Uma visão geral completa do projeto de reforma de sótão: exemplos de normas internacionais, viabilidade e soluções arquitetônicas, acompanhadas por um caso prático com arquivo dwg e modelo 3D para baixar

O projeto de reforma de sótão é um conjunto de soluções arquitetônicas que favorecem a reutilização de ambientes não habitáveis, convertendo-os em espaços para uso residencial.

Antes de iniciar um projeto de reforma de sótão, é necessário verificar a viabilidade da intervenção, avaliando a possibilidade real de obter a licença de habitabilidade de acordo com as normas de referência.

Neste artigo de aprofundamento conheceremos alguns exemplos de normas internacionais e daremos conselhos práticos para abordar o projeto de reforma de sótão, também fornecendo um exemplo de projeto.

Além disso, disponibilizaremos para o download os gráficos de projeto no formato dwg (plantas e cortes), bem como o modelo 3D realizado com um programa de arquitetura BIM.

Reforma sótão-render sala de estar programa de arquitetura BIM-Edificius

 

Reforma de sótão: o que é?

Reformar um sótão significa adaptar o último nível de um edifício, geralmente com teto inclinado, e convertê-lo para uso residencial. A fim de reutilizar um espaço, é necessário verificar que sejam permitidas as intervenções de construção necessárias para tornar o espaço desejado habitável.

Reforma sótão-corte sótão não habitável programa de arquitetura BIM-Edificius

Sótão não habitável – corte

Esse tipo de intervenções permite ganhar espaço com custos de reforma relativamente baixos, aproveitando ao máximo um edifício já equipado com instalações fundamentais (sistema elétrico e hidráulico, esgotos, etc.).

Reforma sótão-corte a-a programa de arquitetura BIM-Edificius

Sótão habitável – corte

Exemplos de normas internacionais para projetos de reforma

Antes de iniciar as obras de reforma de um sótão, é preciso submeter permissões e documentos necessários para realizar as alterações desejadas.

Vejamos alguns exemplos de como cada País aborda o assunto:

  • Canadá

No Canadá, as obras de integração e reforma requerem o envio de um pedido de licença de construção. Esse pedido deve ser apresentado aos escritórios municipais responsáveis, de acordo com as diretrizes do Estado de referência.

No Reino Unido a referência são as normas nacionais, implementadas e verificadas pela autoridade local de planejamento urbano (Local Planning authority – LPA).

Para obras de ampliação e reforma nos Estados Unidos, são necessárias licenças de construção (Building Permit) que, de acordo com os Building Code (códigos de construção) do International Code Council, devem ser submetidas localmente ao município de referência.

Na Espanha, as autorizações de construção a serem aplicadas dependem do município.

Uma vez realizadas as obras de reforma, é necessário solicitar um Certificado de habitabilidade (Cédula de Habitabilidade), conforme Código Técnico de la Edificación (CTE, Código Técnico da Edificação).

Para a reforma de apartamentos em Madri, por exemplo, existem 3 tipos de licenças de planejamento urbano:

  1. para pequenas obras de reforma não são necessárias licenças e/ou permissões;
  2. para pequenas modificações de reforma que não precisam de projeto, é necessário submeter comunicação específica (Actuación Comunicada);
  3. procedimento ordinário para qualquer obra que requeira projeto específico.

Acesse a página do município de Madri para obter informações e baixar os módulos com todas as concessões  urbanísticas.

  • Brasil

No Brasil é necessário atender à norma ABNT NBR 16280, emitida em 2015. Para obras de reforma e modificações estruturais, devem ser emitidos documentos pelo engenheiro ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) ou pelo Arquiteto RRT (Registro de Responsabilidade Técnica).

Na França, as obras de integração ou reforma de edifícios residenciais são reguladas pela legislação nacional, em particular pelo Código de planejamento urbano.

Baixe o módulo DPMI (Déclaration préalable pour une maison individuelle et/ou ses annexes) para realizar obras ou ampliar uma casa independente.

Reforma sótão-render externos programa de arquitetura BIM-Edificius

Soluções úteis para realizar um projeto de reforma de sótão

Uma vez verificada a viabilidade da reforma de sótão, os responsáveis das intervenções devem enfrentar um interessante desafio de projeto.

Arranjar os espaços de um sótão, de fato, requer soluções arquitetônicas engenhosas que tornem os espaços habitáveis e agradáveis. É imprescindível:

  • abrir novas janelas e claraboias para satisfazer os valores de iluminação previstos;
  • realizar terraços para tornar habitáveis também os espaços não utilizados;
  • realizar mobiliário sob medida ou armários para aproveitar até mesmo os espaços menores;
  • criar áreas com altura dupla se o sótão estiver ligado à casa abaixo;
  • verificar a transparência da cobertura.

