Como fazer para modelar uma piscina de profundidade variável com um software BIM? Eis um exemplo inspirado no projeto Casa En Los Cisnes

Utilizar um software BIM para projetos de arquitetura significa desenhar de forma simples com ferramentas que facilitam e aceleram o trabalho do desenhador.

A metodologia BIM, na verdade, permite realizar elementos arquitetônicos em pouco tempo, garantindo um alto nível de detalhe e qualidade para cada objeto realizado.

Para mostrarmos como é fácil criar elementos arquitetônicos com um software BIM e simultaneamente obter resultados de grande qualidade, iremos tomar como modelo o projeto Casa en los Cisnes: uma residência unifamiliar realizada pelo arquiteto Esteban Fallone e situada em Club De Campo Abril (Buenos Aires). Em particular, iremos focar-nos nos espaços exteriores e iremos ver como criar, de forma rápida e sem cometermos erros, uma piscina de profundidade variável.

Casa en Los Cisnes: o projeto

Casa en Los Cisnes é uma residência unifamiliar de 425 m2 realizada pelo arquiteto Esteban Fallone.

Foi construída num lote de forma triangular de cerca 1333 m2, protegido do trânsito urbano e cercado por um bosque que atua como um quadro natural para o prédio.

Planta terreno

Planta terreno

A estrutura, em forma de caixa, caracteriza-se pela presença de dois volumes ortogonais. O primeiro está fixado ao solo, o segundo (em saliência) em vez é suportado por colunas.

O primeiro andar da residência é destinado à zona de dormir.

No rés-do-chão, destinado à área de estar, as janelas em fita transmitem aos ambientes uma melhor qualidade de luz natural e um grande contato com os espaços abertos. Uma plataforma de madeira liga o edifício aos espaços exteriores: o jardim, a piscina, a área para churrasqueira e o pequeno bosque.

Piscina

Piscina

Adjacente à residência fica uma piscina com design elegante, de forma retangular e com pendência variável, realizada em perfeita harmonia com as linhas do projeto arquitetônico.

Para separar o jardim interno do ambiente circundante e garantir mais privacidade, ao longo do inteiro edifício foi realizada uma mureta perimetral com um guarda-corpo composto por gradiles de metal e painéis de vidro.

Render piscina

Render piscina

Vejamos como, utilizando Edificius, o software para projetos de arquitetura BIM, esses elementos podem ser criados de forma rápida.

Realização da piscina

Do ambiente terreno de Edificius vamos posicionar o objeto piscina. Esta ação irá implicar o desaterro, automático e simultâneo, no terreno.

Através dos snap magnéticos vamos atribuir as altura e profundidade adequadas.

Vamos agora para o ambiente arquitetônico e modelemos o fundo, de pendência variável, usando os objetos escada com patamar e rampa.

Graças aos snap magnéticos vamos atribuir a cota adequada aos objetos inseridos.

Inserção dos materiais

Finalizadas as operações de modelagem, vamos atribuir ao fundo e à plataforma de madeira os materiais adequados. Graças à função Ativar sombras podemos visualizar o efeito dos materiais e avaliar a efetiva profundidade do fundo.

 

Realização mureta perimetral

Do ambiente terreno vamos usar o objeto muro em terreno para desenharmos um muro perimetral que separa o jardim interno do ambiente circundante.

Da barra de ferramentas das propriedades vamos gerir altura e profundidade.

De forma simples e rápida, insiramos uma extrusão sólida (com função de pingadeira) e o guarda-corpo de cerca.

Enfim, podemos alterar rapidamente o perfil do sólido e o modelo de guarda-corpo escolhendo-os da livraria geral.

 

Vê o vídeo de resumo e os render realizados com Edificius.

 

 

Queres um software BIM para projetos de arquitetura que saiba gerir de forma fácil os espaços exteriores também? Testa agora grátis Edificius