Conheça como desenhar espaços verdes urbanos de forma correta: as três fases de projeto, normas, itens de projeto e um exemplo prático para baixar

O desenho de espaços verdes urbanos é o processo técnico-criativo que permite intervir em área urbanas sem uma conotação específica. Isso torna possível reutilizá-las e disponibilizá-las novamente para uso dos cidadãos.

Neste artigo de aprofundamento apresentamos um exemplo de desenho de espaços verdes urbanos, útil como guia técnico inspirador. O nosso projeto, ainda, é acompanhado pelos modelo 3D e arquivo DWG do projeto, disponíveis para o download gratuito.

Render-playground infantil_programa BIM de arquitetura 3D Edificius

Render panorâmico realizado com Edificius

 

Para mais informações sobre este tópico, recomendamos a leitura dos nossos artigos anteriores:

As 3 fases do desenho de espaços verdes urbanos

Planejar o verde urbano prevê três fases:

  1. uma fase preliminar de planejamento territorial e estudo do contexto;
  2. uma fase de projeto que, com base nas análises realizadas, desenvolva mais hipóteses para identificar o arranjo adequado de espaços;
  3. uma fase de aprofundamento técnico para definir a melhor solução identificada.
Esquema processo do projeto

Projeto de espaços verdes urbanos – Esquema do processo de projeto

1 – A fase preliminar

A primeira fase começa com o estudo da situação inicial. Através de várias inspeções, são detectadas restrições devido ao tipo de solo, exposição, condições climáticas e características do contexto ambiental e arquitetônico.

Esses elementos devem ser registrados e analisados.

Esquematizando, poderíamos dizer que a fase de análise consiste em:

  • análise das necessidades do cliente e da comunidade.
  • Inspeções.
  • Levantamentos fotográficos/geométricos diretos e indiretos.
  • Coleta de dados, projetos e mapas.
  • Pesquisas sobre:
    • posição do lugar;
    • características das áreas adjacentes;
    • tipo e estilo dos edifícios circundantes;
    • morfologia do solo;
    • tipo e drenagem do solo;
    • vegetação existente;
    • condições climáticas e microclimáticas;
    • vistas e panoramas.

A última etapa da fase preliminar consiste na elaboração de um programa de projeto, ou seja, uma lista de todos os elementos e espaços do projeto que devem ser incluídos no projeto de áreas verdes.

2 – A ideia de projeto de espaços verdes urbanos

Nesta fase o projetista define a sua ideia de projeto, para depois esquematizá-la. No desenho de áreas verdes, esta é a primeira abordagem criativa após a fase preliminar de análise e estudo do contexto.

Para desenvolver uma ideia coerente com os requisitos de projeto, é necessário primeiro avaliar o impacto que o redesenho de um espaço público terá no tecido social e ambiental de referência. O espaço público, de fato, desempenha cada vez mais um papel didático, que contribui para promover relações sociais, interação, jogo infantil, senso cívico, atividade física e respeito para natureza e espaços comuns.

Desenho espaços verdes urbanos_render-aéreo_programa BIM de arquitetura 3D Edificius

Projeto de espaços verdes urbanos – Vista aérea

A ideia de projeto deve ser, portanto, expressão conjunta dos motivos da arquitetura e dos valores sociais e educacionais a serem perseguidos. O desafio do projetista é a capacidade de transformar conceitos abstratos e necessidades funcionais em formas e geometrias.

Uma vez delineada a ideia de projeto, é possível elaborar o próprio projeto e os desenhos gráficos e técnicos que o acompanham.

3 – Aprofundamento técnico

A fase final do desenho de áreas verdes urbanas é o projeto executivo, consistindo no aprofundamento do grau de detalhe do projeto. Nesta fase são escolhidos materiais, espécies de árvores e móveis e são elaborados gráficos e detalhes de construção.

Desenho espaços verdes urbanos_prancha-gráfica_programa BIM de arquitetura 3D Edificius

Projeto de espaços verdes urbanos – Prancha gráfica

Normas de referência

Lembramos que, para elaborar adequadamente um projeto de espaços verdes urbanos, é necessário atender a linhas guia e normas do município de referência, bem como a normas e regulamentos nacionais ou internacionais.

