Home » BIM e Arquitetura » IFC openBIM: integração de projeto arquitetônico e estrutural

IFC openBIM: integração de projeto arquitetônico e estrutural

A integração do projeto arquitetônico e estrutural determina o sucesso do projeto e o IFC openBIM assegura a coordenação entre disciplinas

A integração do projeto arquitetônico e estrutural é crucial para o sucesso do projeto. No entanto, os projetistas geralmente trabalham isoladamente, usando diferentes softwares e formatos de arquivo, o que pode levar a erros de comunicação e interpretação, resultando em custos adicionais e atrasos na construção.

O IFC openBIM visa resolver esse problema fornecendo um formato de arquivo padrão para troca de dados entre diferentes softwares usados no processo de projeto e construção de edifícios. Para gerenciar um arquivo IFC openBIM, não é necessário usar softwares nativos, mas um simples sistema de gerenciamento BIM para organizar todo o fluxo de trabalho e garantir a colaboração e coordenação entre todos os membros da equipe.

Se você precisa colaborar com outros profissionais envolvidos no mesmo trabalho e deseja fazê-lo da melhor maneira, sem criar mal-entendidos e agilizar a troca de arquivos e informações, leia este artigo. Mostraremos como melhorar a integração entre projeto arquitetônico e estrutural graças ao IFC openBIM.

A imagem ilustra um exemplo de Federação dos modelos com usBIM.federation

Federação dos modelos com usBIM.federation

O que é o IFC OpenBIM?

O IFC openBIM é um formato de arquivo padrão para modelagem de informações de construção (BIM). É um formato aberto e neutro, que pode ser usado por qualquer software BIM, independentemente do fabricante. O IFC openBIM permite trocar informações entre os diferentes softwares utilizados no processo de projeto e construção de edifícios, melhorando a colaboração entre os profissionais envolvidos.

Vantagens de usar o IFC openBIM

O uso do IFC openBIM pode levar a inúmeras vantagens. Aqui estão alguns:

Melhoria da colaboração

O IFC openBIM permite trocar informações entre os diferentes softwares utilizados no processo de projeto e construção de edifícios, melhorando a colaboração entre os profissionais envolvidos. Isso evita erros de comunicação e interpretação, o que pode levar a custos adicionais e atrasos na construção.

Maior eficiência

O IFC openBIM permite que você use diferentes softwares especializados para projeto arquitetônico e estrutural, sem a necessidade de converter arquivos. Isso economiza tempo e faz o melhor uso das habilidades dos profissionais envolvidos.

Maiores oportunidades de inovação

O IFC openBIM permite que você use várias tecnologias avançadas, como realidade virtual e aumentada, para melhorar o processo de projeto e construção de edifícios. Isso pode levar a mais oportunidades de inovação e melhoria do produto final.

Como melhorar conflitos entre projetos arquitetônicos e estruturais federando modelos IFC openBIM e detecção de conflitos com gerenciamento e resolução de interferências

Nos últimos anos, o processo de projeto arquitetônico e estrutural passou por uma verdadeira revolução graças à introdução do método BIM (Building Information Modeling). Esse método levou a uma maior eficiência e colaboração entre os profissionais envolvidos no processo de design. No entanto, às vezes podem surgir conflitos entre as partes envolvidas, por exemplo, entre as equipes de projeto arquitetônico e estrutural.

Vamos ver como a federação de modelos IFC openBIM e a detecção de conflitos podem ajudar a gerenciar e resolver esses conflitos.

O que é a federação de modelos IFC openBIM?

A federação de modelos IFC openBIM é um processo de integração de diferentes modelos BIM criados por diferentes partes envolvidas no processo de design. Isso permite criar um modelo unificado que representa todo o edifício e todos os seus elementos.

Para federar dois ou mais modelos, você deve usar um software para federação de modelos BIM. Esta etapa é essencial para obter uma visão geral do projeto, simplificar o gerenciamento de todas as informações e a coordenação das atividades, facilitar o controle de interferências.

A imagem ilustra um exemplo de Federação de modelos openBIM IFC

Federação de modelos IFC openBIM

O que é detecção de interferências?

A detecção de interferências é um processo de análise de modelo BIM que permite detectar interferências entre elementos de construção. Esse processo é essencial para evitar erros de projeto e construção, pois permite identificar possíveis problemas antes do início do trabalho.

Para verificar se há colisões entre objetos em diferentes modelos 3D, você precisa usar um software de detecção de interferências BIM.

