As ferramentas para gerar uma renderização de projetos

Renderização realista, bibliotecas de objetos e texturas, recursos de pós-produção: como ter todas essas ferramentas em um único software

Você é um projetista e gostaria de gerar uma renderização arquitetônica realista de seus projetos? Acha que seriam necessários vários softwares e está com medo do tempo e dos custos envolvidos? Você sabia que pode ter um software exclusivo para projetar, modelar em 3D e obter renders foto realísticos profissionais para melhor apresentar e avaliar suas escolhas de projeto?

Neste artigo, explicaremos como obter excelentes renders foto realistas profissionais com um único software, Edificius, reduzindo tempo e custos de aprendizagem e uso.

O que você precisa para obter uma renderização realista profissional

Uma renderização foto realista é uma ferramenta indispensável para a apresentação de um projeto. Portanto, é essencial que todo técnico saiba como fazê-la.

O processo que leva à criação de um bom render arquitetônico pode ser longo e complexo, por isso costuma-se optar por contratar diretamente profissionais do setor.

Na verdade, com os métodos tradicionais, para fazer um render arquitetônico é necessário:

  1. modelagem 3D;
  2. escolha de objetos 3D;
  3. escolha de materiais e texturas;
  4. processo de renderização;
  5. processo de pós-produção.

Tantos passos a seguir e muitos softwares para usar!

Além disso, é preciso investir muito tempo para obter um conhecimento mais ou menos aprofundado dos vários instrumentos, e também muito dinheiro para comprar os softwares que serão utilizados nas várias fases.

1 – Modelador 3D

A modelagem 3D é a primeira etapa para criar uma renderização foto realista: na prática, é preciso criar objetos tridimensionais e inseri-los em um ambiente virtual graças ao uso de computadores e softwares específicos, chamados de modeladores 3D.

O modelador 3D permite observar seu projeto em três dimensões e, portanto, analisar volumes e espaços de forma mais eficaz, obtendo uma melhor visão geral.

Existem muitos softwares de modelagem 3D que, por sua vez, usam várias metodologias de modelagem.

A imagem mostra uma renderização realista de uma cadeira cinza perto de uma planta em frente de uma parede de vidro.

Modelador 3D

Agora, já surge a dúvida: qual é o melhor modelador 3D? Quanto tempo vai levar para eu aprender este software?

Além do tempo de aprendizagem, até deve levar em conta o tempo da modelagem, que varia muito dependendo da complexidade do projeto.

2 – Biblioteca de objetos 3D

Para enriquecer o modelo é necessário inserir muitos blocos 3D.

Imagine projetar uma casa: além do modelo (pisos, paredes, janelas, telhado, etc.), você também deve inserir os móveis, se quiser acabar os ambientes e recriar fielmente os espaços. Portanto, deve escolher os objetos (mesas, cadeiras, cozinha, sofás, etc.) das bibliotecas on-line.

Consultar essas bibliotecas poupará tempo durante a modelagem, pois não terá que modelar as peças de mobiliário uma por uma. Mesmo assim, você pode se perguntar: os modelos são gratuitos? Como posso saber se eles são de qualidade?

A imagem mostra a biblioteca de um fabricante de mobiliários.

Biblioteca de objetos 3D

Não há respostas unívocas para essas perguntas! E ainda: existem sites on-line que permitam o download gratuito de blocos 3D de boa qualidade? Ou eles têm somente itens pagos e nem detalhados?

3 – Biblioteca de materiais (e texturas)

Na terceira etapa, você terá que encarar a pesquisa de materiais e/ou texturas.

Semelhante ao que vimos antes, existem inúmeras bibliotecas on-line de materiais e texturas que permitem obter bons resultados. Mas quanto tempo demora encontrar aquelas certas para você? Tudo isso convém?

Mais uma vez, é difícil dar uma resposta definitiva, uma vez que isso depende do resultado que se pretende alcançar. No entanto, sabemos que encontrar a textura certa que dê um resultado realista e completo com todos os mapas (normal, specular, bump, diffuse, etc.) é uma operação muito longa.

A imagem mostra uma cadeira de madeira perto de uma planta. No canto superior direito da imagem, há uma caixinha com várias texturas, e uma seta azul que ponta para a cadeira. A imagem é uma renderização realista produzida com o Edificius.

Biblioteca de materiais

4 – Renderização arquitetônica

A quarta etapa desse processo é a renderização arquitetônica.

No contexto do projeto arquitetônico, o termo “renderização” diz respeito ao processo de criação de imagens foto realistas que visam ilustrar um determinado sujeito (casa, paisagem, objeto, etc.).

Esta é o momento mais complexo, porque geralmente se utilizam softwares que requerem um conhecimento profundo de fotografia, iluminação, materiais, etc. O resultado pode ser surpreendente, mas já muito decepcionante para iniciantes.

A imagem mostra uma cadeira cinza perto de uma planta e em frente de uma parede de vidro. A cadeira é iluminada pela luz do sol. A imagem é uma renderização produzida no Edificius

Renderização arquitetônica

5 – Pós-produção

Assim que a renderização for obtida, você pode prosseguir para a pós-produção. É a operação final do processo: graças a um software específico, você pode “retocar” as renderizações e melhorá-las.

Por exemplo, adicionando objetos, pessoas, vegetação para tornar o resultado final mais realista – ou apenas alterando iluminação, saturação, sombras, destaques, cores, etc.

Afinal, mais um software para comprar e aprender a manusear!

A imagem mostra o painel para a edição das renderizações no Edificius

Pós-produção

Tudo integrado em um único software, Edificius

Até agora, falamos resumidamente de todas as etapas para criar uma renderização realista com um resultado profissional.

Porém, já existe uma alternativa: um software simples, intuitivo e rápido, concebido para as necessidades de todos os profissionais: Edificius, o software BIM para projeto arquitetônico.

Com Edificius, você cria o modelo 3D do espaço a ser renderizado e obtém automaticamente um modelo BIM: seus objetos não são apenas elementos gráficos, e sim contêm informações sobre a construção, como geometria, propriedades de materiais e elementos técnicos, fases de construção, operações de manutenção, e assim por diante.

A modelagem vira super fácil, porque você já dispões de objetos a serem inseridos, como paredes, pisos, janelas, telhados, etc.

A imagem mostra o menu de objetos do Edificius

O menu de objetos do Edificius

Você pode enriquecer o modelo com objetos 3D (móveis, decorações e vegetação) e aplicar texturas personalizadas, que consegue escolher diretamente da biblioteca on-line do Edificius.

A biblioteca do Edificius contém dezenas de milhares de recursos gratuitos (texturas, blocos CAD, modelos 3D) para ajudá-lo a projetar melhor e mais rápido.

A imagem mostra a biblioteca online do Edificius, que apresenta várias poltronas

Biblioteca on-line do Edificius

Com um simples clique, você pode pegar os objetos e inseri-los em seu projeto. A biblioteca já disponibiliza objetos altamente detalhados e acessórios de decoração das marcas nacionais e internacionais mais conhecidas. Além disso, lógico, você mesmo pode criar novos objetos personalizados. Clique aqui e saiba mais sobre a biblioteca on-line do Edificius.

A imagem mostra várias texturas na biblioteca on-line do Edificius

Texturas no catálogo online do Edificius

Quando estiver satisfeito com o modelo, você pode avançar com as renderizações.

Você pode criar uma renderização realista até não sendo especialista, em muito pouco tempo e sem usar outro software. Os resultados são surpreendentes até para iniciantes.

 

edificius
edificius