Conheça um exemplo de cronograma de reforma com modelagem BIM 4D: aqui estão passos, etapas e tempos, com modelo 3D e 4D BIM para baixar

Ao enfrentar obras de reforma, é necessário planejar com precisão a sequência de atividades, e previamente a encomenda de materiais, utilizando um cronograma adequado para obras de reforma.

É muito importante coordenar os tempos das várias intervenções e dos trabalhadores presentes no canteiro de obras para evitar sobreposição de atividades e pessoal, bem como para garantir a correta sequência das próprias atividades. É, de fato, útil, além de correto, que as intervenções sejam realizadas com uma sequência pré-definida.

Neste guia prático apresentamos um exemplo de cronograma de reforma. Primeiro iremos avaliar os benefícios que a metodologia BIM (e especificamente o BIM 4D) leva ao gerenciamento de projetos; em seguida, iremos definir um cronograma de reforma.

No final do artigo, ainda, iremos disponibilizar para o download gratuito o modelo BIM do projeto de reforma de apartamento incluindo cronograma de obras.

Cronograma de reforma em 5 passos_diagrama-gantt_4d-BIM-software-Edificius_pt

Definição de cronograma de obras

O cronograma de obras, ferramenta indispensável de planejamento e coordenação em todos os canteiros de obras, é um documento do projeto executivo.

É possível defini-lo como um diagrama que representa graficamente o planejamento das atividades do ponto de vista de sequência lógica, tempos e custos.

O cronograma de obras deve ser acompanhado por:

  • um gráfico com as atividades de construção, dividido em níveis, que visam identificar as atividades individuais ou partes das mesmas em termos de custos e tempos;
  • um diagrama que indique o planejamento das atividades de acordo com uma sequência lógica e temporal. Esse diagrama deve incluir o valor dos vários relatórios de progresso das obras nos prazos programados.

Elaboração de um cronograma de reforma: os 5 passos para seguir

Passo 1: como elaborar um cronograma de reforma

Partindo da lista das atividades definidas no orçamento, essas atividades são divididas em grupos:

  • preparação do canteiro de obras;
  • demolições e remoções;
  • escavações;
  • estruturas verticais e horizontais;
  • impermeabilização;
  • divisórias internas e externas;
  • rebocos;
  • pisos;
  • instalações.

Passo 2: como elaborar um cronograma de reforma

A esses grupos de atividades devem ser associadas porcentagens e instalações. Além disso, é preciso associar as porcentagens de cada item que constitui o grupo de atividades de referência. Enfim, é necessário elaborar uma estimativa do total de dias de trabalho necessários para concluir as obras (mão-de-obra/dias).

Passo 3: como elaborar um cronograma de reforma

Para cada grupo calcula-se custo do trabalho e mão-de-obra necessária.

Passo 4: como elaborar um cronograma de reforma

Para cada grupo são calculados número de trabalhadores responsáveis por certas atividades e número de dias necessários para concluir as obras.

Passo 5: como elaborar um cronograma de reforma

Neste ponto, os cálculos acima são aplicados aos dias seguintes também.

A partir desses dados, é elaborado o diagrama de Gantt, que indica as várias atividades em ordem de data e planejamento, calculando assim a duração das obras. Em seguida, é realizado um diagrama simbólico do cronograma.

Para elaborar o cronograma numa forma gráfica, que possa ser facilmente interpretada e utilizada como ferramenta de construção, é possível inserir os resultados obtidos numa tabela que mostre:

  • nas colunas, a duração de cada categoria de atividade (dias, semanas, meses);
  • nas linhas, a lista dos grupos de atividades.

A modelagem BIM 4D do canteiro de obras

Para clientes, projetistas e empresas é útil ter a possibilidade de ver o progresso do canteiro de obras na fase de projeto, ou seja, gerenciar um modelo que possa mostrar como o edifício será construído ao longo do tempo.

Pode acontecer que nos canteiros de obras apareçam problemas de interferência, sobreposição, atrasos nos fornecimentos. Tudo isso resulta em interrupções, adiamentos, falta de otimização de estoque, necessidade de variações no curso do trabalho.

