Home » Exemplo de projeto BIM » Análise de dados no setor AECO: o que é e como usá-lo?

Análise de dados no setor AECO: o que é e como usá-lo?

A análise de dados no setor AECO é um processo que ajuda a coletar e analisar informações para seus projetos. Descubra os detalhes

O desenvolvimento de cada projeto, grande ou pequeno, é constantemente árduo por inúmeros desafios: mau planejamento, custos acima do orçamento e erros de projeto são apenas alguns dos riscos potenciais que podem levar ao fracasso. No entanto, os profissionais do setor da construção têm uma ferramenta poderosa para evitar todos os tipos de problemas e melhorar os resultados do projeto.

Esta ferramenta é a análise de dados. Abaixo você pode descobrir todo o seu potencial!

Antes de começar, lembre-se de que é possível tirar o máximo proveito de seus processos de projeto usando um sistema BIM Business Intelligence para projetos. Você pode começar imediatamente a usar esta solução de forma gratuita para te ajudar a analisar dados relacionados a todos os aspectos do seu projeto. Abaixo iremos fornecer todas as informações que você precisa para entender completamente o seu negócio e identificar oportunidades de melhoria.

O que é análise de dados na construção?

A análise de dados no setor AECO é o processo de coleta, processamento e monitoramento de dados úteis para projetar. Seu objetivo é ajudar os profissionais da construção a mitigar riscos e alcançar resultados bem-sucedidos.

Os dados que acompanham o desenvolvimento de um projeto de construção geralmente consistem em:

  • dados BIM: dados que as equipes de arquitetura, design e construção geram enquanto colaboram na realização do projeto dentro de um ambiente digital compartilhado. De forma mais geral, podemos entender por dados BIM todas as informações relacionadas ao ciclo de vida da construção.
  • Dados de projeto: integram e estendem dados BIM e podem incluir decisões, alterações, desenhos, contratos, orçamentos, cronogramas e muito mais.
  • Dados de gestão: dizem respeito à gestão de ativos e incluem documentos de planejamento, atualizações, manutenção, etc.
  • Dados financeiros: necessários para definir o custo de construção e acompanhar os gastos durante o ciclo de vida da obra.
  • Dados de apoio: ajudam a obter uma melhor compreensão do projeto e resolver quaisquer problemas. Eles podem resultar de investigações RFI (Request For Information), procedimentos de rastreamento de problemas BIM, etc.
A imagem ilustra um exemplo de análise e monitoramento de dados de projeto- análise de dados no setor AECO

Análise e monitoramento de dados de projeto

Por que usar a análise de dados na construção?

A análise de dados usa algoritmos de inteligência artificial e tecnologias de Business Intelligence (BI) para extrair conhecimento das informações que acabamos de descrever. Seu objetivo é alavancar dados de construção para prever o comportamento futuro de um projeto em todos os aspectos.

Aqueles que implementam uma estratégia eficaz de análise de dados são capazes de identificar relacionamentos, links e tendências nos dados existentes. Isso permite que você desenvolva modelos preditivos que ajudam a resolver problemas com antecedência e otimizar os processos de tomada de decisões.

A análise de dados pode ser usada na indústria da construção para enfrentar uma ampla gama de desafios. À medida que a complexidade dos projetos aumenta, as equipes de projeto e construção são chamadas a responder a um número crescente de questões (incluindo custos, erros, modificações, materiais, equipamentos, subcontratados, contratos, etc.).

Claro, tudo isso gera uma grande quantidade de dados, que devem ser filtrados e analisados para serem úteis aos tomadores de decisão do projeto. Desenvolver este procedimento manualmente (com planilhas ou relatórios em papel) requer um investimento considerável de tempo e recursos, sem garantia de resultado.

Pelo contrário, a gestão da informação com o software BIM Data Management, permite obter resultados surpreendentes, graças à ajuda da inteligência artificial.

A análise de dados é, portanto, a ferramenta mais eficaz para superar com sucesso os desafios de design. Permite que as empresas de construção melhorem a produtividade e a eficiência de seus processos. Também ajuda a alcançar projetos com menos erros e a melhorar a qualidade e a confiabilidade do resultado final.

Quais são as vantagens da análise de dados no setor AECO

A implementação de uma estratégia de análise de dados no setor AECO pode ser útil, especialmente pelas seguintes razões:

  • antecipar problemas: as empresas podem prever a probabilidade de excesso de custos e identificar quais projetos têm maior probabilidade de serem atrasados.
  • Reduzir custos: os gerentes de projeto podem rastrear dados financeiros em tempo real, monitorar modelos operacionais e gerar relatórios automatizados que ajudam a entender onde os custos podem ser reduzidos.
  • Acelerar as operações: os dados do projeto podem ser visualizados com elementos fáceis de entender que identificam equipes e tarefas específicas e ajudam a melhorar a eficiência operacional.
  • Melhorar a precisão: a análise de dados automatiza a coleta de dados de campo e remove erros humanos, tornando cada resultado muito mais preciso e confiável.
  • Aumentar a segurança: as empresas de construção podem usar a análise de dados para identificar padrões comportamentais e resolver problemas de segurança antes que eles ocorram.

