Home » BIM e facility management » Manutenção de avaria: o que é e 5 dicas para reduzi-la

Manutenção de avaria: o que é e 5 dicas para reduzi-la

A manutenção de avaria é um tipo de manutenção realizada em equipamentos não-funcionais. Saiba o que é e 5 dicas para reduzi-la

Todo gestor de facilities sabe que é uma boa prática investir seus recursos em estratégias envolvendo vários tipos de manutenção, organizando atividades contínuas de manutenção programada e de manutenção preventiva. Apesar de todos os procedimentos implementados, muitas vezes não é possível evitar a ocorrência de danos imprevistos: é aqui que entra em jogo a manutenção de avaria.

Você é capaz de agir prontamente nessas situações repentinas?

Confie em um software de gestão de manutenção, pois será um suporte útil para a correta e rápida execução dessas intervenções.

O que é a manutenção de avaria?

A manutenção de avaria é uma das abordagens de manutenção mais comuns: é realizada no caso de um ativo sofrer uma falha repentina e precisar ser reparado para retomar sua atividade normal.

Se é conveniente fornecer um plano preciso de manutenção preventiva para ativos essenciais, ao mesmo tempo é igualmente útil economizar custos de manutenção de equipamentos que podem ser deixados em avaria sem comprometer a segurança e a produção.

Os principais objetivos deste tipo de manutenção são:

  • diminuir o custo da substituição frequente de itens descartáveis;
  • reduzir custos desnecessários de manutenção preventiva;
  • diminuir a necessidade de pessoal técnico.

Tipos de manutenção de avaria

Existem dois tipos principais de manutenção de avaria:

  1. programado;
  2. não programado.

1. Manutenção programada

Na manutenção de avaria programada, também definida como run-to-failure, a empresa está preparada para a eventual falha de um ativo. Não sabe quando isso vai acontecer, mas tem um plano para intervir.

Isto porque, muitas vezes, a reparação em caso de avaria de um equipamento acaba por ser mais barata do que os custos decorrentes de qualquer manutenção preventiva. Pense nas lâmpadas: elas têm uma vida útil curta, mais cedo ou mais tarde elas queimam e é muito mais conveniente manter um suprimento para substituí-las, se necessário.

2. Manutenção não programada

A manutenção de avaria não programada nada mais é do que uma particular manutenção reativa, que é realizada quando um ativo falha repentinamente causando sua parada e precisa ser reparado para não afetar a segurança da organização.

Em geral, esses danos são caros e podem retardar ou até bloquear os ciclos normais de trabalho, portanto, se você não traçar um plano de manutenção preventiva, é bom orçar recursos para esses incidentes de qualquer maneira.

Fluxo típico de uma operação de manutenção de avaria

Fluxo típico de uma operação de manutenção de avaria

Diferença entre manutenção corretiva e manutenção de avaria

A principal diferença entre a manutenção corretiva e avaria é que:

  • a manutenção corretiva reúne todas aquelas intervenções destinadas a reparação de bens e equipamentos considerados defeituosos; então agimos nesses pequenos defeitos para evitar que se tornem problemas maiores;
  • manutenção de avaria é realizada em equipamento quebrado ou parado que não estão mais operacionais.

Vantagens e desvantagens

Entre as vantagens, você tem:

  • redução de custos de manutenção preventiva (curto prazo) para equipamentos que não necessitam;
  • redução dos custos de reposição de componentes descartáveis;
  • maior concentração nos recursos mais críticos;
  • baixos requisitos de pessoal;
  • uso prolongado dos componentes.

Embora esta estratégia de manutenção também tenha vantagens, deve estar sempre equilibrada com as outras estratégias e acima de tudo não deve ser usado para ativos importantes e críticos, pois pode causar:

  • custos de manutenção mais elevados a longo prazo;
  • problemas de segurança no local de trabalho;
  • paradas repentinas de máquinas com consequentes atrasos na produção;
  • redução de receitas devido à substituição repentina de ativos importantes;
  • diminuição da vida útil do ativo.

Como reduzir a manutenção de avaria: aqui estão 5 dicas úteis

Embora ela possa ser usada de forma econômica em alguns casos, as empresas geralmente visam implementar uma abordagem proativa para a manutenção.

Portanto, convidamos você a seguir estas pequenas dicas, que irão ajudá-lo na redução da manutenção por avaria:

  1. gerenciar as ordens de serviço e estabelecer prioridades;
  2. usar dados históricos para identificar falhas comuns de ativos, para entender quais equipamentos falham com mais frequência e quais são as causas recorrentes;
  3. agilizar as operações de manutenção;
  4. melhorar a disponibilidade de peças de reposição, fazendo um inventário em intervalos regulares;
  5. acompanhar o trabalho de manutenção.

Finalmente, te aconselhamos a testar um software de gestão de manutenção, que permite aplicar facilmente estas recomendações, recolhendo e analisando todos os dados de manutenção em tempo real.

 

usbim-maint
usbim-maint