Home » BIM e profissões » Modelos federados BIM: confira o que são

A imagem ilustra o conceito de modelos federados BIM mostrando a interface de usBIM.federation

Modelos federados BIM: confira o que são

Modelos federados BIM: conheça características, benefícios e ferramentas operacionais

Os modelos federados BIM podem ser considerados como a união de diferentes modelos digitais referentes ao projeto (estrutura, instalações, arquitetura, mobiliário, etc.). Eles visam fornecer o modelo completo do projeto para facilitar o compartilhamento de informações e a coordenação entre as disciplinas envolvidas, assim como o controle das interferências e a verificação de eventuais problemas relacionados com o projeto.

Neste artigo de aprofundamento, vamos te ilustrar o que são os modelos federados BIM e mostrar alguns arquivos de exemplo que você mesmo pode gerenciar usando usBIM.federation, o aplicativo gratuito do sistema integrado usBIM concebido para gerenciar totalmente on-line federações de modelos BIM de construções, infraestruturas e nuvens de pontos.

A imagem ilustra o conceito de modelos federados BIM

O que são os modelos federados BIM

Modelo federado: definição

Por “modelo BIM federado” entendemos um conjunto de modelos 3D relacionados a disciplinas específicas (arquitetura, estrutura, instalações, etc.) e integrados em uma única vista de forma a criar um único modelo digital, multidisciplinar e abrangente, do edifício.

Em um modelo federado, de fato, convergem todas as informações relativas a geometria do edifício, estrutura, sistema elétrico, sistema hidráulico, aquecimento, fontes renováveis, etc.

O modelo federado consiste em componentes conectados uns aos outros, mas distintos, pois eles não perdem sua identidade ou integridade. Isso significa que qualquer mudança em um componente do modelo federado não implica uma mudança em outros componentes do mesmo modelo federado.

Os componentes do modelo federado podem ser elaborados pelo mesmo profissional ou por profissionais distintos de uma mesma equipe, ou até por profissionais que atuam separadamente, cada um em sua disciplina.

Geralmente, esse processo começa com a modelagem arquitetônica da construção, com base na qual os outros especialistas (projetista estrutural, engenheiro de instalações, etc.) desenvolvem as partes de suas respectivas competências importando o modelo arquitetônico em formato IFC. Daí, cada parte é integrada no modelo federado que, uma vez concluído, constitui a representação digital completa da obra.

A criação de modelos federados BIM pode ser alcançada por meio de ferramentas BIM capazes de coordenar as várias disciplinas e de criar uma base de informação comum para os vários atores envolvidos. O objetivo é verificar e gerenciar problemas, conflitos e inconsistências que possam surgir da comparação e sobreposição dos diferentes modelos.

A coordenação desses processos, na verdade, também prevê o controle e a gestão dos eventuais conflitos entre as diversas partes do modelo federado, sendo necessário envolver profissionais específicos. Nesse sentido, a norma UNI 11337 identifica em particular dois profissionais, o BIM Manager e o BIM Coordinator, além de um terceiro com formação mais operacional: o BIM Specialist.

Exemplo de federação de modelos

Para entender na prática o que são os modelos BIM federados, tente você mesmo visualizar e testar um modelo federado usando o sistema integrado usBIM.

Para começar, basta acessar a página de usBIM e inserir as credenciais de sua conta ACCA.

Se você ainda não tem uma conta ACCA:

  1. vá para a página MyACCA;
  2. cadastre-se inserindo todos os seus dados;
  3. informe seu e-mail e senha.
A imagem mostra a tela de acesso do usBIM

Como acessar usBIM

Neste ponto, você está pronto para usar um dos arquivos de exemplo disponíveis na pasta “Compartilhados comigo” para experimentar em primeira mão todos os recursos de usBIM.federation.

Os arquivos disponíveis são:

  • Federation of IFC MODELS − uma federação de modelos no formato IFC
  • Federation of various 3D MODELS − uma federação de modelos heterogêneos realizados com Edificius e Revit, além de nuvens de pontos, malhas texturizadas, etc.

Agora, vamos ver especificamente os recursos que você pode aproveitar e as características dos modelos federados BIM.

Modelos federados BIM: características

Para analisar as características de um modelo BIM federado, partimos do arquivo de exemplo disponível na pasta “Compartilhados comigo” do usBIM. Desta forma, ao abrir o mesmo modelo, você também pode seguir meu passo a passo.

Para abrir o arquivo “Federation of IFC MODELS”, clique no ícone de tela à direita, correspondente ao arquivo escolhido.

