Home » BIM e Arquitetura » BIM 5D: as 5 vantagens da quinta dimensão do BIM

BIM 5D

BIM 5D: as 5 vantagens da quinta dimensão do BIM

O BIM 5D trata da estimativa de custos de um modelo. Veja como obter estimativas mais rápidas e precisas, e lidar melhor com seu projeto

O BIM, Building Information Modeling, é uma tecnologia que permite a projetistas e engenheiros de custos dispor de informações precisas e detalhadas, necessárias para orçamentar  um projeto tendo em conta suas inevitáveis mudanças: o BIM 5D, em particular, é a dimensão do BIM que trata da estimativa de custos.

O que se faz é adicionar uma variável econômica ao modelo para controlar e estimar as despesas, associando um preço aos elementos parámetricos. Escolhendo trabalhar no modelo de informação de uma edificação — e já não em desenhos — é possível extrair quantitativos e medições diretamente do modelo.

O BIM 5D realiza uma conexão entre os processos de estimativa de custos e os modelos 3D dos projetistas: incluindo a estimativa de custos no mundo BIM, é possível agilizar e aprimorar o projeto de um edifício, até do ponto de vista econômico. Por exemplo, é possível avaliar rapidamente os custos das várias hipóteses de projeto.

O grande diferencial reside no fato da informação estar sempre consistente com o projeto: sempre que for feita alguma alteração, como reduzir o tamanho de uma janela, todos os documentos de projeto, as medições e o orçamento são atualizados automaticamente.

O que é o BIM 5D?

O BIM 5D trata da estimativa dos custos dos componentes de um modelo de informação.

A modelagem BIM 5D cria ligações inteligentes entre o modelo digital 3D, que define a geometria do edifício, e as informações sobre os custos. Isso resulta em um modelo de informação com 5 dimensões (5D) que consegue até estimar o custo complexivo de um projeto.

O BIM 5D é uma grande ajuda, por conseguir produzir estimativas de forma automática, associando os valores de itens e serviços aos objetos parámetricos do modelo geométrico 3D.

Além de agilizar o processo do projetista, este metodo também possibilita um maior controle das operações, reduzindo o risco de erros: inclusive, associando os valores aos objetos do modelo, o orçamento será atualizado automaticamente após toda edição no modelo.

A título de exemplo: editando o tamanho de uma janela, será atualizada imediatamente sua quantidade — expressa em mq — e, na sequência, o valor daquele serviço.

Fica evidente como, dispondo desses dados, o projetista possa redigir estimativas bem mais precisas, por se basar numa fonte confiável de informações federadas e analisadas em tempo real. O processo torna-se mais seguro, preciso e agil, minimizando o risco de erros.

Vantagens do BIM 5D

No método tradicional, redigir uma estimativa dos custos de realização, manutenção e gerenciamento de uma obra requer:

  • individuar precisamente os serviços que serão realizados, e encontrá-los na base de preços;
  • calcular as quantidades;
  • organizar os dados de medição em uma sequência lógica;
  • apreciar materiais, normas e unidades de medida.

Quanto mais cuidadosa a análise, menor será o risco de erros.

Já em um processo digitalizado de modelagem BIM 5D, apesar das etapas serem as mesmas, há vários processos automáticos para estabelecer uma ligação entre as entidades do modelo 3D e os itens das listas de preços.

Seguem as 5 vantagens principais:

  1. maior controle dos custos. É possível rastrear e monitorar todo detalhe do orçamento, garantindo precisão máxima nas medições e nos custos.
  2. Rápida avaliação das quantidades. Levantar as quantidades diretamente do modelo resulta em maior eficiência e em fluxos de trabalhos otimizados graças ao BIM.
  3. Rapidez de cálculo. O processamento e o cálculo de dados utilizando o BIM acelera cada procedimento, melhorando os tempos de trabalho.
  4. Maior qualidade. Quanto mais controle e rapidez, maior será a produtividade e a economia de recursos.
  5. Avaliações mais precisas graças a maior precisão e previsão na análise dos custos, nas mudanças nas quantidades e nos materiais, equipamentos e mão de obra. A integração de modelos BIM e simulações 54 permite que sejam construídas edificações mais eficientes e sustentáveis. A colaboração entre profissionais permite que todos monitorem e tenham sob controle os custos do projeto, até quando haver alterações no mesmo.

Utilizar o BIM em todas as fases do processo de construção fornece informações precisas e detalhadas sobre os custos, possibilitando decisões corretas e informadas aos projetistas e reduzindo o pós-trabalho.

Vantagens do BIM 5D

BIM 4D e 5D para um planejamento perfeito do projeto

Para gerenciar corretamente um projeto, até no que diz respeito ao planejamento de tempos e custos, é necessário ligar ao modelo 3D as informações de planejamento (BIM 4D, ou seja, tempo) e econômicas (BIM 5D).

O 4D diz respeito ao gerenciamento dos tempos de realização de um projeto mediante um cronograma das obras ligado ao modelo, de modo a reduzir o risco de interferências e erros nas várias fases do projeto. Já o 5D trata do gerenciamento dos custos.

O custo de um projeto está estritamente ligado ao planejamento das ativades, dessa forma, fica evidente que integrar o modelo 3D às informações BIM 4D e 5D garanta um gerenciamento eficiente e proveitoso.

As outras dimensões do BIM

O termo “dimensões do BIM” diz respeito a todos os aspectos e às informações que entram em jogo no processo de digitalização de uma obra.

Apesar do BIM ser mais conhecido pela simples modelagem tridimensional (3D), ele vai bem além disso: existem demais dimensões que agregam mais informações extretamente valiosas.

Além do 4D e 5D mencionados acima, também existem:

  • 6D — Avaliação da sustentabilidade
  • 7D — Gerenciamento dos ativos (Facility Management)

Cabe lembrar que, hoje em dia, está aberto um debate sobre três possíveis novas dimensões do BIM:

  • 8D — Segurança no projeto e na realização da obra
  • 9D — Construção enxuta (Lean Construction)
  • 10D — Construção industrializada

As dez dimensões do BIM

As características de um software BIM 5D

Para aproveitar os benefícios da modelagem BIM 5D, e obter automaticamente uma estimativa dos custos de realização de um projeto, é preciso utilizar softwares BIM específicos que permitam associar informações sobre custos ao modelo 3D.

Mais especificademente, um software BIM 5D deve permitir:

  • conectar aos objetos do modelo um item da lista de preços;
  • obter automaticamente o orçamento estimativo do projeto;
  • atualizar automaticamente o orçamento a cada edição do modelo;
  • imprimir, exporta e editar o orçamento.

Inicialmente, implementar a metodologia BIM requer um pequeno sforço, por se tratar de uma grande mudança na forma de trabalhar e na abordagem dos profissionais. As vantagens, porém, compensam amplamente o investimento, garantindo um processo do projeto mais proveitoso.

Experimente pessoalmente as vantagens de um software 5D para orçamento de modelos BIM em formato IFC: baixe a versão de teste e a utilize gratuitamente por 30 dias.

 

primus-ifc
primus-ifc