Home » IFC e openBIM » Plataforma bSDD e objetos openBIM

Plataforma bSDD

Plataforma bSDD e objetos openBIM

Descubra como a plataforma bSDD melhora o processo de design e construção. Explore como esse recurso único permite a criação de classes de elementos personalizados e características específicas


A plataforma bSDD é um serviço web avançado que se concentra na criação de estruturas de dados, usadas para representar o significado e a semântica desses dados de maneira que as máquinas possam entender e interpretar as informações de maneira mais inteligente (ontologias). Todo esse processo é baseado na norma ISO 12006-3.

Neste artigo, examinaremos a biblioteca de objetos openBIM da bSDD, seus atributos e seu papel no open IFD (International Framework for Dictionaries).

Além disso, você poderá ver dois vídeos que mostram como criar e associar elementos diretamente em uma plataforma bSDD, buildingSMART Data Dictionary, em poucos e simples passos. No mesmo link, você encontrará dois softwares que recomendo: um software para criar dicionários e bibliotecas de objetos, editar classificações e propriedades, publicá-las no buildingSMART Data Dictionary, e um software para editar classificações e propriedades dos elementos de um modelo IFC usando o bSDD e gerar um novo arquivo IFC com as alterações feitas.

Aspectos gerais da plataforma bSDD

A plataforma bSDD, que significa “buildingSMART Data Dictionary”, é um pilar fundamental no cenário da construção baseada em modelos e dados estruturais. Agora veremos uma visão geral dos princípios-chave e benefícios que o bSDD traz para o campo da construção e design.

A Norma ISO 12006-3 como base

O bSDD encontra sua base na norma ISO 12006-3, que é uma norma internacional que define os conceitos de classificação de informações em construções e infraestruturas. Esta norma fornece uma estrutura padronizada para a classificação de dados relacionados a edifícios e infraestruturas. O bSDD utiliza a norma ISO 12006-3 como base para criar e padronizar dados estruturais no campo da construção.

Criação e padronização de ontologias

Uma das funções principais do bSDD é a criação e padronização de ontologias. Ontologias são, em termos simples, representações formais de conceitos e das relações entre eles. Neste contexto, as ontologias definem as categorias, propriedades e relações entre os objetos usados nos modelos de edifícios virtuais. Essa padronização é crucial para garantir que profissionais de diferentes setores e de diferentes partes do mundo possam trabalhar com uma compreensão comum dos dados estruturais.

Suporte para diferentes idiomas e globalização

Um elemento-chave da plataforma bSDD é o suporte para diferentes idiomas. Em um mundo cada vez mais globalizado, onde projetos de construção envolvem equipes internacionais, a capacidade de comunicar e compartilhar dados em diferentes idiomas é fundamental. A multilinguagem do bSDD permite uma compreensão comum dos dados, superando as barreiras linguísticas e facilitando a colaboração entre profissionais de diferentes nacionalidades.

Vantagens do uso do bSDD

O uso do bSDD traz inúmeras vantagens para a indústria da construção e design. Essas vantagens incluem:

  • padronização – o bSDD impõe uma estrutura padronizada para a classificação e representação de dados, reduzindo a ambiguidade e erros nos projetos;
  • interoperabilidade – a plataforma permite uma maior interoperabilidade entre diferentes softwares BIM, possibilitando uma comunicação fluida entre as diversas fases do ciclo de vida de um edifício;
  • globalização – a capacidade de suportar diferentes idiomas facilita a colaboração em contextos internacionais;
  • precisão e coerência – a padronização de dados e ontologias garante maior precisão e coerência nos modelos BIM, reduzindo o risco de erros.

A biblioteca de objetos openBIM

A biblioteca de objetos openBIM dentro do bSDD é um pilar fundamental da plataforma, oferecendo uma ampla gama de objetos estruturais e seus atributos. Esses objetos representam as componentes estruturais de um edifício ou infraestrutura, indo desde elementos como paredes, pisos e janelas até detalhes mais específicos como instalações técnicas ou materiais de construção.

Rótulo único e padronização linguística

Um aspecto distintivo desta biblioteca é a atribuição de um rótulo único a cada objeto. Isso significa que, independentemente do idioma em que você está trabalhando, o objeto será identificado de maneira consistente. Isso, como mencionado anteriormente, é crucial em um contexto internacional, onde profissionais de diferentes partes do mundo colaboram em projetos comuns.

Sistema de classificação

Cada objeto na biblioteca é inserido em um sistema de classificação que ajuda a organizar e catalogar os objetos em categorias lógicas. Este sistema de classificação permite uma pesquisa mais eficiente e facilita a localização de objetos específicos ao desenvolver modelos BIM. Além disso, contribui para garantir a ordem e coerência nos projetos de construção.

