Cronograma de obras na indústria da construção: o que é, para que serve e como é elaborado utilizando um software

O cronograma de obras é um diagrama que tem a função de definir a distribuição dos custos e das obras ao longo do tempo.

O cronograma pode ser feito elaborando uma tabela de duas colunas onde são indicados:

  • os períodos de referência;
  • os valores a serem utilizados no período correspondente.

Basicamente, é preciso definir um documento que visa detectar os tempos de conclusão das várias obras.

Tal representação poderia ser não simples de ler. Para facilitar a consulta, é preferível associar a uma representação textual uma representação gráfica, utilizando um diagrama cartesiano ou um diagrama de Gantt.

O diagrama de Gantt é um gráfico onde cada item da obra ou categoria de trabalho, identificado no orçamento de projeto, é representado por uma barra cujo cumprimento é representativo dos tempos de execução previstos. O diagrama deve ser integrado com os valores parciais e progressivos a serem pagos no período de referencia.

A partir dos itens definidos no orçamento estimativo, se procede a formar grupos, por exemplo:

  • demolições
  • estruturas de fundação
  • estruturas em elevação
  • divisórias
  • pavimentos
  • instalações
  • etc.

Cronograma de obras na indústria da construção: como elaborá-lo utilizando um software

É possível elaborar o cronograma de obras de um edifício utilizando um software.

Para esse fim, é necessário utilizar um software que permita:

  1. criar as várias fases de trabalho e visualizá-las no cronograma;
  2. organizar pastas e atividades;
  3. elaborar o diagrama de Gantt;
  4. gerir diferentes produtividades para os períodos de uma atividade;
  5. individuar as datas de emissão dos EAO;
  6. gerar um cronograma para projeto e outro para execução;
  7. consultar o plano financeiro.

Vamos ver como elaborar um cronograma com o software PriMus-K.

Elaboração do cronograma de obras na indústria da construção com PriMus-K

O cronograma pode ser dividido em vários níveis, de acordo com a estrutura desejada, utilizando:

  • atividades;
  • categorias de trabalho (pastas).
Cronograma_construção_1

Cronograma, inclusão de uma atividade

As atividades podem se geridas também graficamente com recursos específicos que permitem:

  • desloca-las no tempo;
  • definir a duração;
  • dividí-las em mais períodos;
  • conectá-las identificando de percursos críticos.
Cronograma, alteração de uma atividade

Cronograma, deslocamento e alteração de uma atividade

Atividades do cronograma

É essencial definir corretamente as atividades do cronograma.

Consideramos por exemplo a atividade “estruturas”, que pode ser dividida em categorias de trabalho “estruturas de fundação”, onde são individuados os seguintes itens:

  • cofragem;
  • armadura de contenção;
  • conglomerado embalado com gravilha e cascalho.

Como mostrado no gráfico seguinte, será possível gerir quantidade, durabilidade, produtividade e mão de obra de cada período da atividade, tanto na fase de planejamento quanto na fase de execução:

Cronograma, programação atividade

Cronograma, programação atividade

Gestão do cronograma

Com o software para a geração do cronograma é possível:

  • gerenciar e personalizar as condições climáticas;
  • programar o calendário para individuar feriados e dias úteis;
  • escolher a escala cronológica;
  • definir o layout da prancha;
  • definir uma nova data de início por atividades, períodos ou para todo o cronograma;
  • representar graficamente eventuais suspensões de obras;
  • personalizar os estilos de cada barra.
Cronograma da obra 4

Cronograma, calendário feriados e dias úteis

Gestão do Plano Financeiro

A gestão do Plano Financeiro permite visualizar, entre outros:

  • tempos de realização;
  • antecipações;
  • garantias;
  • pagamentos.
Cronograma, funcionalidades de pesquisa

Cronograma, funcionalidades de pesquisa

Com os diagramas do andamento econômico-financeiro da Obra, o técnico pode visualizar o montante calculado baseado na produtividade diária numa determinada data, tanto na fase de previsão quanto na fase de execução (andamento da obra).

É também possível consultar o plano financeiro para identificar as datas nas quais emitir os Estados de Avanço das Obras (EAO).

Cronograma de Projeto e de Execução

O cronograma pode ser dividido em:

  • cronograma de projeto;
  • cronograma de execução.

É suficiente indicar a Data de Inicio das Obras real para obter o cronograma de execução, o qual é gerado em automático a partir do de projeto. Pode ser alterado movendo as atividades ou mudando a sua duração.

No cronograma de Execução é indicado o Executado, ou seja, a quantidade de atividades efetivamente realizadas. O Executado pode ser indicado graficamente ou inserindo para cada Atividade o Período e a Quantidade executada.

Cronograma de execução

Cronograma de execução

Impressão do Cronograma e dos Relatórios

O ultimo passo é representado pelas impressões dos documentos, tais como:

  • cronograma de projeto,
  • cronograma de execução;
  • tabela das atividades;
  • tabela das datas e valores;
  • relatório do cronograma;
  • relatório do programa executivo.

Clique aqui para baixar PriMus-K, o software para cronograma de obras