A disseminação do BIM necessita o compartilhamento de conceitos e terminologias. buildingSMART propõe o “Professional Certification Program”: competências e capacitação compartilhadas no nível internacional

A necessidade de melhorar os níveis de eficiência e produtividade da indústria da construção tem incentivado profissionais e empresas a adotar a metodologia BIM, tal como já fizeram os contratantes que exigem a utilização do BIM nas licitações nacionais e internacionais.

No entanto, ainda há alguma confusão na definição de processos e no compartilhamento de termos e conceitos básicos.

Um novo mercado, mais qualificado e evoluído, está sendo consolidado. É, portanto, necessário prever uma padronização de procedimentos e terminologias, além da criação de sistemas de certificação que avaliem a competência dos atores dos processos.

Neste sentido, o “Professional Certification Program”, iniciativa lançada em setembro 2017 pela buildingSMART International, contribui para definir competências e capacitação compartilhadas no nível internacional.

O que é o “Professional Certification Program” da buildingSMART International?

Graças ao seu reconhecido papel de líder internacional no desenvolvimento de padrões openBIM, a buildingSMART International esclarece e harmoniza a definição e a aplicação dos princípios do openBIM.

Através da iniciativa “Professional Certification Program”, de fato, bSI permitirá que as entidades formadoras treinem e certifiquem os profissionais de acordo com um percurso de treinamento padronizado e reconhecido internacionalmente (por exemplo, as normas ISO 19650, etc.).

buildingSMART não irá tratar diretamente do treinamento, pois a sua atividade visará:

  • promover e padronizar o conteúdo de treinamento;
  • apoiar e acreditar as entidades formadoras, bem como os cursos ministrados pelas mesmas;
  • testar e certificar os profissionais.

O Programa foi desenvolvido ao longo de três anos graças aos esforços de especialistas de todo o mundo. Em particular, o trabalho foi realizado pelo “Comité de Certificação Profissional” da bSI, um comité internacional constituído pelos representantes de oito Capítulos regionais da associação (Canadá, Alemanha, Japão, Corea, Noruega, Espanha, Suíça, Reino Unido e Irlanda) sob o controle direto do “Standard Commitee Executive”.

workflow-bsi_Professional Certification Program

O “Professional Certification Program” está estruturado em dois níveis de treinamento sucessivos e progressivos (veja a imagem abaixo):

  • o primeiro nível, conhecido como “Qualificação Individual”, irá proporcionar um treinamento mais conceitual, para fornecer uma estrutura de conhecimento completa, atualizada e compartilhada sobre o openBIM. Este nível educacional foi desenvolvido de acordo com uma experiência similar (positiva) realizada pelo Capítulo norueguês da buildingSMART.
  • O segundo nível, conhecido como “Certificação Profissional”, será mais operacional e abordará a aplicação dos princípios do openBIM ao ambiente de projeto. Preverá, ainda, módulos relativos às atividades desenvolvidas por figuras específicas, tais como o BIM Manager, o BIM Coordinator, etc. Essa fase, ainda em fase de definição, deveria estar pronta para o mercado em 2020.

O programa também tinha avaliado um grau adicional de treinamento (um terceiro nível, chamado de terciário – o mais completo possível), mas isso não foi levado em conta na estruturação da iniciativa, pois não respondia aos objetivos da bSI.

Estrutura Professional Certification Program

O programa é gerenciado e aprovado pelos Capítulos locais da buildingSMART, que deverão:

  1. integrar o conteúdo de treinamento do Programa elaborado pela buildingSMART International com os requisitos específicos da própria região;
  2. avaliar os pedidos de acreditação das entidades formadoras, apoiando-as na estruturação adequada dos seus cursos de treinamento;
  3. reconhecer a acreditação, se forem cumpridas as condições para isso.

O atual objetivo da buildingSMART International foca no primeiro nível do Programa.

A “Qualificação Individual” do “Professional Certification Program”

O conteúdo de treinamento relativo à “Qualificação Individual” é estruturado de acordo com 7 módulos, mostrados na imagem abaixo:Conteúdo de treinamento Professional Certification Program

O módulo Basic, preestabelecido pela bSI, é o módulo principal não alterável, concebido para fornecer os requisitos essenciais do treinamento em openBIM.

bSI forneceu o conteúdo essencial para os outros módulos também. Esse conteúdo, no entanto, poderá ser integrado pelos vários Capítulos locais da buildingSMART a fim de levar em conta as características distintivas de cada região e País.

