Home » CDE e plataformas colaborativas » Estrutura de dados BIM: guia completo para ferramentas de estruturação de dados em modelos BIM

Estrutura de dados BIM

Estrutura de dados BIM: guia completo para ferramentas de estruturação de dados em modelos BIM

Descubra tudo sobre os softwares de estruturação de dados em modelos BIM. Desde a otimização da gestão de projetos até a criação de guias BIM específicas, explore como essas ferramentas estão revolucionando o setor da construção

No mundo da construção e da arquitetura, o uso dos modelos Building Information Modeling (BIM) está se tornando cada vez mais comum. Mas o que são e o que fazem os softwares de estruturação de dados dentro desses modelos? Vamos descobrir neste artigo, examinando como essas ferramentas contribuem para a melhoria da gestão de projetos e da qualidade dos modelos BIM.

Introdução aos softwares BIM

Os softwares BIM são projetados para ajudar arquitetos, engenheiros e construtores a criar modelos digitais 3D detalhados de edifícios e infraestruturas. Esses modelos não são apenas representações visuais, mas também contêm informações essenciais sobre os componentes do projeto, como materiais, custos e cronograma. Mas o que acontece quando se trata de organizar e estruturar esses dados complexos?

Ferramentas de estruturação de dados (Estrutura de dados BIM)

1. Definição do EIR

Um dos aspectos fundamentais na gestão de um projeto BIM é a definição do EIR. Este documento especifica quais informações o cliente deseja obter do projeto BIM. As ferramentas de estruturação de dados desempenham um papel crucial nesta fase, permitindo definir precisamente quais dados devem ser incluídos no modelo. Para aprofundar o assunto, recomendo a leitura do artigo “Exchange Information Requirements: o que é um EIR no BIM?

2. Criação de guias BIM específicas

As guias BIM são documentos que fornecem diretrizes detalhadas sobre como criar e gerenciar um modelo BIM. As ferramentas de estruturação de dados permitem a criação de guias específicas para cada projeto. Essas guias definem como organizar os dados dentro do modelo, garantindo consistência e conformidade com os padrões do setor.

3. Verificação dos modelos

Um passo fundamental na gestão de projetos BIM é a verificação dos modelos para garantir que sejam precisos e estejam de acordo com os padrões exigidos. As ferramentas de estruturação de dados apoiam esta fase, permitindo a criação de regras de verificação personalizadas para o software de controle BIM. Isso contribui significativamente para a melhoria da qualidade dos modelos.

4. Exemplo prático: usBIM.editor, usBIM.IDS, usBIM.bSDD e usBIM.checker da ACCA

Para entender melhor como funcionam as ferramentas de estruturação de dados, vamos tomar como exemplo o usBIM, uma aplicação web desenvolvida pela ACCA. Esta ferramenta oferece uma ampla gama de funcionalidades, incluindo:

usBIM.editor

usBIM.editor é uma aplicação de software dedicada à edição, modificação e enriquecimento de modelos BIM no formato IFC. Parte do ecossistema usBIM, usBIM.editor oferece uma ampla gama de ferramentas para gerenciamento e colaboração em projetos BIM, permitindo:

  • editar e enriquecer modelos BIM no formato IFC (veja como no artigo “IFC editor: editando um modelo IFC criado com software de autoria BIM“).
  • Editar propriedades geométricas e informativas das entidades do modelo.
  • Criar documentação do projeto, tabelas e relatórios automaticamente a partir do arquivo IFC.
  • Melhorar a apresentação gráfica do modelo com renders fotorrealistas e ferramentas de visualização arquitetônica avançada.
  • Colaborar em tempo real com a equipe no modelo e compartilhá-lo através da nuvem usBIM.

Para descobrir todas as vantagens do usBIM.editor e ter uma visão geral das principais funcionalidades, assista ao vídeo:

usBIM.IDS

usBIM.IDS é uma ferramenta que facilita a definição dos Exchange Information Requirements (Requisitos de Troca de Informações, IDS) para gerenciar trocas de informações em um contexto BIM. Os IDS são usados para estabelecer quais informações são necessárias, como devem ser trocadas e quando isso deve ocorrer em um contrato BIM. Em suma, usBIM.IDS permite:

  • definir detalhadamente quais informações são necessárias para o projeto BIM.
  • Criar um arquivo IDS padrão com base nessas especificações.
  • Melhorar os fluxos de troca de informações entre as partes envolvidas no projeto.
  • Validar os arquivos IFC entregues pelo modelador em relação aos requisitos especificados no arquivo IDS.
  • Relatar não conformidades e gerar relatórios detalhados para análise.

