Home » BIM e infraestrutura » Gestão de projetos de infraestrutura: 4 formas de potencializá-la

Gestão de Projetos de Infraestrutura

Gestão de projetos de infraestrutura: 4 formas de potencializá-la

A gestão de projetos de infraestrutura é o processo de gerenciar projetos de infraestrutura. Descubra o que é e quais são as responsabilidades do profissional encarregado.

Se você é um project manager, certamente sabe que a gestão de projetos pode envolver construções ou infraestruturas. Neste segundo caso, falamos diretamente e especificamente sobre o gerenciamento de projetos de infraestrutura, um processo de gerenciamento que compartilha responsabilidades e princípios-chave com outras categorias de gerenciamento de projetos de construção.

Vamos fazer um panorama e ver juntos o que é o gerenciamento de projetos de infraestrutura, os papéis e responsabilidades do profissional envolvido.

O que é a gestão de projetos de infraestrutura?

Literalmente, o gerenciamento de projetos de infraestrutura refere-se à gestão de projetos de infraestrutura, onde infraestrutura se refere a todos os ativos de capital que, embora não sejam usados diretamente no processo produtivo, fornecem uma série de serviços essenciais para o funcionamento do sistema econômico: estradas, ferrovias, portos, escolas, hospitais, etc.

O projeto de uma infraestrutura é, evidentemente, um projeto complexo e extenso, cujo sucesso depende também de um eficiente gerenciamento de projetos. Lembremos também que, hoje e no futuro, as verdadeiras protagonistas no cenário da engenharia civil serão as infraestruturas inteligentes, razão pela qual seu gerenciamento certamente deverá levar em consideração o nível tecnológico alcançado.

Como mencionamos antes, as infraestruturas, embora não estejam diretamente envolvidas no processo produtivo, são essenciais tanto para a produção econômica quanto para garantir a qualidade de vida da sociedade em que estão construídas. Nesse sentido, o valor do gerenciamento de projetos de infraestrutura é imenso.

Do ponto de vista geral, o gerenciamento de projetos de infraestrutura segue os mesmos processos e princípios do gerenciamento de projetos aplicados à construção. Encontramos, portanto, princípios fundamentais, como:

  • definição dos objetivos do projeto;
  • planejamento detalhado;
  • implementação de uma eficaz gestão de materiais e recursos;
  • comunicação eficaz;
  • análise e gestão de riscos;
  • gerenciamento de mudanças;
  • gestão documental;
  • definição de papéis e responsabilidades na equipe do projeto.

Outro aspecto que o gerenciamento de projetos de infraestrutura compartilha com outras categorias de gerenciamento de projetos de construção é que ineficiências em sua planificação resultariam em atrasos e, consequentemente, em extrapolações orçamentárias e disputas dispendiosas entre as partes interessadas.

gestão de Projetos de Infraestrutura

Gestão de Projetos de Infraestrutura

Quais são as tipologias de projetos de construção de infraestrutura?

Vimos no parágrafo anterior em que consiste o gerenciamento de um projeto de infraestrutura. No entanto, é útil especificar que, quando se passa para a realidade e prática, o gerenciamento do projeto de infraestrutura sofrerá, claro, mudanças e adaptações de acordo com as especificidades do projeto. Vamos então ver juntos quais são as principais tipologias de projetos de infraestrutura em que podemos nos deparar:

  • estradas e autoestradas: o primeiro exemplo que vem à mente quando se fala de infraestruturas é certamente o de estradas e autoestradas, e os projetos neste caso podem variar desde construção e expansão, de maior escala, até reparos e manutenção.
  • Aeroportos: os aeroportos são infraestruturas dinâmicas e de alto padrão tecnológico e inovador, por isso precisam de melhorias e expansões constantes, tanto para reduzir o tráfego aéreo quanto para melhorar a qualidade dos serviços oferecidos aos viajantes e trabalhadores.
  • Linhas ferroviárias: o desenvolvimento e manutenção das linhas ferroviárias é outro setor de grande importância e complexidade. O objetivo aqui é garantir a qualidade da conexão e dos serviços aos passageiros.
  • Pontes: outro projeto de infraestrutura comum e muito importante está relacionado à construção ou reparo de pontes. Neste caso, um dos maiores desafios é a manutenção e reparo dessas infraestruturas por onde passa diariamente um grande número de usuários. Existem soluções de software de gerenciamento de pontes que simplificam a manutenção garantindo os mais altos padrões de segurança e eficiência.
  • Redes elétricas: o setor de energia elétrica é um dos maiores subcampos de projetos de infraestrutura. Esses projetos podem se concentrar na produção ou transmissão de energia, bem como na manutenção e/ou reparo de uma usina elétrica.
  • Infraestruturas de telecomunicações: as telecomunicações abrangem hoje uma ampla gama de tecnologias e serviços que conectam o mundo inteiro, sendo indispensável uma manutenção contínua e um aprimoramento frequente.
  • Infraestruturas hídricas: as obras hídricas garantem que todos os cidadãos possam ter acesso fácil e seguro à água. Projetos que combatem a escassez de água e facilitam sua distribuição com total segurança são dois exemplos característicos de projetos de infraestrutura hídrica.
  • Gerenciamento de resíduos: projetos de gerenciamento de resíduos desempenham um papel significativo no esforço de manter as pessoas e o meio ambiente seguros.
  • Infraestruturas sociais: este tipo de infraestrutura desempenha um papel social central, são estruturas como escolas e hospitais, ou seja, edifícios que prestam um serviço de valor social ao público.

