Home » BIM, orçamento e contabilidade » Custo estimado de construção

Custo estimado de construção

Custo estimado de construção

Como reduzir erros e agilizar o processo de custo estimado de construção com a ajuda da inteligência artificial (AI)


Quantas vezes você se encontra apresentando o projeto ao cliente e ouve a pergunta “Sim, mas quanto vai custar?”. O custo estimado de construção é fundamental desde as primeiras fases de apresentação do projeto, pois permite ao cliente planejar as intervenções em relação ao orçamento disponível.

Vamos então ver qual é a maneira mais rápida e simples de estimar os custos de construção do projeto sem cometer erros de avaliação, graças a um software BIM 5D.

Custo estimado de construção

O custo estimado de construção é um processo importante no setor da construção e envolve a avaliação dos custos associados à realização de um projeto de construção. Essa estimativa fornece uma visão financeira do quanto será necessário investir para concluir com sucesso um projeto.

O custo estimado de construção é composto pela soma dos seguintes fatores produtivos:

  • materiais;
  • mão de obra;
  • aluguéis e transporte.

Na fase preliminar, pode ser suficiente estimar os custos de construção com um procedimento simplificado do tipo comparativo. Esse método consiste em calcular aproximadamente os gastos com base na comparação paramétrica com construções similares. Após a fase de pré-viabilidade do projeto, é recomendado detalhar o orçamento métrico e calcular os custos de construção com método analítico.

Esse método envolve a decomposição do processo em trabalhos e depois a soma dos valores resultantes do produto das quantidades de cada trabalho pelo respectivo preço unitário. O processo se divide nas seguintes etapas:

  • classificação, onde se elabora uma lista de trabalhos (WBS);
  • medição, onde se estima as quantidades e se realiza um orçamento métrico;
  • estimativa de preços unitários, geralmente usando tabelas de preços regionais que identificam os custos unitários de cada trabalho;
  • estimativa de custo de construção, onde se multiplica o preço unitário pelas quantidades e se obtém o orçamento métrico estimado.

Quer fazer um orçamento de obra online? Comece gratuitamente

Como obter automaticamente o custo estimado de construção a partir do modelo 3D com AI

Atualmente, existe uma maneira mais rápida de realizar o custo estimado de construção. Os procedimentos e etapas a seguir são os mesmos descritos anteriormente, mas se aproveitam automatismos para obter um resultado mais preciso e em um tempo consideravelmente menor. Basta utilizar um software BIM 5D que cria conexões inteligentes entre o modelo digital 3D (que define a geometria do edifício) e as informações relacionadas aos custos de execução da obra. O resultado é um modelo informativo em 5 dimensões (5D), completo também com os atributos necessários para estimar o custo total do projeto.

Um software BIM 5D deve permitir que você:

  • associe a cada objeto do modelo uma entrada correspondente do orçamento de referência;
  • obtenha automaticamente o orçamento métrico estimado do projeto;
  • atualize em tempo real o orçamento a cada modificação do modelo;
  • imprima, exporte e re-elabore o orçamento métrico obtido automaticamente.
BIM 5D e orçamento métrico automático -custo estimado de construção

BIM 5D e orçamento métrico automático

Com um modelo BIM disponível, a estimativa de custos pode ser realizada automaticamente, pois os preços de cada trabalho ou fornecimento são associados diretamente aos objetos paramétricos do modelo geométrico 3D. Além de ser um processo mais ágil e rápido para o projetista (gerente de custos), esse método permite ter controle total sobre as operações a serem realizadas e um menor risco de erros e falhas. Associando os preços (selecionados de um orçamento de referência) diretamente aos objetos do modelo, é possível obter automaticamente o orçamento métrico sempre atualizado, a cada alteração feita no projeto.

O que isso significa? Significa que ao modificar o tamanho de uma janela, automaticamente também é atualizada a quantidade e, consequentemente, o custo desse trabalho específico. Graças a esses dados, os projetistas podem desenvolver estimativas precisas, baseadas em uma fonte confiável de informações federadas e analisar em tempo real os diferentes cenários de projeto eventualmente propostos.

