A plataforma colaborativa BIM oferece aos atores da construção as ferramentas necessárias para operar corretamente com a metodologia BIM. Aqui estão as características que uma plataforma deve ter

Trabalhar com a metodologia BIM significa usar a tecnologia para melhor integrar os diferentes profissionais envolvidos no trabalho com várias vantagens:

  • uma troca lucrativa de conhecimento
  • uma atualização oportuna em tempo real da informação disponível
  • redução de erros
  • melhoria global

Esta colaboração entre os setores e entre as pessoas não é possível sem o livre acesso a todos os dados essenciais armazenados em um BIM.

Daí a necessidade de plataformas colaborativas baseadas em sistemas abertos.

Especificamente, uma plataforma BIM deve ser capaz de atender a arquitetura, engenharia e os profissionais de construção em geral, a fim de criar e gerenciar corretamente os modelos BIM de cada disciplina especializada (projeto arquitetônico, análise de energia, análise estrutural, gerenciamento do canteiro e manutenção da obra) em um único ambiente de compartilhamento de dados (CDE).

Ambiente de compartilhamento de dados, o que é isso?

Ambiente de compartilhamento de dados condivisione dati

 

O ambiente de compartilhamento de dados é uma infraestrutura de TI para coleta e gerenciamento de dados e define seus requisitos técnicos. Esta plataforma deve gerenciar:

  • acessibilidade por todos os atores envolvidos no processo
  • rastreabilidade e histórico de revisões dos dados contidos em seu interior
  • apoio de uma ampla gama de tipos e formatos de dados e seu retrabalho
  • alto fluxo de investigação e facilidade de acesso (protocolos de troca de dados abertos)
  • conservação e atualização no tempo
  • privacidade e segurança

O ambiente de compartilhamento de dados é um ambiente virtual (nuvem, servidor) ao qual todos os atores do contrato terão que confiar seu trabalho (arquivo), é organizado e estruturado para acompanhar o andamento das atividades, identificar papéis e responsabilidades, deixando a disposição de todos a informação sempre atualizada e completa.

O escopo descrito é justamente aquele em que todos os aspectos de colaboração e integração, característicos da metodologia BIM, podem expressar-se plenamente.

Em outras palavras, sem o ambiente de compartilhamento de dados, o processo BIM não poderia nem tomar forma!

As características de uma plataforma colaborativa BIM

Uma plataforma de colaboração BIM deve possuir uma série de recursos para aumentar a produtividade individual e da equipe no interior e, em seguida, obter as seguintes vantagens:

  • a automatização da coordenação de informações
  • a transparência da informação do processo, paternidade e da disponibilidade temporária da informação
  • a gestão automatizada de revisões e atualizações de dados
  • a redução da redundância e os riscos relacionados à duplicação de dados
  • comunicação entre as partes envolvidas.

Além disso, uma plataforma colaborativa deve apoiar o desenvolvimento de um projeto com uma série de características técnicas:

  • Mobilidade: acessibilidade de dispositivos móveis, notebooks e desktop, bem como o suportar navegador web.
  • Simplicidade e facilidade de uso: uso de interfaces modernas e interações otimizadas, como arrastar e soltar arquivos
  • Manipulação de arquivos: facilidade de acesso a documentos, sincronização e compartilhamento
  • Produtividade do usuário: capacidade de alterar atributos de documentos, gerenciar anotações, tags e anotações
  • Colaboração: criação de ambientes de trabalho para edição de documentos em equipes e rastreabilidade de ações realizadas
  • Gerenciamento de conteúdo: a classificação de metadados, pesquisa facilitada e rastreabilidade
  • Fluxo de trabalho: criar processos que descrevem ações em arquivos, notificação de tarefas e gerenciamento de dados
  • Segurança e proteção de dados: em relação aos dispositivos conectados, documentos em trânsito e aos armazenados
  • Integração: integração com CMIS (content management interoperability services) e design tools
  • Armazenamento de dados: com o uso de um repositório centralizado de documentação e um espaço de armazenamento por usuário.

usBIM.platform, a plataforma colaborativa BIM

usBIM.platform é projetado e construído para atender às exigências exigidas pela norma britânica Pas 1192 e BS 1192.