Quem é o gerente de projetos de infraestrutura?

Vimos quais são os principais projetos de infraestrutura e em que consiste o seu gerenciamento, mas quem é o profissional encarregado disso? E quais são seu papel e responsabilidades?

O profissional que planeja e supervisiona o gerenciamento de um projeto de infraestrutura é chamado, precisamente, gerente de projetos de infraestrutura e tem a tarefa de supervisionar os projetos de infraestrutura. Seu papel é administrar os projetos, garantindo que sejam concluídos no prazo, dentro dos limites orçamentários e atendam aos requisitos e à qualidade acordados nos contratos de projeto.

Quanto às responsabilidades dessa figura profissional crucial, devemos certamente mencionar:

  • definição do objetivo do projeto;
  • desenvolvimento dos planos de projeto em colaboração com os vários stakeholders;
  • coordenação com várias equipes envolvidas no projeto;
  • gestão de prazos, recursos e orçamento do projeto;
  • monitoramento do progresso do trabalho;
  • gestão de problemas e obstáculos;
  • controle da qualidade do projeto e conformidade com os padrões de segurança;
  • comunicação constante com stakeholders, contratantes e figuras de liderança.
Gerente de Projetos de Infraestrutura

Gerente de Projetos de Infraestrutura

Ferramentas para aumentar a eficiência no gestão de projetos de infraestrutura

É claro que um bom gerente de projetos de infraestrutura será capaz de desempenhar seu trabalho independentemente dos softwares utilizados. Por outro lado, os projetos de infraestrutura são complexos e o uso de softwares de gerenciamento de ativos de infraestrutura adequados representa um suporte evidente e fundamental para garantir:

  • eficiência do processo de projeto, construção e manutenção;
  • qualidade final do projeto e conformidade com os padrões de segurança;
  • cumprimento de prazos e orçamento conforme contrato.

Mais detalhadamente, um software de gerenciamento pode ajudar os gerentes de projeto nos seguintes 4 modos:

  • benchmarking para melhor desempenho: o benchmarking é uma avaliação comparativa útil para identificar as necessidades de design, orçamento e objetivos de um projeto antes mesmo de começar. Esta etapa reduz os riscos do projeto e é acompanhada por uma abordagem multidisciplinar e colaborativa;
  • interoperabilidade: o uso de software de gerenciamento, especialmente se integrado com a metodologia BIM e o uso de padrões internacionais, torna o projeto aberto e interoperável;
  • melhor comunicação entre stakeholders e clientes: envolver o cliente no processo decisório e comunicativo pode garantir que o projeto prossiga com menos atrasos e mal-entendidos. Arquivos, dados, documentos do projeto podem ser compartilhados de maneira transparente, dinâmica e colaborativa. Isso permitirá uma atualização fácil e melhor compreensão por parte de todos os stakeholders e do cliente final;
  • processo automático de relatórios: relatórios de projeto valiosos e detalhados são úteis tanto para uma comunicação mais fácil quanto para criar uma espécie de registro do qual se pode recorrer no futuro, se necessário.

Para ter o controle total dos projetos de infraestrutura, basta contar com o software de gerenciamento de ativos de infraestrutura. Seja você um governo, uma autoridade pública ou uma empresa privada, pode monitorar todos os aspectos do processo de gerenciamento, desde a avaliação do desgaste das infraestruturas ao longo do tempo até a identificação dos ativos que necessitam de reparo ou substituição e maximizar o valor das infraestruturas.

 

usbim-maint
usbim-maint