Revestimento térmico: o que é e quais são as vantagens. Como desenhá-lo com um software BIM em poucas simples etapas

O revestimento térmico é uma técnica muito usada para isolar as paredes garantindo um conforto constante ao longo do ano.

Nos meses de inverno isso permite reduzir os custos de aquecimento evitando dispersões de calor. Nos períodos de verão, em vez, mantém a habitação fresca.

O revestimento térmico é a melhor solução para aumentar a eficiência energética e obter grandes vantagens em termos de custo e de conforto no lar.

Revestimento térmico: definição

O revestimento térmico é realizado aplicando na inteira parede, dentro ou fora, painéis isolantes que são subsequentemente revestidos com um acabamento de proteção com rebocos especiais. O objetivo é obter poupança de energia e evitar a formação de humidade e de moldes, eliminando assim as pontes térmicas.

Revestimento térmico: a escolha dos materiais

A realização de um revestimento térmico requer o uso de materiais isolantes.

Podemos definir três categorias principais de isolantes para escolher de acordo com o contexto no qual se opera: naturais, minerais e sintéticos.

Isolantes naturais

Vem de matérias-primas renováveis (cortiça, algodão, celulose, etc.), não prejudiciais para o ambiente e os seres humanos. Se bem sejam mais caros, as vantagens relacionadas ao uso destes isolantes são muitas:

  • bom isolamento térmico e acústico
  • materiais recicláveis e biodegradáveis
  • materiais que duram ao longo do tempo
  • resistência à humidade

Isolantes minerais

São compostos a partir de materiais de origem natural, recicláveis e não prejudiciais para os seres humanos. Podem ser compostos, por exemplo, de lã de vidro, lã de rocha, argila expandida, etc.

Estes isolantes permitem obter elevadas prestações até na presença de humidade, são resistentes às moldes e não são combustíveis. Estes também são mais caros do que os sintéticos.

Isolantes sintéticos

São materiais químicos, geralmente derivados do petróleo. Podem ser compostos de poliestireno expandido sinterizado (EPS), poliestireno extrudido, poliuretano, etc.

Estes materiais têm um custo baixo e a colocação deles é mais imediata. Garantem um bom isolamento térmico, mas têm um ciclo de vida mais breve.

Tipos de Revestimento térmico

Em geral, de acordo com as exigências específicas, o isolamento térmico pode ser realizado quer no exterior quer no interior.

Revestimento térmico externo

O revestimento térmico externo é a melhor solução para beneficiar de um ótimo isolamento térmico, criando uma barreira contínua na passagem do calor. Além disso, permite controlar a formação de humidade no interno da parede.

Colocação do revestimento térmico externo

Colocação do revestimento térmico externo

É a solução melhor para eliminar as pontes térmicas. Além disso, os espaços internos não são redimensionados.

Revestimento térmico interno

O revestimento térmico interno é uma solução mais imediata mas com certeza menos eficaz.
É aplicado em todas as situações nas quais não é possível operar na fachada ou quando há muitos volumes salientes como varandas ou outros.

Colocação do revestimento térmico interno

Colocação do revestimento térmico interno

O revestimento interno não garante a eliminação completa das pontes térmicas e reduz o espaço habitável interno. Do ponto de vista econômico são muito mais convenientes do que os externos.

Realizar um revestimento térmico com um software BIM

Edificius, o software para o desenho e a arquitetura BIM, permite-nos executar intervenções de isolamento térmico do edifício.
Neste exemplo vamos ver como é fácil realizar um revestimento externo e assinar a estratigrafia necessária em poucas etapas.
No desenho, vamos selecionar o invólucro com o mouse e vamos alinhá-lo no interno.

Vamos selecionar então todos os invólucros interessados à intervenção e vamos atribuir a estratigrafia com a camada isolante.

Atribução estratigrafia ao revestimento térmico

Atribuição estratigrafia ao revestimento térmico

É sempre possível atribuir estratigrafias diferentes para cada invólucro selecionado.
Eis um vídeo de exemplo com o procedimento.
Notem como, graças ao ambiente de desenho “Project Group”, é possível comparar duas vistas do desenho (situação atual e situação de projeto) para realçar as diferenças entre as duas.

 

Descobre todas as funcionalidades de Edificius. Baixa grátis e testa o software BIM para o desenho arquitetônico