Assim que o arquivo for aberto, você pode gerenciar o modelo com os comandos específicos do usBIM.browser:

  • Câmara, para ver o modelo em dois modos distintos Órbita e Primeira pessoa.
  • Projeção de câmera, para escolher entre a vista Ortográfica ou Perspectiva.
  • Anotações, para associar notas (links e vídeos) ao modelo e adicionar informações e dados úteis durante a concepção, manutenção e gestão da obra.
  • Medidas, para realizar medições lineares, angulares e de superfície diretamente no modelo.
  • Aspeto, para personalizar o estilo de visualização de acordo com o modo: Geometria, Linha, Bounding box, Geometria 2D.
  • Sombras, para gerir o sombreamento do edifício definindo data (dia/mês/ano), hora, orientação e latitude / longitude.
  • usBIM.reality / Renderização em Tempo Real & VR, para ver seu modelo em primeira pessoa e navegar nele usando os visores de realidade virtual.
  • Definições cena, para escolher se visualizar o modelo em 2D ou 3D.
  • Tela inteira, para visualizar o ambiente 3D em tela inteira, aproveitando ao máximo o tamanho da tela ao abrir o modelo BIM federado.
  • Help, para ter todas as informações para navegação tanto no modo “órbita” quanto no modo “primeira pessoa”.

O modelo que você está vendo é uma vista mostrando vários modelos IFC sobrepostos:

  • arquitetura − com paredes, portas, janelas, etc.;
  • estrutura − com pilares, vigas e lajes de concreto armado;
  • instalações hidráulicas − com tubulações de descarga e adução, elementos terminais, etc.

Também é possível visualizar separadamente cada modelo da federação em sua totalidade, gerenciando a visibilidade de cada objeto.

Nomeadamente, você pode:

  • “ligar e desligar” os objetos individuais do modelo clicando no ícone da lâmpada que os acompanha;
  • ajustar a transparência do modelo para exibir totalmente a sobreposição dos elementos;
  • gerenciar as cores dos objetos individuais para facilitar sua legibilidade dentro da federação.

Este recurso permite que você analise visualmente o modelo e comece avaliar quaisquer conflitos e erros do projeto, desfrutando a visibilidade de cada elemento.

O modelo federado BIM não é apenas uma representação gráfica para visualização 3D, mas sim um sistema de objetos paramétricos que podem conter uma quantidade infinita de informações, constantemente atualizadas, indispensáveis para a manutenção, proteção e valorização da construção.

Ao selecionar qualquer objeto do modelo, por exemplo uma janela do modelo arquitetônico, você pode ler as propriedades na caixa de ferramentas à direita e conferir seus dados geométricos, suas características de material, análises estratigráficas, etc.

Além disso, você também pode optar por adicionar novas informações (fichas técnicas, imagens, documentos, etc.) para implementar o sistema de informação e atualizá-lo ao longo do tempo.

A imagem mostra a interface do usBIM.browser

Como ler as propriedades de um objeto de um modelo federado com usBIM

Modelos federados BIM: vantagens

Dispor de um modelo federado capaz de integrar todos os dados relativos às várias disciplinas é de grande importância para muitos aspectos do gerenciamento de um projeto BIM.

Por exemplo, isso tem um impacto muito positivo em:

  • Coordenação
    • Melhora a compreensão do projeto em todas as suas partes.
    • Garante o acesso à informação a qualquer profissional envolvido.
    • Facilita a tomada de decisão informada e a coordenação do planejamento.
    • Evita interferências.
    • Melhora os processos de aprovação do projeto.
    • Fornece um contentor de informações, que pode ser consultado e implementado por qualquer profissional ao longo do tempo.
  • Detecção de interferências
    • Permite detectar quaisquer conflitos interdisciplinares, que poderiam passar despercebidos durante a fase de verificação. Por exemplo, ao elaborar separadamente o modelo da estrutural e das instalações, a interferância entre um duto de ar condicionado e uma viga pode passar despercebida. Essa colisão interdisciplinar entre estrutura e instalações não surgiria se os modelos não fossem federados. Pelo contrário, utilizando modelos federados BIM, toda informação ausente, inconsistência de projeto, decisão errada e uso inadequado de recursos surge durante a fase de projeto, antes de iniciar as obras. Dessa forma, é fácil intervir, corrigir e continuar com o processo de projeto e realização da obra.
    • Permite economizar tempo e recursos, que podem então ser aproveitados para elaborar novas soluções de projeto, revisões e variantes em fases avançadas do projeto, ou até mesmo durante as obras.
  • Estimativas precisas e realistas
    • Fornece dados consolidados e precisos.
    • Inclui todos os dados gráficos, métricos e geométricos, bem como as informações referentes aos componentes individuais.
    • Permite obter estimativas precisas sobre quantidades, custos e tempos de realização das obras. Com base nos dados contidos nos arquivos IFC, é de fato possível elaborar o orçamento resultante do projeto paramétrico, programar e verificar os tempos de execução (globais e parciais) das obras e controlar seus custos.

 

Clique aqui para conferir o potencial de usBIM.federation

 

usbim
usbim