiliário geram uma composição capaz de interagir quase espontaneamente com a paisagem envolvente.

A planta realizada por Neutra é, portanto, concebida para receber a máxima iluminação natural e a maior ventilação possível.

Equilíbrio, independência e paisagem são as principais características do inteiro projeto.

A piscina é um dos elementos mais representativos e reconhecíveis da casa. Não deve, contudo, ser considerada apenas um elemento de decoração: essa, na verdade, responde a necessidades específicas de equilíbrio de composição.

O edifício e a paisagem acabam por ser um único elemento: daí a negação do limite entre o espaço interno e o externo.

A arquitetura imutável não existe, pois foi criada para ser vivida. Nesse sentido, através de grandes alterações e mudanças, a Kaufmann House foi restaurada em meados dos anos 90 pelos arquitetos norte-americanos Marmol e Radziner. Para descrever o charme desta arquitetura maravilhosa o próprio Radziner afirmou:

“No dia em que demolimos todas as intervenções póstumas, restou apenas um maravilhoso esqueleto”.

 

Clique aqui para baixar Edificius, o programa de arquitetura BIM