Ao projetar cada módulo, a bSI começou da identificação dos objetivos de treinamento a serem alcançados pelo próprio módulo: os LOF [Learning Outcome Framework].

Os LOF são uma espécie de lista de objetivos relativos a cada módulo e, portanto, representam a base essencial a partir da qual as entidades formadoras deverão estruturas os seus cursos de treinamento.

Prevê-se que cada módulo deve possuir entre no mínimo 25 e no máximo 30 objetivos. O módulo básico, em particular, é caracterizado pelos 28 objetivos a seguir:

  • 1 Entender o que é o BIM, por que é necessário e reconhecer a sua terminologia específica:
    • 1.1 definir os drivers que conduziram ao BIM;
    • 1.2 definir o BIM;
    • 1.3 identificar e definir a terminologia BIM;
    • 1.4 definir os níveis de maturidade BIM;
    • 1.5 definir os elementos constitutivos de um modelo informático.
  • 2 Reconhecer as vantagens do BIM em comparação com a entrega do projeto tradicional:
    • 2.1 aprender por que são necessários métodos de trabalho colaborativos e novos.
    • 2.2 identificar os efeitos de um mau gerenciamento das informações sobre os projetos;
    • 2.3 identificar os padrões desenvolvidos para superar a falta de informações;
    • 2.4 identificar as vantagens do BIM para os profissionais da indústria da construção;
    • 2.5 identificar as vantagens da adoção do BIM para os clientes e o gerenciamento dos edifícios.
  • 3 Entender o ciclo de desenvolvimento das informações sobre o projeto (e os seus termos-chave), em particular, como as informações sobre o projeto são especificadas, produzidas, trocadas e armazenadas:
    • 3.1 aprender por que os contratantes devem definir de forma clara os seus requisitos (EIR);
    • 3.2 aprender por que a cadeia de fornecimento deve elaborar um plano para executar o BIM no projeto (BEP);
    • 3.3 conhecer por que são necessárias trocas de informações coerentes;
    • 3.4 identificar os elementos chave e as vantagens ao utilizar uma plataforma de trabalho colaborativo (CDE);
    • 3.5 conhecer por que são exigidas responsabilidades de gerenciamento das informações claramente definidas;
    • 3.6 conhecer por que é necessário avaliar os potenciais membros da cadeia de fornecimento antes da designação.
  • 4 Reconhecer a necessidade de soluções abertas e interoperáveis:
    • 4.1 definir a comunidade buildingSMART;
    • 4.2 definir o openBIM e as suas vantagens em comparação com produtos e sistemas proprietários;
    • 4.3 conhecer o que é IFC e os seus benefícios;
    • 4.4 conhecer quais são os MVD e os seus benefícios;
    • 4.5 conhecer quais são os IDM e os seus benefícios;
    • 4.6 conhecer o que é bSDD e os seus benefícios;
    • 4.7 conhecer o que é BCF e os seus benefícios.
  • 5 Identificar a capacidade de uma organização ao trabalhar com o BIM:
    • 5.1 compreender as possíveis vantagens da adoção do BIM para uma empresa;
    • 5.2 compreender os fatores que define o nível de maturidade do BIM numa organização;
    • 5.3 aprender por que a adoção do BIM deve estar alinhada com os objetivos organizacionais;
    • 5.4 identificar as vantagens e os desafios para a adoção do BIM;
    • 5.5 conhecer quais são as implicações em termos de segurança de dados para a adoção do BIM.

Por cada LOF será construído um banco de dados de 150 perguntas, do qual serão extraídas aleatoriamente 25 perguntas a serem utilizadas para a criação dos testes de verificação e validação finais.

Uma vez completado o curso, livremente escolhido entre os aprovados pela bSI e ministrado por uma entidade formadora autorizada, os participantes, se quiserem, poderão fazer um teste de avaliação.

Esse teste será realizado on line, com perguntas de múltipla escolha, na plataforma Moodle gerenciada diretamente pela buildingSMART.

O resultado será comunicado em tempo real e, se for positivo, o candidato receberá um certificado digital (com o seu nome, a entidade formadora, o ID único, a data, entre outro) que poderá ser impresso ou compartilhado digitalmente.

Diploma Professional Certification Program

O programa está a ser adotado pelos vários Capítulos locais da buildingSMART e atualmente está disponível apenas em alguns Países indicados no site da bSI, por exemplo Alemanha, França, Espanha, Reino Unido e Noruega.

Clique aqui para conhecer melhor e baixar Edificius, o programa de arquitetura BIM