Organizar o trabalho para prever, antecipar e otimizar essas circunstâncias ao longo do projeto significa:

  • reduzir tempos e custos de realização;
  • maximizar a eficiência e aumentar a segurança no canteiro de obras;
  • melhorar a qualidade de realização do futuro edifício e do seu gerenciamento, monitorando materiais e componentes que, ao longo do tempo, terão que ser verificados e mantidos.

Dimensões-BIM_3d-4d-5d-6d-7d

Daí a importância de poder gerenciar a dimensão temporal (4D do BIM) durante a qual se desenvolve a realização de um projeto. Se a implementação da tecnologia BIM trouxe benefícios significativos aos métodos tradicionais de gerenciamento de projetos, com o BIM 4D hoje esses benefícios são ainda amplificados.

A modelagem BIM 4D, de fato, integra o programa de construção no modelo 3D. Desta forma, o canteiro de obras já pode ser visualizado na fase de projeto, permitindo que os projetistas analisem e monitorem os tempos de construção.

Com o 4D integrado num software BIM para projeto arquitetônico, é possível orçamentar, ter listas de preços localizadas, recursos, taxas de produtividade e custos de mão-de-obra a partir do projeto BIM 3D.

Cronograma de reforma de apartamento: um exemplo prático

Anteriormente, vimos como elaborar o orçamento para um projeto de reforma de apartamento. Agora, vamos ver como elaborar um cronograma de reforma com Edificius, o software BIM de arquitetura 3D, a partir de um projeto de reforma já realizado com demolições e reconstruções.

Uma vez aberto o arquivo (Project Group) e selecionada a situação atual, vamos clicar no botão 4D – GANTT na barra lateral esquerda de gerenciamento do projeto.

Na tela com as duas janelas sobrepostas, temos o modelo 3D acima e o gráfico de Gantt a ser preenchido abaixo. Vamos conectar os objetos selecionados diretamente do modelo 3D a cada uma das atividades introduzidas a partir do dia de início das obras. Começamos com as divisões, conforme imagem a seguir:

Cronograma de reforma em 5 passos_seleção divisórias demolições_4d-BIM-software-Edificius

Edificius BIM 4D | Geração do diagrama de Gantt da etapa “demolições e remoções”: seleção objeto divisórias

Para as restantes atividades conectadas às etapas de demolições e remoções, associamos os elementos selecionados no modelo 3D a atividade e período definido no Gantt.

Uma vez finalizadas estas operações referentes à etapa de demolição, podemos ver imediatamente as fases operacionais com a Renderização em Tempo Real. Iniciamos, portanto, a gravação da simulação para analisar e controlar os tempos e as atividades relativas a esses períodos do processo de construção.

Utilizamos o mesmo procedimento para todas as atividades relacionadas a novos itens realizados (arquivo situação de projeto), tais como divisórias, instalações, contrapiso, pisos, esquadrias, e assim por diante. Em seguida, associamos a atividade e período os elementos presentes no modelo 3D, listados por grupo na barra lateral direita dos objetos BIM.

Cronograma de reforma em 5 passos_seleção pisos_4d-BIM-software-Edificius

Edificius BIM 4D | Geração do diagrama de Gantt dos “novos itens realizados”: seleção objeto pisos

Enfim, gravamos a simulação de todas as fases executivas na Renderização em Tempo Real para verificar o novo processo de construção.

 

Cronograma de reforma em 5 passos_diagrama-gantt-demolições_4d-BIM-software-Edificius

Edificius BIM 4D | Diagrama de Gantt da etapa “demolições”

Cronograma de reforma em 5 passos_diagrama-gantt-novos itens realizados_4d-BIM-software-Edificius

Edificius BIM 4D | Diagrama de Gantt da etapa “novos itens realizados”

Download: exemplo de cronograma de reforma de apartamento

 

Baixe o arquivo .edf modelo 3D do projeto de reforma incluindo cronograma