Fazer um orçamento métrico com um software BIM 5D é muito mais simples e permite obter os resultados em pouco tempo e sem erros, graças à inteligência artificial.
Seguem-se estes passos:

  • escolha a entrada da lista de preços diretamente do orçamento de referência;
  • selecione as entidades para o orçamento no modelo 3D aproveitando os automatismos do software;
  • escolha a regra de medição das entidades identificadas.

O que é necessário para obter um orçamento automático?

Para começar, é necessário ter o modelo 3D do projeto no formato aberto IFC e um software BIM 5D.

Fazer o orçamento diretamente do modelo IFC não é muito diferente do método tradicional que você sempre seguiu.

Na verdade, podemos dizer que o procedimento não mudou muito. É preciso abrir a lista de preços e escolher as entradas para inserir. O que muda é a inserção das quantidades. Não é mais necessário medir manualmente para inserir as quantidades, basta selecionar no modelo duas entidades com as mesmas características daquelas a serem orçadas, e o software automaticamente identifica todas as entidades no modelo com tais características. Você até mesmo pode atuar nas propriedades das várias entidades, talvez porque precise ativar filtros, selecionar aquelas com determinada espessura, ou agir com base na classificação que é possível atribuir a cada entidade do modelo.

As entidades selecionadas são destacadas em verde para manter sempre um feedback visual das entidades a serem orçadas. Isso também ajuda a diminuir consideravelmente a possibilidade de erro.

Após selecionar as entidades para o orçamento, não é necessário inserir as medidas, pois elas já são conhecidas em um modelo BIM. Portanto, por exemplo, você não precisa medir manualmente o comprimento das paredes a serem inseridas, pois isso é automaticamente calculado pelo software. Basta escolher as regras de medição adequadas aos diferentes elementos a serem orçados. Por exemplo, se você está inserindo as divisórias, orçadas por metro quadrado, então você precisa selecionar o comprimento e a altura. O software calcula automaticamente as quantidades e, é claro, os valores totais relativos às entidades selecionadas.

Para mais detalhes, você pode assistir ao vídeo que demonstra como operar com o software.

E se você modificar o projeto?

Como frequentemente acontece, após o orçamento, pode sempre ocorrer que se decidam fazer novas modificações no projeto. Por exemplo, alterar o tamanho das janelas, uma disposição interna diferente dos ambientes, etc. Todas escolhas que, na prática, implicariam na atualização tanto do modelo 3D quanto do orçamento recém-concluído.

E aqui está a verdadeira vantagem do BIM 5D. Se o modelo 3D mudar, o orçamento métrico é automaticamente atualizado em tempo real. O orçamento métrico está dinamicamente ligado ao modelo 3D.

Isso evita cometer erros e economiza muito tempo. Além disso, ter a capacidade de visualizar diretamente as entidades e a entrada associada a elas facilita muito o controle do orçamento. Você pode selecionar a entrada da lista de preços e ver a quais entidades ela foi associada e vice-versa.

Criar novos orçamentos automaticamente com modelos e AI

O software IA de levantamento de quantidades revoluciona o processo de criação de orçamentos no contexto BIM. Os usuários têm a capacidade de gerar orçamentos automaticamente para qualquer projeto, a partir de um modelo de orçamento desenvolvido anteriormente. Essa funcionalidade é especialmente útil para aqueles que frequentemente lidam com orçamentos semelhantes. Após criar um orçamento, o software permite salvá-lo como modelo e reutilizá-lo em outros projetos, sem a necessidade de selecionar listas de referência específicas.

As regras de medição, que combinam entidades, trabalhos e medições, criadas para um projeto, podem ser salvas como modelo único ou como um template (um conjunto de vários modelos) e depois reutilizadas em cada outro projeto similar. O usuário pode selecionar um ou mais modelos de seu arquivo, aplicá-los ao projeto atual e obter automaticamente o orçamento das entidades que correspondem aos critérios dos modelos selecionados. Ao escolher um template, é possível obter um orçamento que inclua diferentes trabalhos. Esse método não só simplifica o processo de orçamento, mas também aumenta a eficiência e a consistência em diversos projetos.

Para mais informações, leia também BIM 5D: os 5 benefícios da quinta dimensão do BIM.

 

 

primus-ifc
primus-ifc