Desenhar Villa Savoye com um software BIM Authoring. Vamos descobrir como é possível melhorar e acelerar o inteiro processo de desenho arquitetônico

No precedente artigo vimos como a moderna abordagem à tecnologia BIM teria conseguido ajudar Le Corbusier no desenho da Villa Savoye com referência à algumas escolhas de desenho dele.
Em particular, usando um software BIM Authoring, reproduzimos, verificando simultaneamente os respetivos efeitos, os primeiros 2 aspeitos dos “Cinco pontos da nova arquitetura” de Le Corbusier, representados em Villa Savoye:

  • os pilotis: colunas delgadas e finas para levantar o edifício do chão. Os pilotis criam continuidade com o terreno circundante, bem como espaços cobertos para a passagem dos peões e, sobretudo, dos carros (outro símbolo da modernidade) até a garagem, especialmente posicionada no rés-do-chão do edifício.
  • a planta livre: caracterizada pela ausência total de paredes de suporte de carga e pela grande flexibilidade no desenho de ambientes interiores e exteriores e dos fechamentos verticais, suportados facilmente pelo esqueleto de concreto armado.

 

 

Hoje, tendo sempre como modelo Villa Savoye, iremos tratar da criação das fachadas livres e das janelas em fita: 2 dos famosos 5 pontos da arquitetura de Le Corbusier.

Janela em fita e fachada livre em Villa Savoye

A fachada livre: consiste na liberdade de criar fachadas que já não são feitas de alvenaria com funções estruturais, mas simplesmente de uma série de elementos horizontais e verticais cujos vãos podem ser preenchidos à vontade, seja com paredes isolantes seja com esquadrias transparentes. Desta forma, o arquiteto não tem restrições estruturais, mas funcionais e estéticas.

Fachada livre

Fachada livre

A janela em fita: janelas horizontais em fita, realizáveis graças à fachada que é livre de funções estruturais. O objetivo é dar aos ambientes uma maior quantidade de luz natural e um grande contato com os espaços abertos exteriores.

Janela em fita

Janela em fita

Vejamos como realizar estes dois elementos arquitetônicos usando um software BIM.

Realizar a fachada livre de Villa Savoye com um software BIM

Partendo da malha estrutural do rés-do-chão, com as funcionalidades de ‘cópia para objetos‘ do software podemos realizar facilmente a segunda ordem de pilares. Aproveitando a capacidade dos objetos de se reconhecer, vamos posicionar de forma precisa as fachadas exteriores, as quais, livres de funções estruturais, podem ser cortadas horizontalmente ao longo da inteira extensão das mesmas através do objeto ‘Vão‘.

Realizar a janela em fita de Villa Savoye com um software BIM

Diretamente da livraria de projeto vamos definir as propriedades da janela: dimensões, número de folhas e tipo. Para cada folha, de tipo deslizante, vamos definir a direção de abertura. Acabado o desenho, mediante um simples clique vamos colocar a janela, de forma precisa, no modelo 3D. Por último, graças a Renderização em tempo real, vamos navegar nos ambientes interiores da nossa Villa Savoye e verificar, em tempo real, o que acabámos de criar.

Neste artigo mostrámos como com Edificius, o software para o desenho arquitetônico BIM, é possível melhorar e acelerar o processo de desenho arquitetônico. Em poucas, simples etapas vimos como é simples realizar uma fachada contínua e uma janela em fita.

No próximo artigo de aprofundamento iremos analisar o último dos “Cinco pontos para uma moderna arquitetura” de Le Corbusier. Em particular, iremos ver como realizar, com um software BIM, o teto jardim de Villa Savoye.

Eis algumas renderizações fotorealísticas do resultado final realizadas com Edificius.

Aprende a usar o software BIM para o desenho arquitetônico Edificius. Baixa agora grátis a trial e testa-o!