Identificação única através do “bSDD GUID”

Para associar sem ambiguidade os objetos da biblioteca bSDD aos componentes de um modelo BIM, é utilizado um identificador único conhecido como “bSDD GUID” (Global Unique Identifier). Este código exclusivo vincula os objetos às suas informações correspondentes, permitindo uma gestão precisa e coerente dos dados. Os “bSDD GUID” servem como ponte entre a biblioteca de objetos e o modelo virtual, garantindo uma conexão confiável entre a estrutura de dados e sua representação nos modelos BIM.

Os atributos dos objetos

Os objetos na biblioteca do bSDD são dotados de uma série de atributos que especificam suas características e propriedades. Esses atributos podem incluir parâmetros técnicos, características específicas, valores permitidos, unidades de medida e traduções em diferentes idiomas. Por exemplo, para um tipo de janela, os atributos podem indicar as dimensões, o material, a resistência ao fogo e as informações de produção. Esses atributos fornecem uma descrição detalhada e contextual dos objetos, possibilitando o uso e interpretação precisa nos modelos BIM.

Associação de uma entrada de dicionário a um elemento do projeto

Associação de uma entrada de dicionário a um elemento do projeto

Personalização de elementos e características

Agora, vamos focar na notável flexibilidade que a plataforma bSDD oferece no contexto da personalização de elementos e características nos modelos BIM. Essa flexibilidade é importante para adaptar os dados BIM às necessidades específicas de projetos e partes envolvidas.

Criação de classes de elementos personalizadas

A plataforma bSDD permite que os usuários criem classes de elementos personalizadas, ou seja, categorias de objetos que podem ser específicas para um projeto, setor ou organização. Essa personalização pode ser extremamente útil em situações em que os objetos padrão não cobrem exatamente as necessidades do projeto em andamento. A capacidade de definir classes de elementos personalizadas oferece um alto grau de flexibilidade e adaptabilidade.

Conjunto de propriedades específicas

Os Psets são conjuntos de propriedades específicas que podem ser aplicados aos objetos nos modelos BIM. Esses Psets permitem adicionar informações detalhadas sobre os objetos, como atributos, desempenho, valores permitidos e outros. A plataforma bSDD permite a criação de Psets personalizados para atender às necessidades específicas do projeto. Isso é particularmente útil ao se tratar de definir atributos e parâmetros específicos que são relevantes apenas para aquele projeto ou domínio.

Características individuais e valores personalizados

Além das classes de elementos e dos Psets, a plataforma bSDD também permite a definição de características individuais e valores personalizados. Isso significa que os usuários podem adicionar detalhes únicos e específicos a objetos e atributos que não estão incluídos na biblioteca padrão. Essa personalização é fundamental para capturar informações específicas que são essenciais para o projeto, mas podem não ser comumente usadas em outros contextos.

Impacto no design e construção

Vamos examinar detalhadamente o papel crucial desempenhado pela plataforma bSDD no campo do design e construção, destacando como ela influencia a eficiência e eficácia do setor da construção.

Melhoria da eficiência

O bSDD é um aliado valioso na busca da eficiência no processo de design e construção. Ao fornecer uma ampla biblioteca de objetos openBIM, os usuários podem economizar tempo valioso na criação de modelos BIM. Em vez de ter que construir cada objeto do zero, eles podem recorrer à biblioteca padrão ou às personalizações previamente criadas. Isso se traduz em um design mais rápido e eficiente.

Aumento da precisão e coerência

Um elemento-chave no design e construção de edifícios é a precisão. Erros podem resultar em custos elevados e atrasos nos projetos. Usando o bSDD com sua estrutura padronizada, rótulos exclusivos e atributos precisamente definidos, os profissionais podem criar modelos BIM que refletem com precisão as especificações de design. Isso reduz o risco de erros e inconsistências no processo.

Redução de custos e prazos de construção

Ao melhorar a eficiência, precisão e colaboração, o bSDD contribui significativamente para a redução dos custos de design e construção e a diminuição dos prazos de conclusão dos projetos. Erros dispendiosos são minimizados, os processos são acelerados e a gestão de projetos é mais fluida.

Portanto, a plataforma bSDD representa um recurso fundamental para a comunidade openBIM. Ao oferecer uma biblioteca de objetos openBIM e atributos multilíngues, esta plataforma facilita a criação de modelos BIM mais precisos e compreensíveis. A personalização de elementos e características permite que os profissionais adaptem os dados BIM às suas necessidades específicas, aumentando assim a eficiência e a qualidade do processo de design e construção.

Vídeo

Neste vídeo, você pode ver como criar novas entradas na biblioteca do usBIM.bSDD

 

 

usbim
usbim