A imagem mostra as mesas de um restaurante na reabertura pos COVID-19

Restaurantes pós COVID-19: o guia técnico para a reabertura

Reabertura restaurantes, lanchonetes, cafés pós COVID-19: o guia técnico para o cumprimento das medidas e a contenção do risco, com projeto a baixar

Você é dono de um restaurante, uma lanchonete, um bar, um café e pretende conhecer as medidas para reabrir sua atividade? Ou é um técnico que cuida da reabertura de restaurantes pós COVID-19 e precisa conhecer as indicações contra o contágio?

Neste aprofundamento, vamos ilustrar tudo o que é preciso fazer para garantir as necessárias medidas de segurança contra o contágio por COVID-19, e como realizar um projeto para adaptar rapidamente seu lugar de trabalho.

No específico, vamos proporcionar:

Para utilizar o arquivo 3D de projeto, baixe gratuitamente a versão de teste de Edificius e acompanhe os passos indicados.

A imagem mostra um render da sala de jantar de um restaurante realizado com Edificius

Vista da sala de jantas – render realizado com Edificius

A imagem acima é o resultado do nosso trabalho: um render realizado com Edificius que mostra a reorganização dos espaços dos restaurantes tendo em conta as medidas de contenção do contágio por COVID-19.

Baixe Edificius e o arquivo de projeto e tente você mesmo criar seu próprio modelo, ou utilize nosso exemplo como inspiração.

Este aprofundamento inclui duas partes: a primeira trata dos empregadores, enquanto a segunda é dedicada a arquitetos, engenheiros e responsáveis de projeto responsáveis pela garantia na segurança da atividade comercial.

As obrigações do empregador na reabertura de restaurantes pós COVID-19

Esta parte trata tanto do empregador, que deve adaptar os ambientes da própria atividade, como também dos responsáveis da segurança e saúde. Também pode ser útil para os técnicos que queiram conhecer os princípios teóricos das atividades de prevenção.

Para saber mais sobre quais as obrigações do empregador, confira nosso artigo sobre a reabertura dos escritórios.

Critérios para avaliação do risco de transmissão do contágio

Recomendamos que você leia nosso artigo “Reabertura das atividades após COVID-19: guia para escritórios ” para conhecer quais os critérios a levar em conta para avaliar o risco do contágio por COVID-19.

Medidas de prevenção e proteção na reabertura de restaurantes pós COVID-19

Conforme quanto falamos acima, você pode adotar as medidas de organização e técnicas mais adequadas para sua própria atividade, incluindo:

  • medição da temperatura corporal/autodeclaração da medição;
  • fornecimento de Equipamentos de Proteção Individual;
  • painéis e folhetos de informação;
  • pontos para higienização das mãos;
  • cardápios escritos nas paredes ou acessíveis por aplicativos ou sites;
  • máscaras para os clientes quando não forem sentados na mesa (ao pagar na caixa, ao se deslocar, ao ir para as instalações sanitárias);
  • pagamentos eletrônicos com cartões contactless:
  • higienização das mesas após cada cliente;
  • máscaras e luvas para o pessoal que atende na mesa, na cozinha ou na caixa;
  • precauções higiênicas pessoais;
  • reserva obrigatória para evitar filas e aglomeração de pessoas;
  • cursos de treinamento, informação e capacitação do pessoal;
  • coleta de resíduos potencialmente infectados;
  • troca do ar;
  • disposição do restaurante que garanta a distância mínima entre pessoas e mesas;
  • gerenciamento dos espaços comuns;
  • reorganização do horário de trabalho;
  • modalidade de entrada e saída;
  • modalidade de entrada para fornecedores externos;
  • limpeza e higienização;
  • vigilância sanitária e cuidado para os trabalhadores em risco;
  • medidas para a prevenção de surtos;
  • gerenciamento de uma pessoa com sintomas.
A imagem mostra um grafico com as medidas de seguranca para reabertura dos restaurantes apos COVID-19

Gráfico medidas de segurança

O guia para técnicos

Esta parte do artigo é dedicada aos técnicos responsáveis da contenção do risco de contágio na reabertura dos restaurantes pós COVID-19. Se você fizer parte dessa categoria, acompanhe nossas indicações.

