Home » BIM e Arquitetura » BIM Information Exchange: o que é e como defini-lo

BIM Information Exchange: o que é e como defini-lo

BIM Information Exchange é a troca de informações relativas a cada uso do BIM identificado no mapa de processos BIM. Saiba agora como cria-lo


No artigo anterior, vimos como projetar um BIM Process Map útil para identificar a troca de informações.

Agora, vamos dar mais um passo e ver juntos o método para a definição dos requisitos de troca de informações (Information Exchange).

O que se entende por BIM Information Exchange?

Por BIM Information Exchange entendemos a troca de informações relacionadas a qualquer uso do BIM identificado na precedente fase de definição do BIM Process Map.

Cabe lembrar que o termo BIM Use vem da nomenclatura norte-americana e, em particular, do estudo “BIM Project Execution Planning Guideda Penn University. O termo, que indica os propósitos da utilização do BIM, encontra-se neste artigo em tradução portuguesa.

Para definir os requisitos para troca de informações, a equipe de trabalho identifica com precisão quais informações precisam ser implementadas e para quem devem ser transmitidas, e o faz analisando detalhadamente o projeto.

De fato, nem sempre uma informação do modelo é útil para todos os usos do BIM. A equipe, portanto, após estudar cuidadosamente o projeto e identificar os vários usos do BIM, analisa e filtra as informações que serão necessárias para cada uso do BIM.

A figura a seguir mostra precisamente o processo pelo qual as informações passam na implementação do projeto do BIM.

BIM Information Exchange

Processo de filtragem de informações através do BIM Project

Pela imagem vemos que as atividades a se realizar dependem dos usos do BIM definidos anteriormente.

Observamos este exemplo: se nos estágios iniciais um membro da equipe não inseriu as informações do modelo necessárias para um determinado uso do BIM, será o responsável por tal uso quem deverá adicioná-las. Cabe, portanto, à equipe do projeto decidir quem será o autor dessas informações e em que fase do processo inseri-las.

Com o objetivo de simplificar o processo, a equipe deverá identificar apenas um Information Exchange Requirement para cada uso do BIM.

Apesar disso, pode haver a necessidade de mais de uma troca de informações. Essas trocas de informações adicionais são definidas no BIM Process Map e, em particular, em sua versão detalhada.

O que é o BIM Information Exchange Worksheet?

O BIM Information Exchange Worksheet é uma planilha que é compilada nas fases iniciais do projeto, logo após a criação do BIM Process Map.

Tal documento auxilia a equipe de trabalho na preciosa fase da seleção das informações a serem inseridas e transmitidas para cada uso do BIM.

É muito importante que os membros da equipe — em particular, o autor e o destinatário de cada troca de informações — compreendam claramente que tipo de informação deverá ser transmitida: é por isso que se utiliza o BIM Information Exchange Worksheet.

O procedimento para preenchimento do BIM Information Exchange Worksheet é dividido em cinco fases:

  • Identificação de qualquer potencial BIM Information Exchange a partir do BIM Process Map
    Ao falar de BIM Process Map em artigos anteriores, vimos como o processo prevê a criação de dois mapas com diferentes níveis de detalhamento: o primeiro mais panorâmico, o segundo mais detalhado sobre cada uso do BIM.
    A partir do mapa geral são identificadas e definidas as trocas de informações que ocorrerão entre as partes, e quando ocorrerão. Desta forma, as partes da equipe envolvidas estão plenamente conscientes do progresso do projeto e do prazo para a realização dos entregáveis. Além disso, quando possível, as várias trocas de informações BIM são listadas em ordem cronológica para ter uma representação visual imediata do andamento do requisito do BIM Model Requirement.
  • Escolha de um Model Element Breakdown Structure
    Uma vez que a equipe de trabalho tenha selecionado o Information Exchange, a própria equipe elabora uma Model Element Breakdown Structure para o projeto, ou seja, uma estrutura organizacional em que o modelo é dividido em vários elementos de competência geralmente de diferentes profissionais.

