Home » BIM e facility management » Gerenciamento de projetos de construção: o que é

Gerenciamento de projetos de construção

Gerenciamento de projetos de construção: o que é

O gerenciamento de projetos de construção é o processo que permite gerenciar com sucesso um projeto de construção. Saiba mais

O gerenciamento de projetos de construção pode exigir uma carga de trabalho que pode parecer insuperável, especialmente quando se aborda esse processo pela primeira vez.

Mas se você seguir o conselho que lhe daremos neste artigo e usar as ferramentas apropriadas, garanto que tudo se tornará mais fácil e poderá gerenciar sem problemas todos os aspectos relacionados ao design de suas obras.

Para organizar melhor o seu trabalho e fazê-lo a tempo, sugerimos que confie primeiro no potencial de um Construction Management Software, um sistema que contém em uma única ferramenta poderosa os recursos necessários para programar, monitorar e gerenciar as diferentes fases dos projetos de construção.

Tudo o que resta, portanto, é começar e descobrir juntos quais são as estratégias mais eficazes para garantir o sucesso das diferentes fases do gerenciamento de projetos de construção!

O que é gerenciamento de projetos de construção?

O gerenciamento de projetos de construção, do inglês Construction Project Management (CPM), é a disciplina que inclui as ferramentas, processos e recursos técnicos necessários para planejar, executar e concluir projetos de construção dentro do orçamento e do cronograma.

Tal como acontece com qualquer outro tipo de projeto, os projetos de construção também se desenvolvem em diferentes fases que fazem parte de um processo global mais complexo e precisam ser cuidadosamente coordenados e gerenciados.

O gerenciamento de iniciativas de construção é, no entanto, muito mais complexo do que o gerenciamento de projetos tradicional. Inclui, de fato, uma variedade mais ampla de restrições (tempo, custos, qualidade, segurança, recursos, materiais, mão-de-obra, etc.) e envolve uma infinidade de assuntos que intervêm de várias maneiras no processo de realização do trabalho, desde a concepção até sua conclusão (como designers, consultores, empreiteiros gerais, subcontratados, diretores operacionais, etc.).

A responsabilidade pela gestão de todo o projeto é, em qualquer caso, confiada à figura do gerente da construção, que tem a tarefa de:

  • Analisar e compreender as dificuldades técnicas do projeto a ser realizado.
  • Determinar os métodos e estratégias de gestão mais adequados.
  • Planejar detalhadamente cada fase individual do projeto.
  • Concordar com o tempo, custos e recursos necessários para a realização do trabalho.
  • Gerenciar o planejamento do local e a execução das obras.
  • Negociar com empreiteiros e fornecedores e acompanhar o orçamento de construção.
  • Colaborar com profissionais de construção, construção e regulamentação.
  • Comunicar-se com o proprietário do projeto, equipe e partes interessadas em todos os níveis.
  • Garantir que cada fase do projeto seja realizada no prazo, dentro do orçamento e de acordo com os padrões exigidos.
  • Solucionar quaisquer problemas que possam surgir durante a construção da obra.

A imagem mostra vários funcionários, com capacetes de segurança, trabalhando com um notebook e uma planta. -gerenciamento de projetos de construção

As 6 fases do gerenciamento de projetos de construção

Os processos de gerenciamento de projetos de construção são guiados por prazos. Eles sempre partem das fases de concepção e planejamento e são caracterizados por um objetivo final a ser alcançado no final do ciclo de vida do projeto.

Normalmente, esses processos são desenvolvidos em 6 fases distintas, cada uma das quais contém atividades específicas que ajudam a buscar o resultado final do projeto.

As 6 fases em que o gerenciamento de projetos de construção é dividida são as seguintes:

  1. Concepção: é o ponto de partida onde as partes interessadas concebem a ideia do projeto, buscam locais para construção, identificam um primeiro conjunto de padrões e estabelecem dentro de quanto tempo o trabalho deve ser concluído. O gerente de projeto faz interface com o cliente para identificar suas necessidades e determinar como sua equipe pretende atendê-las.
  2. Planejamento: é uma fase crucial, pois traça as diretrizes do projeto de construção. Um estudo de viabilidade é realizado para definir o escopo do projeto, estabelecer os resultados a serem alcançados e identificar potenciais parceiros. É o estágio em que os contratados começam a apresentar suas propostas e as partes interessadas avaliam essas propostas para escolher a que melhor se adapte às suas necessidades e orçamento. O resultado final desta fase é um plano de projeto que deve ser aprovado por todas as partes envolvidas para evitar mal-entendidos e falsas expectativas nas fases subsequentes.
  3. Execução: é o momento em que se inicia a aquisição de materiais, recursos e equipamentos para a realização da obra, sendo iniciadas as obras de construção. O sucesso desta fase está intimamente ligado à precisão com que a fase de planejamento é realizada. O gerente de projeto implementa seu próprio plano de projeto, atribui tarefas a vários membros da equipe e gerencia a alocação de recursos. Também realiza reuniões de grupo para tratar de questões e atualizar as partes interessadas sobre o andamento do projeto.
  4. Monitoramento e controle: é uma fase que se sobrepõe ao processo executivo. Durante a construção da obra é importante observar o status das entregas para detectar possíveis desvios dos objetivos pré-definidos, bem como planejar reuniões regularmente para solucionar os problemas e manter-se em consonância com as disposições.
  5. Comissionamento: uma vez concluídos os processos de construção e controle, é realizada a fase de “comissionamento”, que visa testar a qualidade do produto final, corrigir eventuais erros e informar os usuários sobre como usar, gerenciar e manter o edifício em ótimas condições.
  6. Conclusão: é a fase em que o trabalho é formalmente entregue ao proprietário e todas as partes interessadas são informadas. Antes da entrega real, o gerente de projeto reúne a equipe para examinar o que correu bem e o que, em vez disso, poderia ser melhorado. Isso permite que você evite erros semelhantes no futuro, mas também permite que você implemente processos mais estáveis e crie equipes de trabalho mais eficientes e produtivas.
A imagem mostra o monitoramento dos trabalhos para gerenciamento dos projetos de construção.