Baixe o arquivo do modelo BIM de um restaurante que vai lhe servir de ajuda para reorganizar os ambientes.

Lembramos que, para abrir nosso modelo BIM, pode baixar gratuitamente a versão de teste de Edificius.

Como reorganizar os ambientes para reabertura de restaurantes pós COVID-19

Para organizar da forma melhor os ambientes dos restaurantes para mitigar o risco de contágio por COVID-19 e garantir segurança a clientes e funcionários, recomendamos que adote as medidas a seguir:

  1. caminhos de entrada e saída: é bom prever caminhos internos diferentes e mais área de entrada no local, portas com sistemas de abertura e fechamento automáticos, e garantir a distância interpessoal de pelo menos 1 metro, evitando filas ed aglomerações.
  2. Área para a medição da temperatura corporal: se o local dispor do espaço suficiente, é preciso prever uma área para a medição da temperatura corporal, se possível perto da entrada. O espaço deverá contar com uma mesa onde colocar o dispositivo para a medição, uma caixa de luvas descartáveis, um dispender de gel desinfetante e uma lixeira com pedal.
  3. Espaço para o isolamento de pessoas potencialmente contagiadas: se for possível, reserve uma área para o isolamento de pessoas com sintomas parecidos aos do COVID-19.
  4. Pontos para higienização das mãos: distribua dispenser para higienizar as mãos tanto nos ambientes de trabalho como também nos espaços para os clientes. Por exemplo, na área de entrada, na área de comer, perto das instalações sanitárias, na entrada da cozinha e dentro dela. O número e a posição dos dispensers deverá evitar filas e aglomerações.
  5. Disposição das mesas: para organizar as mesas e os assentos, leve em conta as normas de referência de seu Estado. Para limitar o contágio durante a refeição, quando os clientes não usam a máscara, tenha uma distância que evite a transmissão direta (gotículas e contato entre pessoas) e indireta (por meio da louça).
  6. Barreiras protetivas: se não puder distanciar as mesas ou os assentos, coloque barreiras protetivas em acrílico ou do material que você julgar adequado, desde que sirva de barreira contra os espirros e que seja higienizável.
  7. Organizar a área da caixa: a estação da caixa pode prever barreiras físicas. Alternativamente, o pessoal deverá usar a máscara e dispor de gel desinfetante para as mãos. É bom prever pagamentos eletrônicos, possivelmente na mesa.
  8. Caminhos internos: conforme o espaço, você pode prever um caminho obrigatório para os clientes, de modo a guia-los para os assentos ou para as instalações sanitárias.
  9. Cuidar de todos os espaços que pertencem ao edifício: não negligencie os espaços ao ar livre e os estacionamentos.
  10. Sistemas para troca do ar: certifique-se de que haja troca de ar em todos os ambientes, através de ventilação natural ou artificial. Ajuste os filtros dos sistemas de ar condicionado ou de recirculação do ar para limitar os riscos de contágio. Se possível, substitua os secadores com jatos de ar por toalhas de papel, pois eles favorecerem a dispersão de gotículas.
  11. Espaços ao ar livre: é aconselhável desfrutar ao máximo os espaços ao ar livre em vez de ambientes fechados, cumprindo as medidas de segurança descritas acima.

A situação atual

O restaurante que vamos reorganizar é um local de tamanho médio colocado no andar térreo de um edifício.

 maigem mostra a planimetria da situacao atual para a reabertura de um restaurante pos COVID-19

Restaurantes pós COVID-19 | Planimetria da Situação Atual

A área do bar, a área da caixa, a recepção e a sala de espera são fornecidas na área de entrada.

A sala de jantar pode acomodar até 100 lugares e está organizada em várias áreas diferentes:

  • 3 na parte central, dividida por pequenas paredes compostas de tiras e pequenos painéis de metacrilato;
  • 2 dos lados divididos, no interior, por um sistema de pequenas paredes, vigas e pilares.