Janelas e claraboias

Realizar novas aberturas é fundamental para a habitabilidade e a salubridade dos ambientes de um sótão.

Existem dois tipos de aberturas envidraçadas:

  1. janelas/varandas
  2. claraboias

Quando não é possível realizar aberturas nas paredes verticais do edifício, é necessário recorrer a soluções alternativas, como as claraboias, que favorecem a entrada de luz e ar da água do telhado.

Desta forma, é possível aumentar a iluminação dos espaços internos, favorecendo luminosidade e arejamento dos mesmos.

Terraços

Geralmente, ficando no último nível de um edifício, o sótão dispõe de uma posição ideal em termos de vista para o exterior.

Quando possível, portanto, é aconselhável prever terraços ou passarelas, removendo as áreas de cobertura com altura inferior ao mínimo permitido.

Reforma sótão-render terraço programa de arquitetura BIM-Edificius

Mobiliário sob medida e armários

Para aproveitar os espaços não habitáveis de um sótão, é importante usar armários embutidos e móveis feitos sob medida ou criar depósitos. Isso, na verdade, permite recuperar espaços úteis aproveitando superfícies que, caso contrário, ficariam inutilizadas.

Altura dupla

Se o sótão a ser recuperado estiver ligado à casa abaixo, é possível criar uma altura dupla e conectar visualmente os dois níveis através de cortes no pavimento, preferencialmente em áreas com menor altura.

Prever ambientes com altura dupla, de fato, permite melhorar a percepção do espaço, que parecerá maior e mais arejado do que realmente é.

Isolamento

No projeto de reforma de sótão é necessário definir uma solução para o isolamento do telhado, pois é através deste último que a maioria das perdas de calor ocorrem. Para isolar telhado e sótão é possível escolher entre diferentes materiais: poliuretano expandido, fibra de madeira, cortiça, lã de rocha, lã de vidro e fibra de celulose, entre outros.

Reforma de sótão: um exemplo prático

O ponto de partida do nosso projeto é um sótão não habitável, com uma superfície total de aproximadamente 100 m², altura mínima de 1,30 m e altura máxima de 3,30 m. O ambiente, coberto por um telhado de duas águas, não possui nenhuma abertura para o exterior e é acessível através de uma escada interna de concreto armado.

As obras de reforma não preveem a modificação da altura ou da inclinação das águas.

Reforma sótão-planta-programa de arquitetura BIM-Edificius

Em primeiro lugar, foi modificado o volume existente por subtração: a parte do telhado com alturas mais baixas foi demolida, deixando assim espaço útil para o terraço.

Desta forma, a nova fachada do prédio, voltada para o terraço, terá altura mínima maior que a da fachada antiga.

Na outra fachada, pelo contrário, foram realizadas duas grandes claraboias que, voltadas para o exterior, conferem espaço aos ambientes internos, modificando a relacionada altura.

Reforma sótão-corte b-b programa de arquitetura BIM-Edificius

Uma vez rearranjados os espaços, também foi necessário reformular as funções dos mesmos. As escolhas de projeto resultaram de necessidades específicas do cliente, bem como de exigências puramente arquitetônicas e funcionais. No sótão antigo, não existiam partições internas ou instalações. Para obter espaços habitáveis, a posição da porta de entrada foi modificada, aproveitando também uma parte da escada que foi englobada no novo apartamento.

Também foi criada uma entrada com corredor, equipada com armários.

A entrada leva diretamente para a sala de estar, completamente aberta, com sofás e televisão, sala de jantar e cozinha. Foi concebido um sistema de portas dobráveis que, fechando, escondem a vista da cozinha. Da sala de estar, enfim, um pequeno corredor leva à área mais reservada da casa, constituída por dois quartos, um banheiro e um depósito.

Reforma sótão-render planta programa de arquitetura BIM-Edificius

A reinterpretação global dos ambientes permitiu transformar um espaço não habitável numa verdadeira habitação para uma família média de 3/4 pessoas.

Download dos gráficos no formato DWG (plantas, cortes) e do modelo 3D BIM do projeto

Confira os arquivos DWG dos documentos técnicos e o modelo arquitetônico do projeto de reforma de sótão. Poderá, ainda, baixar de forma gratuita o programa de arquitetura utilizado para realizá-los, além de slides de resumo e vídeo explicativos do projeto.

Reforma sótão-prancha gráfica programa de arquitetura BIM-Edificius

 

Baixe o modelo 3D BIM (arquivo .edf) do projeto de reforma de sótão

Baixe os gráficos no formato DWG do projeto de reforma de sótão