    Model Element Breakdown Structure - BIM Information Exchange

    Model Element Breakdown Structure

  • Identificação dos requisitos de informação para cada Information Exchange (IE) — Input e output
    Para a definição de cada Information Exchange, é necessário identificar as seguintes informações:

    1. destinatário do modelo (Model Receiver): quais membros da equipe receberão o Information Exchange necessário para a aplicação do uso de BIM da sua responsabilidade.
      Esses membros da equipe serão responsáveis por compilar o Input Exchanges.
    2. Tipo de arquivo de modelo (Model File Type): este requisito de informação diz respeito ao software e versões de tal software que serão utilizados para a gestão do modelo em relação aos diversos usos do BIM. Esta etapa é fundamental na perspectiva da interoperabilidade BIM entre os diversos IEs. Por exemplo, você especificará se usará um IFC 2×3 ou o formato proprietário de Edificius (.EDF).
    3. Configuração do nível de detalhe das informações (Information): nesta etapa se identifica a informação necessária para a implementação de cada uso do BIM. Nem todos os usos do BIM precisam de todas as informações disponíveis, portanto, nesta fase, as informações são filtradas em relação ao uso específico do BIM. A Information Exchange Worksheet proposta pelo “BIM Project Execution Planning Guide” da Penn State University utiliza uma estrutura que articula o conteúdo da informação de acordo com três diferentes níveis de detalhamento.
      A imagem mostra o nivel de informação detalhada

      Nível de informação detalhada

    4. Observações: nem sempre todos os requisitos de informação necessários para o conteúdo informativo do modelo BIM podem ser satisfeitos pela Information and Element Breakdown Structure. Quando isso acontece, é possível acrescentar mais descrições na secção especificamente dedicada às notas.
  • Atribuição das partes de competência ao autor responsável pelo Information Requirement: para cada item do Information Exchange, existe um membro responsável pelo processamento das informações relacionadas. O conselho é usar abreviaturas das disciplinas correspondentes para tornar a planilha mais legível e fácil de usar. A imagem a seguir mostra uma lista de possíveis membros responsáveis com suas abreviações.
     Lista de membros responsáveis

    Lista de membros responsáveis

    Quanto ao momento da entrada de informações, isso é identificado com base nas necessidades do destinatário do modelo é deduzido diretamente do BIM Process Map.

  • Comparação entre o conteúdo de informação de entrada e de saída: uma vez definidos os requisitos de informação, a equipe do projeto deve comparar o conteúdo de informação do modelo criado com os requisitos indicados pelo destinatário.
    Ao identificar elementos para os quais a informação de saída (Authored) não corresponde à de entrada (Requested), ou quando há inconsistência entre o que é solicitado e o que é produzido, é possível atuar de duas maneiras:

    1. Output Information Exchange Requirement: o autor pode revisar as informações implementando-as e atingindo o nível de precisão exigido pelo destinatário.
    2. Input Information Exchange Requirement: o destinatário do modelo assume a responsabilidade de adicionar ele mesmo as informações que julgar faltantes e necessárias para a implementação do uso do BIM de sua competência.

Aqui está um exemplo de extrato do BIM Information Exchange Worksheet, onde na criação do modelo foram criados modelos estruturais, arquitetônicos e de climatização.

Posteriormente, o conteúdo desta fase é entregue para a próxima etapa de coordenação 3D e depois à de simulação 4D.

As caixas marcadas em vermelho são aquelas que indicam a falta de correspondência entre o que foi criado pelos autores dos modelos (arquitetos, engenheiros estruturais, engenheiros HVAC) e o que foi solicitado pelos destinatários (BIM Coordinator, General Contractor).

BIM Information Exchange

Exemplo de BIM Information Exchange worksheet

Qual parte é responsável pela Input Information Exchange?

O membro da equipe responsável pelo Input Information Exchange é quem recebe o modelo diretamente do autor (Information Receiver).
O autor, por sua vez, é responsável não só pela modelagem geométrica, mas também pelo conteúdo de informação a ela associado.

Por exemplo, o arquiteto responsável pelo modelo arquitetônico implementa o conteúdo da informação em seu modelo digital, desenvolvendo tudo de acordo com o nível de detalhamento exigido.
Concluída a fase de modelagem, o modelo de informação criado pelo ARCH é transmitido para a próxima fase de coordenação 3D (imagem anterior), na qual o responsável (Information Receiver) é o BIM Coordinator.

Se a informação transmitida pelo ARCH após a primeira fase de modelagem não for suficiente no que diz respeito aos requisitos de informação solicitados pelo Information Receiver, ele próprio pode decidir enriquecer o conteúdo da informação com a informação que falta ou pode solicitar que seja feito pelo autor do modelo.

Como você pode ver, o BIM permite ter tudo planejado desde o início do processo de projeto: nada fica de fora e até mesmo o conteúdo da informação é perfeitamente organizado, desenvolvido e implementado criteriosamente pelos diversos profissionais com base na competência de cada um deles.
O resultado é um modelo de informação útil para todo o ciclo de vida do ativo.

Conheça melhor o software BIM mais adequado à sua disciplina e experimente a vantagem de ter todas as informações dos vários elementos disponíveis contidas em um único modelo digital.

 

usbim
usbim