Home » CDE e plataformas colaborativas » O que é a gestão de dados na construção?

O que é a gestão de dados na construção?

A gestão de dados na construção permite a coleta e o uso eficiente dos dados de construção. Saiba o que é e por que ele é importante


Se você é um profissional no setor AECO conhece bem a quantidade de dados que é produzido durante as várias fases do processo de construção e como é difícil gerenciá-los de forma eficiente. Felizmente, o mundo dos projetos está digitalizando cada vez mais e com ele também a gestão de dados. Para uma gestão eficiente das várias fases de trabalho e para o sucesso correto do processo, recomendamos usar o software BIM de gerenciamento de canteiros de obras que é capaz de criar e gerenciar sistemas de documentos e também integrá-los em modelos BIM.

Vamos ver então como esses softwares ajudam a melhorar a gestão de dados na construção e por que isso é tão importante.

O que é gestão de dados na construção?

A gestão de dados na construção permite agrupar, armazenar e usar dados de forma segura, eficiente e econômica.

Os dados de construção consistem em quatro componentes:

  1. dados estimados: são dados que ajudam os gerentes de construção a entender o projeto antes de começar. Os profissionais responsáveis por esta fase do processo de design, analisando os dados de estimativa podem, por exemplo, entender a tendência que seguirá as ofertas, a estimativa de custo, etc.
  2. Dados operacionais do projeto: incluem todos os dados relativos à fase de execução de um projeto de construção. Gerenciar esses dados significa ter a possibilidade de acessar a qualquer momento informações sobre materiais, equipamentos, mão de obra, pedidos, entregas, etc., e, portanto, ser capaz de organizar eficientemente o fluxo de trabalho e ter uma estimativa precisa do custo geral real.
  3. Dados financeiros do projeto: incluem todos os aspectos de um projeto de construção e seu valor relativo e impacto econômico geral. Gerenciar esses dados de forma eficiente significa garantir que você respeite os orçamentos das fases individuais e do projeto em geral, evitando o surgimento de problemas financeiros.
  4. BIM Data: como sabemos, a aplicação da metodologia BIM permite a criação de um modelo de informação, rico em informações e dados de projeto atualizáveis, que podem ser consultados por todos os profissionais envolvidos e úteis ao longo do ciclo de vida do ativo.

A imagem mostra como é a contrução de dados composta por quatro componentes -Gestão de dados na construção

Por que a gestão de dados na construção é importante ?

A gestão de dados na construção é extremamente importante para o sucesso adequado do processo de projeto, para gerenciar com eficiência as várias fases do trabalho e para cumprir limites importantes em termos de tempo e custos.

Vimos como existem diferentes tipos de dados, a gestão eficiente de cada um deles apoia a equipe do projeto no alcance dos objetivos relacionados às diferentes fases do fluxo de trabalho do projeto. Mais especificamente, a gestão de dados na construção ajuda os profissionais que atuam no setor AECO, bem como as diferentes partes interessadas conectadas ao projeto específico, a otimizar o uso de dados em conformidade com políticas e regulamentos, permitindo que eles tomem decisões e ações que maximizem os benefícios para a gestão geral do projeto.

De fato, os dados de construção são uma valiosa fonte de informação para todos os atores envolvidos no processo de construção e sua gestão eficiente ajuda a alcançar um melhor resultado em termos gerais.

Como melhorar essa gestão em três maneiras

Dado o papel importante que a gestão de dados na construção desempenha no sucesso do projeto, é igualmente importante garantir que você use as técnicas certas e as melhores ferramentas para fazê-lo.

Então, vamos ver como melhorar a gestão de dados na construção de três maneiras simples:

  1. aumentar a acessibilidade dos dados: gerenciar os dados da construção significa não apenas coletá-los e salvá-los. Para que sejam realmente úteis, devem ser facilmente identificáveis e acessíveis pela equipe de trabalho, garantindo obviamente o acesso seguro e, em alguns casos, permitindo o controle de acessos.
  2. Substituir a coleta manual de dados por ferramentas digitais: apesar da importância desta fase, muitas vezes a coleta de dados ainda é feita manualmente. Esses processos manuais geram duplicação de dados e erros de entrada, todas “falhas” comuns na maioria das ferramentas manuais de gestão de dados. Para superar esse problema, é útil adotar tecnologias e softwares que coletam e armazenam dados digitalmente e, em seguida, os compartilham com as partes interessadas.
  3. Conduzir todas as operações a partir de uma fonte de dados unificada: os projetos de construção são dinâmicos e precisam de atualizações contínuas, assim como seus dados. Para garantir que a versão atualizada dos vários documentos esteja sempre disponível para os vários membros da equipe de trabalho, é essencial usar um arquivo unificado que esteja sempre atualizado e atualizável. O uso de uma única fonte de dados também reduz a probabilidade de que as informações sejam exibidas no contexto errado ou sem os dados necessários.

Felizmente, essas melhorias são possíveis graças ao uso específico de um software BIM Management System que permite centralizar e gerenciar toda a documentação de construção em um único repositório de dados e aumentar a eficiência da colaboração entre as equipes. Tudo o que você precisa fazer é experimentá-lo online gratuitamente!

 

usbim
usbim