A imagem ilustra o conceito da modelagem BIM 5D

BIM 5D: confira o que é

Estimativa dos custos de realização da obra: como conseguir automaticamente o orçamento estimativo graças ao modelo BIM 5D

Quanto tempo você leva para estimar o custo de realização de uma obra? Quão preciso é o resultado?

Elaborar um orçamento requer tempo, precisão e cuidado. Muitas vezes, também é necessário atualizá-lo manualmente a cada alteração das escolhas de projeto, correndo o risco de cometer erros.

A modelagem BIM 5D torna tudo isso mais rápido e seguro, pois automatiza os processos de estimativa de custos, calculando os quantitativos diretamente do modelo BIM.

Neste artigo, vamos descobrir juntos o que é o BIM 5D e quais são as vantagens e os softwares a ser usados para gerenciar a quinta dimensão do BIM.

BIM 5D, o que é

A modelagem BIM 5D é o processo de criação de links inteligentes entre o modelo digital 3D (que define a geometria do edifício) e as informações relacionadas aos custos de realização da obra.

O resultado é um modelo informativo de 5 dimensões (5D), que também inclui os atributos necessários para estimar o custo geral do projeto.

Partindo de um modelo BIM, a estimativa de custo pode ser feita automaticamente, pois os preços de cada serviço ou equipamento estão diretamente associados aos objetos paramétricos do modelo geométrico 3D. Além de ser um procedimento mais ágil e rápido para o projetista (gerente de custos), esse método permite ter controle total das operações a serem realizadas e evitar erros. Associando os preços (pegados de uma lista de preços de referência) diretamente aos objetos do modelo, é de fato possível obter um orçamento automaticamente atualizado a cada alteração do projeto.

Por exemplo, ao modificar o tamanho de uma janela, o quantitativo (neste caso expresso em metros quadrados) e, consequentemente, o custo daquele serviço específico são atualizados de forma automática.

Graças a esses dados, os projetistas podem desenvolver estimativas precisas, com base em uma fonte confiável de informações federadas, e analisar em tempo real os diferentes cenários de projeto eventualmente propostos. Isso torna o processo seguro, preciso e rápido, além de prevenir erros de avaliação relativos aos custos da obra.

Os benefícios

Com o método tradicional, para estimar os custos de construção / manutenção / gerenciamento de uma obra, é necessário:

  • identificar com precisão os serviços a executar e os relacionados itens da lista de preços;
  • calcular os quantitativos;
  • organizar os dados de medição em uma sequência lógica;
  • avaliar materiais, regras e unidades de medida.

Quanto mais precisas as avaliações, menor o risco de cometer erros.

Com um processo digitalizado como aquele da modelagem BIM 5D, as avaliações são as mesmas, mas os projetistas conseguem desfrutar alguns automatismos que criam uma correlação precisa entre as entidades do modelo 3D e os respectivos itens de custo.

A imagem mostra um modelo BIM 5D do qual se obtem automaticamente o orcamento

BIM 5D e orçamento automático

Os benefícios são os seguintes:

  • maior controle dos custos: cada detalhe da lista de quantitativos é rastreado e monitorado de forma direta, garantindo precisão das medições e controle dos custos tanto para as construtoras como para o cliente.
  • Avaliação rápida de quantitativos: um levantamento de quantitativos preciso, com base no modelo, traz maior eficiência e fluxos de trabalho otimizados para as equipes envolvidas no processo BIM.
  • Volume de trabalho: maior controle e velocidade de processamento levam a maior produtividade, o que se traduz em economia de custos para construtoras e escritórios de projetos.
  • Avaliações mais precisas: a colaboração entre todos os atores do processo de construção pela metodologia BIM permite que todos os envolvidos monitorem os custos do projeto, mesmo no caso de alterações.
  • Maior precisão e previsibilidade ao analisar custos do projeto e variações em quantitativos, materiais, equipamentos e mão de obra: a integração do BIM com os modelos de simulação BIM 5D possibilita o desenvolvimento de edifícios mais eficientes e sustentáveis.

Tudo isso mostra bem como a implementação do BIM na análise de custos, em cada fase do processo de construção, garante informações precisas e detalhadas, permitindo que os projetistas tomem decisões corretas e conscientes, o que minimiza a necessidade de revisar as escolhas de projeto no canteiro de obras.

As dimensões do BIM

O termo “dimensões do BIM” se refere a todos os aspectos e as informações incluídos no processo de digitalização de uma obra.

O BIM é mais do que a simples modelagem tridimensional (3D) pela qual é conhecido, pois envolve outras “dimensões” que agregam informações úteis à obra a ser construída ou gerenciada:

  • 3D – representação tridimensional da obra
  • 4D – análise dos tempos de realização da obra
  • 5D – análise dos custos
  • 6D – avaliação de sustentabilidade
  • 7D – fase de gerenciamento das obras realizadas (gerenciamento de ativos)

Além das 7 dimensões oficiais, hoje se fala de mais três “novas dimensões do BIM”:

  • 8D – segurança na fase de projeto e construção da obra
  • 9D – construção ágil
  • 10D – industrialização da construção
A imagem ilustra as 10 dimensoes do BIM

As 10 dimensões do BIM

As características de um software de modelagem BIM 5D

Para aproveitar as vantagens da modelagem BIM 5D e obter automaticamente uma estimativa dos custos de realização de um projeto, é necessário utilizar um software BIM específico que permita associar ao modelo 3D informações referentes aos custos.

Um software BIM 5D deve permitir:

  • vincular a cada objeto do modelo um item da lista de preços de referência (ou, mais em geral, um preço);
  • obter automaticamente o orçamento do projeto;
  • atualizar o orçamento, em tempo real, a cada alteração do modelo;
  • imprimir, exportar e reprocessar o orçamento obtido automaticamente.

O ideal seria ter um único software BIM para gerenciar todas as dimensões do BIM, ou seja, todos os aspectos envolvidos no projeto de uma obra.

Para conseguir automaticamente a lista de quantitativos diretamente do modelo 3D, você pode usar Edificius, o software BIM para projeto de construção.

Com Edificius, consegue criar o orçamento estimativo de seu projeto diretamente do modelo BIM, sem recorrer a outros softwares de orçamento ou plug-ins adicionais.

Além disso, com uma única ferramenta você:

  • realiza o modelo 3D da obra (do design de interiores ao design de exteriores);
  • projeta as instalações (MEP);
  • gerencia edifícios históricos e nuvens de pontos;
  • avalia os tempos de realização da obra;
  • consegue automaticamente a estimativa dos custos de realização do projeto;
  • apresenta seu projeto com pranchas gráficas, renders, vídeos e realidade virtual.

Os desafios da implementação BIM 5D

Apesar dos muitos benefícios da implementação do BIM 5D, o processo de adoção desta metodologia continua bastante lento.

As causas são:

  • falta de um único software para a implementação do BIM 5D;
  • investimento inicial de recursos;
  • conversão dos processos da empresa.

Em última análise, podemos certamente dizer que, embora a implementação da metodologia BIM 5D implique um esforço inicial devido à aquisição de novas tecnologias, ferramentas e pessoal devidamente treinado, seus benefícios retribuem amplamente o investimento de recursos sustentado e contribuem para um processo de projeto da obra significativamente aprimorado.

 

primus
primus