O ambiente de compartilhamento de dados criado dentro de usBIM.platform é totalmente personalizável de acordo com esquemas organizacionais previstos na documentação.

usBIM.platform é projetada para dar o máximo apoio operacional para o cliente do projeto, que pode, graças a esta plataforma, alcançar melhor dois objetivos fundamentais em relação a outras soluções tecnológicas:

  • Modelo BIM navegável de forma visual diretamente da internet (#freeMDD)
  • Criação e controle de todas as etapas de planejamento e execução da obra (#GATE)

Com usBIM.platform o cliente é capaz de ter um modelo BIM navegável de forma visual diretamente na Internet e para criar e controlar todas as etapas de planejamento e execução de trabalho que determinam a definição progressiva do modelo BIM.

Os dois plugins da plataforma, que permitem obter maior controle e transparência dos resultados, são:

  • freeMDD – modelo BIM navegável

usBIM.platform-freemdd

A conservação / estruturação do Modelo, documentos e dados em formatos abertos (modelos livres, documentos e dados) dentro da usBIM.platform, combinada com as funções de navegação garantidas pelo plug-in usBIM.browser, permite obter um modelo BIM navegável com uso apenas da internet.
A própria plataforma torna-se um modelo BIM que pode ser navegado através da Internet, a partir do qual é explorado e gerenciado:

  • o modelo IFC composto pela federação de modelos obtidos a partir dos vários processos de projeto e execução;
  • dados e documentos em formatos abertos estruturados e ligados ao modelo ou aos seus objetos através de funções específicas da plataforma.
  • GATE – criação e controle de todas as etapas

usBIM.platform_modelo de gerenciamento

A construção do GATE, para a descrição e implementação de procedimentos para revisão/validação da documentação do projeto, permite a realização de controles específicos, para cada fase, projeto ou execução. O Gate serve para a definição do modelo BIM (por exemplo, os passos de compartilhamento ou modelos de entrega e produtos).

A certificação dos arquivos IFC pela buildingSMART internacional

BuildingSMART é uma organização sem fins lucrativos que lida com o desenvolvimento e pesquisa de padrões abertos para apoiar o intercâmbio de informações necessárias para o bom desenvolvimento do processo de digitalização da indústria da construção.

Ela estabelece as regras do Open BIM, ou seja, uma abordagem universal para o desenvolvimento do planejamento colaborativo e a construção / manutenção de edifícios e infraestruturas baseada em padrões e processos abertos. A Industry Foundation Classes (IFC) da buildingSMART é o veículo de troca de informações entre clientes, equipes que desenvolvem o projeto, as empresas construtoras e as empresas que lidam com seu gerenciamento e manutenção.

O formato do IFC e os manuais de IDM são padrões internacionais. Respectivamente, eles se referem aos padrões:

  • ISO 16739 para as Classes da Industry Foundation (IFC)
  • ISO 29481 para o Manual de Entrega de Informações (IDM).

usBIM.platform é a primeira plataforma certificada para as importações de IFC 2×3 Coordination View 2.0

A plataforma colaborativa usBIM.platform é uma plataforma aberta, porque é baseada em padrões IFC da buildingSMART.

A certificação buildingSMART garante que a criação dos arquivos dentro do usBIM.platform é consistente e coerente com a estrutura do esquema de dados IFC, bem como que a gestão e o compartilhamento de documentos e modelos digitais entre os profissionais do setor da construção são realizados de forma correta, independentemente do software BIM que cada um deles usa para o desenvolvimento do processo de digitalização de um projeto de construção.

Você quer controle global sobre o projeto, execução e manutenção de um edifício? Conheça usBIM.platform