 

A imagem ilustra um exemplo de vantagem da análise de dados

Vantagem da análise de dados

8 maneiras de usar a análise de dados no setor AECO.

A análise de dados no setor AECO está se tornando cada vez mais importante na construção porque ajuda a prevenir riscos e transformar dados de projetos em informações precisas que podem ser usadas para uma variedade de propósitos. Entre as aplicações mais significativas encontramos, por exemplo:

  • criação de modelos BIM: são modelos digitais que permitem que as partes interessadas visualizem todo o projeto. Eles contêm todas as informações relacionadas ao projeto, materiais, custos, manutenção, etc. Esses modelos são essenciais para prever problemas de projeto e ajudar os fabricantes a evitar interferências na fase de construção do trabalho. Fornecem ainda todas as informações necessárias para garantir o correto funcionamento do edifício durante a sua vida útil.
  • Gerenciamento de riscos: é uma análise que avalia eventos adversos já na fase de planejamento do projeto. Baseia-se em uma abordagem probabilística que pode ser usada para identificar e gerenciar diferentes categorias de risco (incluindo segurança, meio ambiente, tempo, custos, qualidade dos trabalhos, etc.). O principal objetivo desta análise é enriquecer o processo de tomada de decisão com informações que ajudem a escolher as alternativas menos “arriscadas”.
  • Análise preditiva: fornece às partes interessadas informações significativas para atuar em projetos existentes e futuros. Ele prevê a análise de dados históricos e a coleta de enormes quantidades de dados em tempo real para permitir a avaliação de diferentes cenários. Ele é usado para melhorar estimativas, reduzir custos, alinhar processos e evitar falhas em projetos futuros.
  • Monitoramento de recursos: as soluções de rastreamento de recursos são essenciais, especialmente durante a fase de construção do trabalho. Além de garantirem maior eficiência, ajudam a prevenir furtos e perdas de equipamentos, e minimizam atrasos que podem ter consequências significativas nas obrigações contratuais.
  • Otimização de processos: é essencial que todas as equipes de gerenciamento de projetos mantenham as margens de lucro durante todas as fases do trabalho. Os aspectos cruciais para otimizar incluem tempo, custo, mão-de-obra, recursos, etc. A análise de dados é a única ferramenta que pode apoiar os processos que permitem melhorar os resultados do negócio em todas as etapas da construção.
  • Otimização do desempenho dos empreiteiros: medir o desempenho do contratado durante a execução do projeto ajuda a otimizar os esforços e identificar oportunidades de melhoria. A análise de dados suporta este processo, fornecendo informações atualizadas e confiáveis sobre o nível de desempenho de cada equipe envolvida na implementação do trabalho.
  • Previsão orçamentária e controle orçamentário: o processo de otimização de custos abrange todo o ciclo de vida do projeto, desde o planejamento, até a execução e o final de sua vida útil. Esse processo é gerenciado por meio de ferramentas capazes de rastrear dados de produção em tempo real. O objetivo é verificar se os custos estimados correspondem aos reais, de modo a permitir que as partes interessadas tomem quaisquer medidas de mitigação.
  • Análise de dados de garantia: é um método eficaz para acompanhar a operação e a confiabilidade do edifício durante a fase de operação. Baseia-se no estudo de dados relativos a falhas de equipamentos e na influência de inúmeros fatores externos. Esse tipo de análise ajuda a evitar complicações relacionadas ao bem-estar, à satisfação do cliente e à segurança da construção.

A implementação desses processos é baseada no uso de sistemas avançados de business intelligence. São ferramentas que coletam e processam grandes quantidades de dados para prepará-los para diferentes tipos de análise. Os resultados são fornecidos aos usuários na forma de relatórios, painéis, gráficos e diagramas fáceis de entender.

Para descobrir todas as vantagens que esses sistemas podem oferecer, experimente uma solução eficaz de BIM Business Intelligence.

Com a ajuda desta poderosa ferramenta, você pode alavancar seus dados de projeto para tomar decisões mais informadas e alcançar resultados bem-sucedidos. Você também terá uma plataforma centralizada e baseada em nuvem que lhe permitirá analisar e monitorar todos os aspectos relacionados ao projeto, construção e manutenção de suas obras.

 

usbim-bi
usbim-bi