Home » BIM e Arquitetura » Planta de canteiro de obras: o que é e para o que serve

A imagem mostra o croqui de um canteiro de obras

Planta de canteiro de obras: o que é e para o que serve

Planta de canteiro de obras: o que é, como fazê-la, por que é importante, quem é o funcionário responsável pela sua redação

A planta de canteiro de obras é um documento muito importante que deve conter vários tipos de informações: graças a ela, é possível identificar quaisquer pontos críticos dentro do canteiro de obras, como riscos na área de trabalho. Em regra, este relatório é gerido por quem tem o papel de responsável pela segurança.

Para elaborar a planta de canteiro de obras, pode contar com um software de gerenciamento de canteiro de obras, capaz de gerar as pranchas automaticamente, com enorme economia de tempo. É possível usá-lo gratuitamente por 30 dias.

Além disso, será proporcionado um exemplo de planta de canteiro de obras que pode ser útil para sua obra.

A imagem mostra a interface do software CerTus HSBIM em que foi redigida a planta de um canteiro de obras

HSBIM | Vista aérea 3D

O que é a planta de canteiro de obras?

A planta de canteiro de obras é uma elaboração gráfica que inclui a documentação técnica do andamento das obras. Observando a planta, muitos aspectos da área de trabalho podem ser avaliados, incluindo a presença ou ausência de riscos.

A planta de canteiro de obras deve indicar:

  • os caminhos de trabalhadores e máquinas;
  • a localização dos barracões do canteiro de obras;
  • as vias de acesso;
  • as áreas destinadas à carga e descarga de mercadorias;
  • a área de estacionamento de serviço;
  • as cercas;
  • a localização das enfermarias;
  • o arranjo de sistemas elétricos;
  • o número de banheiros presentes na área;
  • as áreas destinadas a escavações;
  • as áreas para as instalações de equipamentos.

A imagem mostra a interface do software CerTus HSBIM

Quem faz a planta de canteiro de obras?

A planta de um canteiro de obras é um gráfico gerenciado por quem tem a função de gerente e coordenador de segurança que também tem a obrigação de fazer valer seu conteúdo em conformidade com as normas em vigor.

Em canteiros de obras mais complexos é possível que haja a necessidade de produzir plantas diferentes, pois o estado inicial pode não permanecer o mesmo, mas pode sofrer alterações. Nesse caso, a planta também precisará ser alterada.

Todas as informações apresentadas na planta devem ser claras e compreensíveis por todos, assim como símbolos simples de decifrar. Além disso, deve ser feita uma diferenciação entre áreas de trabalho e áreas de pessoal para melhor gerir as atividades a serem realizadas.

Os sinais

Os sinais são usados para informar os usuários sobre a situação no canteiro de obras: indicar quaisquer perigos para garantir a segurança. Deve-se assegurar que os sinais sejam justificados e que, no caso de sinais temporários, o permanente seja posteriormente restaurado. Os sinais não devem ser instalados muito próximos uns dos outros, devem ser espaçados para melhor compreensão.

Para instalá-los, você deve levar em consideração:

  • distância de parada;
  • espaço de reação;
  • distância de travagem.

A imagem mostra a interface do software CerTus HSBIM em que é mostrada uma vista aérea de um canteiro de obras. No canto superior direito, há uma legenda com vários sinais de perigo e segurança.

Canteiro de obras no centro da cidade: como a sinalização muda

Geralmente a sinalização pode mudar em relação à localização do canteiro de obras: um canteiro de obras no centro da cidade terá sinalização diferente de um canteiro de obras localizado fora do centro da cidade. No centro urbano, deve-se atentar para os pedestres, garantindo sempre a passagem livre em caso de sinalização na calçada que possa obstruir seu caminho natural.

Sinais de Segurança

Os sinais no canteiro de obras são diferentes: proibição, aviso, resgate, prescrição, prevenção de incêndio.

 

certus-hsbim
certus-hsbim