Desenho de espaços verdes urbanos equipados

Projetar um espaço área verde equipado significa devolver à comunidade uma área da cidade que possa viver em harmonia com a natureza. Nesse sentido, é necessário conceber um espaço multifuncional equipado que garanta interação social entre todas as faixas etárias.

Desenho espaços verdes urbanos_render panorâmico_programa BIM de arquitetura 3D Edificius

Projeto de espaços verdes urbanos – Espaço multifuncional

Escolha da vegetação

Para escolher os tipos de vegetação, é necessário levar em conta:

  • lugar;
  • orientação do lote;
  • função a ser atribuída à vegetação (sombreamento, proteção visual e acústica, delimitação de limites etc.).

A escolha das plantas, com base nos efeitos cromáticos a serem obtidos, deve ser feita de forma a ter florações limitadas num determinado período de tempo ou progressivas durante uma certa estação do ano.

Além da floração, também é importante considerar a distribuição entre plantas sempre-vivas e árvores com queda de folhas, para evitar áreas completamente nuas no inverno. É, ainda, fundamental lembrar as características morfométricas das plantas para avaliar quanto elas podem desenvolver em altura e largura.

Corte programa BIM de arquitetura 3D Edificius

Corte realizado com Edificius

Escolha dos materiais

Os materiais devem ser escolhidos de forma a garantir durabilidade da obra, consistência com a ideia de projeto e uso seguro pela comunidade.

Por exemplo, o piso pode ser de pedra natural ou cascalho, em vez de pedra artificial, desde que seja adequada para ambientes exteriores e antiderrapante.

Os sistemas de sombreamento podem ser feitos de madeira, ferro ou outros materiais, desde que sejam anticongelantes, não enferrujam com facilidade e não requeiram tratamentos periódicos para protegê-los contra agentes atmosféricos.

Mobiliário

É preferível escolher móveis de qualidade, capazes de:

  • resistir às intempéries;
  • combinar funcionalidade e estética;
  • requer manutenção mínima.

Outro elemento para considerar são as cores e os materiais, de acordo com a ideia original do projeto.

Desenho espaços verdes urbanos_elevação_programa BIM de arquitetura 3D Edificius

Elevação realizada com Edificius

Presença de água

Incluir no projeto espelhos de água, fontes ou lagoas aumenta a qualidade do espaço a ser projetado devido ao impacto estético e emocional, bem como às modificações microclimáticas resultantes desses elementos. A presença de água, na verdade, ajuda a refrescar e umidificar o meio ambiente e melhora as condições para consolidar a vegetação.

Sistema de irrigação

Outro elemento fundamental no projeto de áreas verdes é o sistema de irrigação.

Existem diferentes tipos de sistemas (superficial, localizada, aspersão), a serem avaliados de acordo com o arranjo de espaço e vegetação.

Planejar o verde urbano: um exemplo prático

O projeto apresentado neste artigo inspira-se no projeto Magic Breeze Landscape Design do escritório de arquitetura Penda Architectures. O lote inicial desenvolve-se numa superfície horizontal, modelada pelo projeto através de variações de nível topográfico, criando terraços e degraus.

Desenho espaços verdes urbanos_render-degraus_programa BIM de arquitetura 3D Edificius

Projeto de espaços verdes urbanos – Realização de degraus

Este expediente permite transmitir um caráter forte ao lote, favorecendo uma separação visual e acústica entre as várias áreas do parque e definindo o arranjo de vegetação. Dentro da área também são previstas estruturas de sombreamento que se integram à vegetação. Essas estruturas são configuradas como grandes superfícies horizontais que, apoiadas por pilares de concreto armado, atuam como coberturas e, em vários pontos, possuem buracos permitindo o desenvolvimento das árvores em altura. Além disso, o parque abriga uma pequena área equipada para crianças, caminhos pavimentados permeáveis, áreas verdes e áreas de descanso.

Download

Confira aqui, disponíveis para o download gratuito, os documentos gráficos no formato dwg e o modelo 3D do projeto realizados com o programa BIM de arquitetura 3D Edificius.

Desenho de espaços verdes urbanos: baixe o modelo 3D BIM (arquivo no formato .edf) do projeto

Baixe os documentos gráficos no formato DWG do projeto