Home » BIM e Arquitetura » A importância de um Simplified Building Energy Model

A importância de um Simplified Building Energy Model

O Simplified Building Energy Model (SBEM) permite definir o consumo de energia e as emissões de carbono de edifícios não residenciais

A metodologia do Building Information Modeling agora é aplicado a todas as disciplinas envolvidas no setor AEC: arquitetura, estruturas e até sistemas.

Neste artigo, queremos nos focar no projeto de energia e apresentar a vocês uma metodologia cada vez mais utilizada para realizar uma avaliação rápida do comportamento e do impacto ambiental de uma construção.

Você já ouviu falar em SBEM?

Vamos descobrir o que é e quais são suas vantagens.

O que é SBEM?

SBEM é o acrônimo de Simplified Building Energy Model, ou seja, modelos energético simplificado da construção, e representa uma metodologia de avaliação do consumo de energia de um edifício destinado a uso não residencial.

Ele permite a definição mensal do consumo de energia e das emissões de dióxido de carbono utilizando um procedimento de cálculo definido pelo National Calculation Methodology, na Inglaterra.

O cálculo utiliza um edifício padronizado que se refere a características climáticas padrão válidas para todo o País.

De acordo com este método, compara-se o TER (Target Emission Rate, ou seja, a taxa de emissão de CO2 desejável para um edifício padrão) com o BER (Building Emission Rate, ou seja, a efetiva taxa de emissão de CO2 do edifício).

Para que o edifício cumpra os pré-requisitos energéticos, deve verificar-se que:

BER ≤ TER

A utilização de um modelo energético simplificado da construção permite-lhe fazer uma avaliação rápida e simplificada do comportamento energético de um edifício, poupando custos e tempo.

O Simplified Building Energy Model no BIM

Com o BIM é possível obter um modelo energético simplificado da construção de forma rápida e rápida graças ao uso de software de analise de energia.

Com o uso de um software BIM para a implementação de um modelo energético simplificado da construção é possível otimizar:

  • a modelagem da estrutura;
  • a caracterização da composição da estrutura;
  • a definição das características do sistema de produção de aquecimento, refrigeração, HVAC e AQS;
  • a gestão de todos os parâmetros térmicos e energéticos;
  • controle da produção de CO2;
  • a avaliação das características energéticas do edifício;
  • verificação da conformidade energética do edifício.

Para que serve o Simplified Building Energy Model no BIM?

O SBEM tem uma dupla finalidade:

  • é útil na fase de projeto, para a avaliação das características térmicas e energéticas do edifício;
  • é necessário para uma abordagem As-Built para concessão de um certificado energético.

EPC: Certificado de Desempenho Energético

O EPC avalia a desempenho energético do edifício, identificando uma série de classes, de A a G, expressas em notas em uma escala de 0 a 100, referentes ao consumo de energia avaliado com base:

  • ao custo total;
  • à emissão de CO2.

A avaliação energética leva em consideração fatores relacionados à construção, como:

  • período de construção;
  • posição;
  • dimensões;
  • características dos materiais;
  • necessidades de energia.
A imagem mostra o ícone de uma casa com uma flecha. Ao redor da casa, há cinco seções de cores diferentes, visando indicar o consumo energético da habitação. ( Simplified Building Energy Model)

EPC | Modelo simplificado de energia de construção

O principal objetivo de um Certificado de Desempenho Energético é permitir que os usuários do imóvel, sejam eles proprietários ou novos compradores, tenham informações relativas ao seu comportamento energético e emissões de dióxido de carbono.

Qual é a diferença entre SBEM e BEM?

A diferença entre o Building Energy Model (BEM) e o Simplified Building Energy Model (SBEM) é sublinhada pelo termo “Simplified”:

  • O BEM é o modelo energético completo do sistema edifício-instalações e coleta todo o fluxo completo de dados de energia do processo BIM de projeto e construção.
  • O SBEM é um modelo energético simplificado desenvolvido para enquadrar rapidamente tudo o que afeta a dinâmica energética e ambiental e para poder realizar imediatamente uma avaliação energética, de desempenho, sustentável e econômica.

Pode-se entender que o BEM só será definido após a identificação clara da forma, das características materiais e funcionais e das escolhas construtivas e executivas.

Pelo contrário, com o SBEM é possível definir a viabilidade energética de uma intervenção, caracterizando brevemente o edifício, delineando de forma ampla:

  • exposição;
  • geometria;
  • os materiais;
  • áreas funcionais;
  • condições climáticas locais.
A imagem mostra a relação entre o modelo energético simplificado do edifício (Simplified Building Energy Model) e o modelo energético do edifício (BEM).

Relação entre SBEM e BEM

É natural perceber a importância da correta avaliação energética do edifício, sobretudo no início da fase de projeto. Para isso, recomendo que você aproveite as vantagens de usar um software de analise de energia, para obter uma análise de desempenho completa, que lhe permitirá abordar adequadamente suas escolhas de projeto e controlar os impactos econômicos, sociais e ambientais.

termus-plus
termus-plus