Composição de preços: para que serve e quais são os critérios para a correta determinação do preço

A composição de preços pode ser definido como o estudo analítico (qualitativo e quantitativo) que leva à definição de um novo preço unitário de um serviço, através a identificação de seus componentes elementares.

Quando se torna necessário recorrer à composição dos preços?

Se um dos serviços a ser incluído em um orçamento não foi presente no listagem de referência, torna-se necessário calcular seu preço.

Como se define o preço de um novo serviço?

Para definir o preço de um único item é apropriado proceder a uma análise detalhada dos preços, através da identificação dos elementos que o compõem.

Os componentes básicos são geralmente os seguintes:

• mão de obra
• materiais
• fretes
• despesas gerais
• benefícios e despesas indiretas (BDI)

Mão de obra
O custo da mão de obra é definido do tipo de trabalhadores e das horas de trabalho necessárias.

Materiais
Para definir o custo dos materiais necessários para a realização devem ser individuados os seguintes itens:

• o preço de compra
• o transporte na obra
• a descarga
• o empilhamento
• desperdício (uma percentual em excesso considerando o material residual produzido pelo serviço)

Fretes
Os fretes (de meios e/ou equipamentos) podem ser de 2 tipos:

• a “locação de equipamentos operados”: o frete do meio de trabalho e/ou equipamento inclui também o operador (exemplo: guindaste e operador de guindaste). A locação de equipamentos inclui os custos da mão de obra necessária para o seu uso, para os consumíveis (combustível, lubrificantes, etc.) a regular manutenção e os seguros
• a “locação de equipamentos sem operador”: neste caso os meios de trabalho e/ou equipamento são contratados sem operador. A locação de equipamentos sem operador não inclui os custos da mão de obra necessária para a sua utilização, para o combustível, o lubrificante e a manutenção

Despesas gerais
As despensas gerais são os custos suportados de forma indireta, não relacionados aos trabalhos e à obra. São quantificáveis em média com uma porcentagem fixa compreendida entre o 13% e o 17%. As despensas gerais incluem os seguintes itens:

• gestão administrativa e organizacional
• construção de instalações
• levantamentos, traçados e verificações
• ocupações temporárias e custódia
• etc.

Benefícios e despesas indiretas (BDI)
Os benefícios e despensas indiretas representam o ganho esperado da empresa. É quantificado geralmente com uma percentagem igual ao 10% dos custos suportados.

Composição de Preços: a vantagem da ajuda de um software

Aqui vemos como poder realizar a composição de preços com a ajuda do programa PriMus da ACCA software.

O software permite calcular dinamicamente o preço unitário dos serviços.

É possível criar novos preços através da análise e incluir na tabela de preços além dos itens elementares, também itens estruturados cujo preço é o resultado da composição de vários elementos. Para determinar o preço de um item podem ser utilizados:

• custos básicos
• custos compostos
• dados obtidos a partir de listagens
• dados obtidos a partir de composições anteriores
O elaborado Composição de Preços fica muito útil também para a empresa na preparação das ofertas ou na criação do estaleiro, mas também para o técnico que deverá preparar o programas dos trabalhos ou seguir o processo.

O software PriMus permite a redação automática também da “Curva ABC” através da detecção quantitativa dos itens elementares (materiais, recursos humanos, equipamentos, etc.) necessários para a realização do projeto.

Este aspecto é diferente para cada país, como por exemplo para o Brasil, onde o software foi adaptando com a norma local.
Uma das vantagens mais evidentes de usar o software para realizar uma composição dos preços é a gestão dinâmica das variações dos preços.
Com o software, de fato, podemos alterar o preço variado de um elemento na tabela de preços e obter desta maneira a atualização automática de todos os preços das composições do documento que o contem.

A configuração do módulo composições de PriMus permite impostar os valores (Despesas Gerais, Benefícios e Despesas indiretas, etc.).

Configuração módulo de composição software PriMus

Configuração módulo de composição software PriMus

Os elementos de composição podem ser adquiridos a partir de outros documentos de referência (listagens, tabelas de preços, orçamentos, etc.). Nos campos numéricos é possível:

• inserir quantidades e valores, formulas algébricas
• adquirir valores das tabelas
• utilizar especificas variáveis a fim de adquirir automaticamente os valores de outros elementos contidos na mesma composição

O uso das variáveis resulta ser muito eficaz quando é necessário referir-se aos valores de outros elementos da mesma composição, para obter desta maneira a atualização automática.

Exemplo de uso das variáveis com PriMus

Exemplo de uso das variáveis com PriMus

 

Detalhe dos campos numéricos no PriMus

Detalhe dos campos numéricos no PriMus

Para cada item é possível personalizar os dados de configuração e ter um resumo útil dos importes, podendo finalmente imprimir os documentos produzidos organizados por composição de preços, curva ABC (com ou sem preços) e orçamento estimativo (com o detalhe da composição de preços do serviço).

Dados de resumo importe no PriMus

Dados de resumo importe no PriMus

Clique aqui para conhecer PriMus o software ACCA para os orçamentos e o controle de obra