Esta ferramenta é essencial porque permite visualizar diretamente no modelo objetos que se cruzam fisicamente (Hard Clash) e elementos com parâmetros incompatíveis (Soft Clash), por exemplo, muito próximos uns dos outros para permitir a montagem ou manutenção dos mesmos.

Realizar esse tipo de verificação manualmente é completamente impossível e, frequentemente, as interferências entre elementos são descobertas apenas na fase de construção, quando é tarde demais para intervir sem criar atrasos e variantes de projeto.

A imagem ilustra um exemplo de solução de interferências geométricas com o usBIM.clash -IFC openBIM

Solucionando interferências geométricas com o usBIM.clash

Como funciona a federação de modelos IFC openBIM e a detecção de interferências?

O processo de federação de modelos IFC openBIM começa com a criação de diferentes modelos BIM pelas partes envolvidas no projeto arquitetônico e estrutural. Esses modelos são então integrados em um modelo unificado através da federação de modelos IFC openBIM.

Após ter federados os modelos, inicia o processo de detecção de conflitos, em que se analisa o modelo para captar possíveis conflitos entre os elementos. As interferências detectadas são então relatadas e gerenciadas através de um processo de resolução.

Quais são as vantagens da federação de modelos IFC openBIM e da detecção de interferências?

A federação de modelos IFC openBIM e a detecção de interferências oferecem inúmeras vantagens para o processo de projeto arquitetônico e estrutural.

Primeiro, esses processos permitem identificar e gerenciar possíveis problemas antes do início do trabalho, reduzindo assim o custo e o tempo necessários para fazer mudanças.

Em segundo lugar, a federação de modelos IFC openBIM e a detecção de interferências melhora a colaboração entre as partes envolvidas no processo de design, aumentando a eficiência e a qualidade do projeto final.

Por fim, esses processos possibilitam melhorar a segurança no local, reduzindo o risco de acidentes causados por erros de projeto ou construção.

Como melhorar a integração entre projeto arquitetônico e estrutural através do IFC openBIM

Para melhorar a integração entre projeto arquitetônico e estrutural através do IFC openBIM é possível adotar várias estratégias, incluindo:

Capacitação dos profissionais

É importante que os profissionais envolvidos no processo de projeto e construção de edifícios sejam treinados no uso do IFC openBIM e do software BIM que o utiliza. Isso permite que você faça o melhor uso dos recursos oferecidos pelo formato.

Padronização de processos

É importante padronizar os processos de projeto e construção das edificações, definindo os papéis e responsabilidades dos profissionais envolvidos e os passos a seguir para a troca de informações. Isso possibilita evitar erros e melhorar a colaboração entre os profissionais.

Colaboração entre arquitetos e engenheiros estruturais

É importante promover a colaboração entre os projetistas de arquitetura e os engenheiros estruturais para avaliar em conjunto as soluções de projeto mais adequadas. Isso permite que os aspectos arquitetônicos e estruturais do edifício sejam devidamente integrados, resultando em um melhor resultado final. Para garantir a correção do fluxo de trabalho colaborativo, que inclui diferentes engenheiros e disciplinas, é necessário o suporte de ferramentas on-line adequadas para colaboração.

A imagem ilustra um exemplo de Colaboração com a equipe do projeto -IFC openBIM

Colaboração com a equipe do projeto

Desta forma, você não tem dificuldade em visualizar, compartilhar e gerenciar projetos de construção e infraestrutura feitos pelo software BIM mais utilizados. Todos os profissionais envolvidos podem acessar arquivos e informações de projetos de qualquer lugar e colaborar em tempo real com os colegas.

Uso da tecnologia BIM

É importante fazer uso total das funcionalidades oferecidas pela tecnologia BIM, como a capacidade de visualizar o edifício de forma realista antes da construção. Isso permite a identificação de problemas durante a fase de projeto e a avaliação de soluções alternativas.

Para aproveitar ao máximo essas potencialidades, você pode usar um visualizador BIM on-line, com o qual também pode gerenciar modelos federados. Navegar no modelo de projeto em 3D e experimentar as funções avançadas de visualização arquitetônica (renderização, renderização em tempo real e realidade virtual imersiva), permite você:

  • verificar a eficácia das escolhas do projeto;
  • detectar quaisquer conflitos;
  • experimentar diferentes soluções de design em tempo real;
  • apresentar o projeto de forma clara e envolvente ao seu cliente.
A imagem ilustra o VRi realidade virtual imersiva

VRi – realidade virtual imersiva

Normalização das convenções de nomenclatura

Para garantir que todas as partes trabalhem com os mesmos dados, é importante padronizar as convenções de nomenclatura. Isso facilitará a identificação e localização de elementos específicos do projeto do edifício. Para usar uma linguagem unificada, que não deixe espaço para interpretações erradas, pode consultar o Data Dictionary da buildingSMART.