Monitoramento dos trabalhos

Como  realizar o gerenciamento de projeto de construção passo a passo

O objetivo do CPM é garantir que todos os elementos do projeto sejam apoiados e executados de forma eficiente, e que todo o processo de construção prossiga de acordo com o planejado, sem soluços ou imprevistos.

Agora que você entendeu completamente o significado do gerenciamento de projetos de construção e analisou as etapas em que esse processo se desenvolve, aqui estão as sete principais etapas que o ajudarão a simplificar muito seus fluxos de trabalho e alcançar resultados bem-sucedidos, independentemente do projeto de construção que você gerenciará.

Etapa 1 – Criar um plano

O primeiro passo importante para gerenciar efetivamente qualquer iniciativa de construção é entender o escopo do projeto e planejar detalhadamente cada fase individual para alcançar o objetivo final sem problemas. É essencial confrontar o cliente para determinar suas expectativas e estabelecer juntos os resultados a serem alcançados. Um planejamento cuidadoso te permitirá:

  • avaliar a viabilidade do projeto;
  • fixar o tempo necessário à sua realização;
  • definir como o orçamento deve ser gasto;
  • implementar todos os protocolos de segurança necessários;
  • identificar as principais métricas de desempenho a serem monitoradas e definir como elas serão monitoradas durante o projeto;
  • estabelecer como as partes interessadas, a gerência e as equipes envolvidas se comunicarão ao longo do processo.

Etapa 2 – Atribuir funções

O segundo passo é determinar quem faz o quê dentro do projeto. Atribuir claramente funções e responsabilidades é importante para definir as etapas que exigem a aprovação da gerência ou das partes interessadas. Também ajuda a melhorar a produtividade da equipe de trabalho, manter o moral da equipe alto (porque todos terão uma tarefa para concluir), economizar tempo e evitar sobreposições ineficazes.

Etapa 3 – Organizar Reuniões Preliminares

Antes de realmente iniciar o projeto, é apropriado organizar reuniões frequentes com as partes interessadas para revisar o plano, verificar as responsabilidades das partes envolvidas e tomar as medidas corretivas apropriadas. Isso evitará que problemas ocorram em fases futuras.

Passo 4 – Aumentar a flexibilidade

Apesar do planejamento cuidadoso, nem sempre pode ir de acordo com o planejado. Por conseguinte, é necessário desenvolver uma capacidade adequada para lidar com as mudanças à medida que surgem, a fim de transformar contratempos em oportunidades.

Etapa 5 – Implementar um sistema de gerenciamento de documentos

Durante o curso do projeto, as partes interessadas precisarão ter a documentação apropriada no momento certo. Por esse motivo, é aconselhável implementar um sistema eficiente de gestão documental em BIM que ajude a simplificar a criação, gestão, atualização e compartilhamento de todos os documentos do projeto.

Etapa 6 – Melhorar a colaboração e a comunicação

Durante o desenvolvimento de todo o projeto, a comunicação deve ser consistente, aberta, honesta e clara. Portanto, é essencial alavancar tecnologias que promovam a colaboração e a entrega de dados em tempo real para que os membros da equipe tenham informações atualizadas e confiáveis à sua disposição.

Etapa 7 – Automatizar tarefas de gerenciamento

Para realmente tirar o máximo proveito de seus processos de gerenciamento de projetos de construção, é importante obter ajuda de ferramentas avançadas que simplificam o gerenciamento de diferentes tarefas. As soluções baseadas em nuvem garantem que o Gerente de Projetos e toda a equipe do projeto tenham acesso a uma única fonte de dados e sejam atualizados em tempo real sobre o andamento de cada operação. Eles também permitem melhorar a comunicação entre as partes interessadas e desenvolver as diferentes fases do projeto de forma mais suave e sem atrasos.

Se você é um gerente de projetos novato ou um profissional que procura atualizar sua estratégia, usando um Construction Management Software, você terá os recursos necessários para simplificar o gerenciamento de projetos e agilizar o progresso de seus fluxos de trabalho. Experimente este sistema agora e descubra como é fácil atribuir tarefas, monitorar o progresso, compartilhar documentos e resolver todos os problemas que surgem durante o curso do design.

 

usbim-resolver
usbim-resolver