Aumentam as empresas que produzem um painel fotovoltaico flexível, pequeno, portátil e vendido em rolos

Com a disseminação em todo o mundo da energia solar, aumenta a consciência dos grandes benefícios que ela oferece:

  • permite que os nossos edifícios garantam alta eficiência energética, com consequente economia de custos;
  • é sinônimo de sustentabilidade e respeito ao meio ambiente, permitindo abandonar fontes de energia poluentes;
  • permite a autonomia de grandes distribuidores e redes de eletricidade, tornando essas tecnologias portáteis e facilmente transportáveis;
  • garante alto desempenho em termos de vida útil, resistência a choques e intempéries, flexibilidade de uso.

O incrível desenvolvimento do setor, bem como o imenso potencial ainda a ser explorado, está levando muitas empresas a investir nessas tecnologias em termos de pesquisa e desenvolvimento.

Um dos objetivos é melhorar continuamente a eficiência das células solares, tornando-as mais duráveis, de dimensões cada vez menores e aplicáveis a situações cotidianas, por exemplo o fornecimento de energia para telemóveis, veículos e outros dispositivos inteligentes.

Uma solução que cientistas e engenheiros criaram para facilitar a disseminação dessas células solares é a capacidade das mesmas de se flexionarem e se curvarem em torno de objetos, tornando-se assim em verdadeiras folhas que também podem ser vendidas em rolos.

Painel fotovoltaico flexível produção software para projetar sistemas fotovoltaicos_Solarius-PV

Esse painel fotovoltaico flexível pode ser adaptado a objetos e dispositivos que antes não estavam compatíveis com as clássicas células solares rígidas, por exemplo as células usadas em painéis solares residenciais e comerciais.

Aplicações e benefícios

Vamos ver algumas aplicações do painel fotovoltaico flexível.

Os primeiros exemplos de células solares “não planas” foram utilizados para realizar sistemas fotovoltaicos em telhados de edifícios em centros históricos (telhas solares) ou em telhados curvos. No entanto, apesar de serem curvos, esses painéis ainda eram rígidos.

Hoje, graças às células flexíveis, os painéis solares de nova geração adaptam-se a todos os tipos de telhado, de qualquer forma e de qualquer material.

Painel fotovoltaico flexível instalação horizontal

Em grandes metrópoles, os painéis fotovoltaicos flexíveis já estão amplamente difundidos também como revestimentos para as paredes verticais de edifícios e arranha-céus.

Isso permite superar a dificuldade de encontrar grandes superfícies horizontais onde esses painéis possam ser instalados, uma vez que as poucas superfícies planas no topo dos edifícios são frequentemente ocupadas por instalações (ar condicionado, proteção contra incêndios, antenas de rádio/TV, etc.).

Painel fotovoltaico flexível instalação vertical

A grande inovação oferecida pelos painéis flexíveis é a “portabilidade”: sendo leves e, portanto, portáteis, é possível levá-los para áreas inacessíveis, bem como aplicá-los a todos os meios de transporte, incluindo barcos e bicicletas.

Desta forma, é possível dispor de uma fonte de energia em qualquer lugar, que pode ser usada para carregar baterias portáteis ou alimentar qualquer dispositivo eletrônico.

Painel fotovoltaico flexível exemplo software para projetar sistemas fotovoltaicos_Solarius-PV

A pesquisa contínua também permitiu realizar folhas com células solares de qualquer tamanho e com peso significativamente baixo; as mais eficazes podem até ser aplicadas como adesivos em qualquer superfície!

Painel fotovoltaico flexível bateria software para projetar sistemas fotovoltaicos_Solarius-PV

Este tipo de painel flexível utiliza camadas ultrafinas de silício, de alta eficiência, sobrepostas umas às outras para formar a célula fotovoltaica. Trata-se de uma tecnologia usada há anos, mas que continua a evoluir.

Painel fotovoltaico flexível detalhe software para projetar sistemas fotovoltaicos_Solarius-PV

Cientistas de todo o mundo estão trabalhando nas principais fraquezas destas células inovadoras:

  • o custo de produção: apesar de estar diminuindo, o custo de produção de células fotovoltaicas flexíveis ainda é um obstáculo à competitividade das mesmas no mercado. Para reduzir o custo de produção, devem ser fabricadas usando processamento roll-to-roll, ou seja, devem ser produzidas num plástico flexível ou numa folha de metal que pode ser enrolada. Um método para conseguir isso é através da impressão a jato de tinta, que permitiria inserir componentes de cores e eletrólitos na folha.
  • a vida útil dos módulos: é importante que a quantidade de energia produzida por uma célula solar flexível, ao longo de sua vida útil, seja superior à quantidade necessária para produzir e transportar a própria célula. Caso contrário, a célula fotovoltaica não poderia ser considerada energia renovável.

Clique aqui para conhecer Solarius PV, o software para projetar sistemas fotovoltaicos