Conheça como projetar um teto falso com um software BIM para arquitetura. Definições, tipos e vantagens oferecidas pelo teto falso

O teto falso é um projeto de construção que consiste numa superfície plana com estrutura leve, ligada à laje e, portanto, colocada abaixo do teto.
A realização do teto falso permite alcançar vários objetivos:

  • objetivos estéticos: melhorar o aspeto de um edifício (por exemplo para ajustar o tamanho de um ambiente) ou ocultar algumas imperfeições do teto (por exemplo as vigas);
  • objetivos ambientais: garantir o conforto energético/acústico e melhorar a segurança graças ao uso de materiais isolantes, absorventes de som, insonorizantes ou resistentes ao fogo;
  • objetivos funcionais: a caixa de ar existente entre o teto e o teto falso pode ser usada para acolher projetores, fitas de LED ou instalações de vários tipos, por exemplo sensores volumétricos.

Tipos de teto falso

De acordo com as necessidades listadas, o teto falso pode ser:

Fechado não amovível, que satisfaz necessidades estéticas, acústicas (isolamento acústico) ou de isolamento térmico. O material utilizado para este tipo de trabalhos é o gesso cartonado, maleável e adequado também para tetos falsos parciais de carácter exclusivamente estético.

Teto falso fechado não amovível

Teto falso fechado não amovível

Teto falso fechado amovível, que permite intervir em qualquer momento para garantir uma manutenção rápida. Na verdade, caso quiséssemos instalar no teto falso um sistema de ar condicionado, de proteção contra incêndios ou de sensores volumétricos, poderíamos fazê-lo rapidamente. Os tetos falsos, geralmente, preveem a utilização de uma estrutura metálica de alumínio ou aço, ancorada ao teto com tirantes de forma a criar uma grelha. Acima dessa estrutura são colocados os painéis.

Teto falso com quadrículas amovíveis

Teto falso com quadros amovíveis

Em casos especiais, também podemos ter tetos falsos com elementos do tipo grelha, lamelar ou quadrículas.

Os materiais utilizados para a realização do teto falso, em geral, são muito leves e adequados para satisfazer as necessidades de absorção do som ou isolamento térmico. Caso o teto falso tenha apenas uma função estética, é possível optar por materiais mais pesados, mas, ao mesmo tempo, maleáveis (por exemplo gesso cartonado).

Vantagens
A realização de um teto falso garante:

  • isolamento acústico interno (redução do ruído produzido dentro dos ambientes);
  • isolamento acústico externo (redução do ruído externo, em particular, o ruído proveniente dos ambientes adjacentes e do nível superior);
  • conformidade com todas as normas de segurança e funcionalidade técnica, resistência ao fogo, etc.;
  • resistência à umidade;
  • melhor conforto e facilidade de utilização dos espaços interiores.

Como projetar tetos falsos de forma simples com um software BIM

Edificius, o programa de arquitetura BIM, permite projetar um teto falso (com superfícies múltiplas, verticais e inclinadas) através de um editor dedicado, com objetos e funcionalidades específicas.

O programa, graças a funções automáticas, permite realizar superfícies de vários tipos (grelha, furado, painel) e tamanho.

Além disso, com Edificius é possível realizar:

  • Tetos falsos fechados, amovíveis e não, com ou sem preenchimento.
  • Tetos falsos abertos, com elemento de tipo grelha.

 

Render de um teto falso com painéis em um escritório – realizado com Edificius

Controsoffitto-grigliato-render-interno-ufficio-Edificius-software-BIM-architettura

Render de um teto falso com elementos de tipo grelha em um escritório – realizado com Edificius

 

 

 

 

 

 

 

Aqui está um vídeo que mostra como é simples projetar um teto falso com Edificius, o programa de arquitetura BIM.

 

Comece agora a projetar um teto falso, baixe e teste grátis Edificius