Com usBIM.IDS, designers e clientes podem aproveitar todas as vantagens do padrão IDS para gerenciar fluxos de troca mais rápidos e reduzir erros causados por comunicação deficiente. Descubra como neste vídeo:

Além disso, se deseja aprofundar o assunto, recomendo estas leituras: “Quais informações podem ser gerenciadas com o padrão IDS” e “A diferença entre o padrão IDS e os padrões IFC ou MVD“.

usBIM.bSDD

O BuildingSMART Data Dictionary (bSDD) é uma biblioteca internacional que permite a várias partes envolvidas na indústria da construção (designers, clientes, proprietários, operadores, fabricantes e fornecedores de produtos) trocar e compartilhar dados relacionados à construção. Esta biblioteca visa superar as barreiras linguísticas e disciplinares, garantindo que os conceitos e termos usados na indústria da construção tenham uma correspondência padronizada internacionalmente.

usBIM.bSDD é uma aplicação integrada no usBIM que simplifica a gestão de dados BIM, garantindo conformidade com padrões internacionais e permitindo uma melhor padronização e compartilhamento de informações na construção. Entre suas principais funcionalidades:

  • criação de dicionários: permite aos usuários criar novos dicionários de objetos no formato .bSDD com entrada de dados guiada.
  • Edição de classificações e propriedades: permite editar e enriquecer as classificações e propriedades dos elementos nos modelos Building Information Modeling (BIM) no formato IFC.
  • Validação automática: fornece um sistema de validação automática para garantir a ausência de erros nas classificações e propriedades.
  • Associação de classificações e propriedades: permite aos usuários associar classificações específicas com as propriedades do dicionário, garantindo consistência e padronização.
  • Carregamento online: permite carregar as classificações e propriedades modificadas para o serviço online da Building Smart International para uso futuro.

Aqui estão alguns conteúdos úteis para aprofundar o assunto e entender como você pode enriquecer e completar seus modelos BIM IFC com os dicionários e classificações do BuildingSMART Data Dictionary: um artigo para descobrir como a plataforma bSDD melhora o processo de design e construção; um primeiro vídeo apresentando as principais funcionalidades do usBIM.bSDD.

Artigo: “Plataforma bSDD e objetos OpenBIM“.

Vídeo:

usBIM.checker

usBIM.checker é uma ferramenta essencial para profissionais BIM (especialistas em BIM, coordenadores de BIM e gerentes de BIM) que desejam garantir a qualidade e conformidade dos dados em seus modelos IFC, seguindo as especificações de design e os requisitos de contratação, permitindo o controle e validação dos dados contidos em modelos no formato IFC no contexto do processo BIM. As principais funcionalidades do usBIM.checker incluem:

  • verificação da existência e controle dos valores das propriedades dos objetos dentro do modelo IFC.
  • Verificação da correta atribuição de dados às propriedades em relação a valores predefinidos, garantindo conformidade com as especificações do projeto ou padrões exigidos.
  • Checklist de validação BIM: geração de checklist de validação com dados que o modelo IFC deve conter, ajudando a garantir que o modelo atenda a determinados requisitos.
  • Edição IFC: permite a inserção, modificação e exclusão de propriedades dentro de um modelo IFC, simplificando as operações de gerenciamento de dados.
  • Importação e exportação de arquivos Excel.
  • Geração de relatórios de validação que comparam os dados do arquivo IFC com as checklists definidas, identificando possíveis inconsistências.
  • Federação e integração de dados de diferentes softwares de autoria BIM e ferramentas BIM em um único arquivo IFC, permitindo uma gestão mais eficiente dos dados.
  • Controle de qualidade e validação BIM-Checklist.
  • Funções básicas e avançadas de visualização e edição do modelo IFC.

No vídeo, você verá como controlar e validar todos os dados de um modelo no formato IFC e durante cada fase do processo BIM usando o usBIM.checker.

Conclusões

As ferramentas de estruturação de dados são elementos essenciais para uma gestão eficaz dos projetos BIM. Permitem a criação de guias personalizados, a definição precisa dos requisitos do cliente e melhoram a qualidade dos modelos BIM. À medida que a tecnologia BIM continua a evoluir, estas ferramentas continuarão a desempenhar um papel vital na indústria da construção, contribuindo para projetos mais eficientes e de alta qualidade.

 

 

usbim
usbim