Ao lado da sala há o vestiário, os corredores e a área em frente à cozinha e aos banheiros. Estes últimos oferecem uma ante-sala que conecta os banheiros e a área dedicada ao pessoal, composta por 2 banheiros e um vestiário.
Existem também 2 áreas externas sempre destinadas a restauração: a área próxima à entrada possui mesas e poltronas cobertas por uma cobertura, enquanto o espaço adjacente à sala central possui mesas e cadeiras com guarda-sóis.

A situação de projeto

Conforme quanto falamos acima, reorganizamos os espaços conforme as normas de referência italianas e, no específico, o DPCM 26 aprile 2020.

A imagem mostra a planimetria da situacao de projeto para a reabertura de um restaurante pos COVID-19

Restaurantes pós COVID-19 | Planimetria da Situação de Projeto para minimizar o risco de contágio

Área de entrada

Na entrada, destacamos imediatamente o caminho para clientes e funcionários com uma faixa verde de 10 cm de largura, para poder direcionar as pessoas para as mesas evitando filas e tumultos.

Em um canto, fornecemos uma mesa, de frente para a porta de entrada, com uma caixa de luvas descartáveis, o dispositivo para medir a temperatura, um pacote de máscaras, um dispenser de gel desinfetante e uma lixeira com pedal. Placas para os procedimentos a serem seguidos foram postadas antes de entrar na sala e perto da mesa.

A imagem mostra o render de uma area para medicao da temperatura realizado com Edificius

Área para medição da temperatura | Render desenvolvido com Edificius

Área da caixa e bar

Perto da entrada é a área do bar com uma área de caixa adjacente. No banco, foram posicionadas barreiras contra os espirros em acrílico, com um orifício na base para facilitar os pagamentos, enquanto no chão há pequenas faixas indicando a distância mínima a ser respeitada para as pessoas que aguardam.

Também nesta área, reduzimos o número de assentos que servem o bar, respeitando a distância de segurança entre as mesas.

A imagem mostra um render do bar e da caixa de um restaurante desenvolvido com Edificius

Detalhe do bar e da área para caixa | Render realizado com Edificius

Sala de jantar

Na sala de jantar, reduzimos as mesas e os assentos para garantir o cumprimento das distâncias de segurança: o novo arranjo tem 36 assentos, garantindo a mesma conformação geral dos quartos. Além disso, adicionamos os dispensers com o gel desinfetante e os sinais apropriados em vários pontos da sala – na entrada, perto da cozinha e da porta do banheiro.

As faixas verdes no chão indicam o caminho dos clientes para alcançar seus lugares. Isso permite uma melhor organização do fluxo de pessoas que se deslocam para diferentes pontos da sala, limitando o risco de filas e agregações.

A imagem mostra o render de uma sala de jantar realizado com Edificius

Sala de jantar | Render realizado com Edificius

Espaços externos

Também as áreas externas foram adaptadas limitando os assentos, reposicionando mesas e guarda-sóis. Também neste caso, todos os dispositivos de proteção necessários foram fornecidos perto das entradas.

Na sala, o pequeno sofá foi eliminado para aumentar o espaço de descanso para os funcionários, porém limitado a um número máximo de 3 pessoas.

Instalações sanitárias

Nas proximidades do acesso ao camarim, colocamos um primeiro dispenser com sinais. Coloquei dispensadores e painéis adicionais nas entradas dos vários banheiros (homens, mulheres e funcionários).
Para superar o problema dos secadores com jato de ar, montamos um dispenser de toalhas de papel em cada banheiro, a fim de reduzir ainda mais as situações de contágio e possível disseminação do vírus.

Vídeo Edificius

No vídeo, vamos mostrar todos os passos que realizamos para criar nosso render do restaurante com Edificius, o software BIM para projeto arquitetônico.

Material de suporte a baixar gratuitamente

Baixe gratuitamente todo o material que pode lhe ajudar em reorganizar um restaurante para a reabertura pós COVID-19 conforme as medidas de prevenção e contenção do contágio.

Arquivo do projeto

Projeto 3D realizado com Edificius

Slides

Aqui estão os slides com as regras a seguirem para a reabertura dos restaurantes pós COVID-19.

edificius
edificius