O Data Dictionary da buildingSMART é uma biblioteca internacional que permite que designers, clientes, proprietários, fabricantes e fornecedores troquem e compartilhem dados de projetos, superando barreiras linguísticas e disciplinares.

Você pode classificar os elementos de um modelo BIM no formato IFC de acordo com o Data Dictionary da buildingSMART, usando aplicativos bSDD apropriados. Isso facilita muito a obtenção de modelos de formato IFC com propriedades e valores alinhados às classificações nacionais e internacionais.

Usar um Ambiente Comum de Dados (CDE)

Um Ambiente Comum de Dados (CDE) é uma fonte única de verdade para todas as informações sobre o edifício. Isso garante que todas as partes tenham acesso aos mesmos dados, reduzindo o risco de erros e mal-entendidos. Isso permite uma perfeita integração entre projeto arquitetônico, estrutural, de plantas, etc.

Estabelecer protocolos de comunicação

Estabelecer protocolos de comunicação entre arquitetos e engenheiros estruturais é fundamental para uma colaboração bem-sucedida. Isso inclui a definição dos métodos e ferramentas usados para comunicação, como e-mail, mensagens instantâneas e videoconferência.

Reuniões regulares de coordenação

Reuniões regulares de coordenação entre arquitetos e engenheiros estruturais são essenciais para garantir que o projeto prossiga conforme planejado. Essas reuniões oferecem uma oportunidade para discutir quaisquer questões ou preocupações, tomar decisões e identificar quaisquer mudanças que precisem ser feitas. Quando não for possível organizar reuniões presenciais, você pode usar um aplicativo de  videoconferências on-line. Isso permite que você se mantenha atualizado mesmo com colegas que trabalham em diferentes partes do mundo.

A imagem ilustra um exemplo de Colaboração e videoconferência com uBIM.meet

Colaboração e videoconferência com usBIM.meet

Usando o formato de colaboração BIM (BCF)

O BIM Collaboration Format (BCF) é um formato de arquivo que permite a colaboração entre diferentes aplicativos de software. Usando o BCF, arquitetos e engenheiros estruturais podem compartilhar informações e coordenar mudanças com mais facilidade. Para visualizar, criar e gerenciar arquivos no formato BCF, você precisa de um software BCF que permita:

  • visualizar ou editar um arquivo com uma extensão .BCFZIP gerado por qualquer aplicativo;
  • criar um arquivo BCF do zero e exportá-lo no formato .BCFZIP

Assim, você pode:

  • otimizar os fluxos de troca de informações sem ter que transferir modelos BIM;
  • solucionar problemas de interoperabilidade que ocorrem ao trabalhar com software diferente ou versões diferentes do mesmo software;
  • acelerar o processo de revisão, resolvendo questões críticas antes da construção da obra.

Ciclo contínuo de feedback

Um ciclo contínuo de feedback entre arquitetos e engenheiros estruturais é importante para garantir que o projeto continue como planejado. Isso inclui fornecer feedback sobre decisões de design, mudanças e possíveis problemas.

A integração entre projeto arquitetônico e estrutural é fundamental para a obtenção de edifícios estáveis, seguros e funcionais. O IFC openBIM visa melhorar essa integração, fornecendo um formato de arquivo padrão para troca de dados entre diferentes softwares usados no processo de projeto e construção de edifícios.

Ao adotar algumas estratégias, como a formação de profissionais, a padronização de processos e o uso de software BIM compatível com o IFC openBIM, é possível melhorar a integração entre projeto arquitetônico e estrutural, obtendo um melhor resultado final.

Além disso, a federação de modelos IFC openBIM e a detecção de interferências são dois processos essenciais para gerenciar conflitos entre projetos arquitetônicos e estruturais. Esses processos permitem identificar e gerenciar possíveis problemas, melhorar a colaboração entre as partes envolvidas e aumentar a segurança no local.
Para obter o máximo de benefícios desses processos, é importante que as partes envolvidas no processo de projeto arquitetônico e estrutural trabalhem juntas desde os estágios iniciais do projeto. Desta forma, será possível criar um modelo unificado preciso e completo, reduzindo assim o risco de interferências e conflitos.

 

usbim
usbim