Por que os arquitetos devem usar o BIM?

Todas as vantagens do BIM para arquitetos: ferramentas operacionais e formas de tornar seu trabalho mais competitivo


O BIM é uma metodologia indispensável, especialmente para arquitetos e profissionais que desejam tornar seu trabalho competitivo.

O BIM oferece várias vantagens aos arquitetos: tomar decisões mais informadas sobre escolhas de projeto, visualizar soluções de projeto de forma realista, comunicar efetivamente com o cliente, facilitar a colaboração com outros profissionais e evitar problemas imprevistos durante a fase de construção.

Para fazer tudo isso, é essencial o uso do software BIM para projeto de construção e de sistemas de gerenciamento BIM.

O que é BIM na arquitetura?

BIM em arquitetura é o processo de criação e gerenciamento do modelo de informação da obra a ser construída (ou já construída), útil durante todo o seu ciclo de vida.

É baseado em um modelo inteligente que pode ser criado com softwares de autoria BIM e gerenciado através de plataformas de gerenciamento BIM.

O modelo é configurado como um recipiente de informações no qual objetos 3D (pilares, janelas, paredes, etc.) são associados a informações úteis para o projeto, construção, manutenção ou mesmo demolição da obra (fichas técnicas, informações de energia, detalhes de construção, etc.).

O modelo BIM ajuda a evitar erros de julgamento, trocar informações entre profissionais, clientes e empresas, identificar possíveis interferências entre plantas, soluções estruturais e arquitetônicas, obter automaticamente documentos de projeto (cálculos métricos, horários, documentos gráficos, etc.), economizar tempo e custos, etc.

Além disso, a representação digital do modelo BIM pode ajudar a comunicar ao cliente as escolhas arquitetônicas do projeto, evitando o risco de mal-entendidos.

Por que os arquitetos devem usar o BIM

Os arquitetos devem usar BIM porque é uma metodologia que permite a criação de modelos digitais 3D e o gerenciamento de todas as informações associadas a um projeto (estratigrafia, materiais, custos e tempos de execução, etc.), em todas as etapas de seu ciclo de vida. Estes modelos 3D são representados de forma realista e são os gêmeos digitais do trabalho a ser realizado.

Ao contrário de qualquer modelo CAD 2D ou 3D, o BIM gera modelos compostos de objetos paramétricos que incluem informações e dados úteis em cada etapa do gerenciamento do projeto. Isto permite aos usuários gerenciar informações de forma inteligente, automatizando todos os processos de planejamento, projeto, coleta de documentação, construção, manutenção, renovação e demolição do ativo.

Em resumo, existe uma série de vantagens do BIM, inclusive:

  • melhoria da qualidade do projeto;
  • controle de interferências e redução de erros;
  • visualização realista do resultado graças ao uso de tecnologias de última geração para a comunicação das escolhas do projeto (renderings, apresentações em vídeo, realidade virtual, etc.);
  • economia de tempo na fase de modelagem e projeto;
  • preparação de cálculos métricos e desenhos de projeto automaticamente a partir do modelo BIM;
  • otimização de tempo, custos e recursos;
  • aumento da competitividade;
  • coordenação e colaboração multidisciplinar.

As vantagens do BIM são muitas, vamos nos concentrar nos benefícios mais úteis para os arquitetos.

As vantagens do BIM para arquitetos

Os arquitetos sempre precisam comunicar as escolhas de projeto a seus clientes. Esta fase do processo de projeto pode ser particularmente delicada porque pode levar a mal-entendidos e dificuldades de comunicação que podem comprometer o sucesso do trabalho.

De fato, o cliente nem sempre é capaz de compreender completamente as propostas de projeto do arquiteto visualizando desenhos técnicos tradicionais, tais como plantas, elevações e seções.

Espaços, materiais, soluções detalhadas e iluminação são todos os aspectos que são difíceis de comunicar com os gráficos tradicionais.

BIM, a partir da modelagem 3D, também oferece aos arquitetos e clientes uma série de vantagens ligadas à visualização arquitetônica (Archviz): um método de representação arquitetônica que mostra o projeto de forma extremamente realista e permite visualizar o resultado final de uma obra antes que ela seja realmente construída.

Entre as vantagens do BIM, a possibilidade de utilizar a realidade virtual para visualizar os espaços antes de sua realização

A vantagem de mostrar o projeto com imagens, vídeos ou mesmo experiências de navegação com modelos em tempo real acrescenta qualidade e competitividade ao trabalho do designer.

Para os arquitetos, as principais vantagens do BIM relacionadas ao Archviz são:

  • ter uma idéia clara de como o projeto será na realidade antes de ser implementado;
  • identificar rapidamente os problemas;
  • fazer quaisquer mudanças durante a fase de projeto, evitando variações durante a construção;
  • tornar a apresentação de projetos mais envolvente, especialmente utilizando tecnologias como a realidade virtual que fornecem uma visão única de como será o projeto e tornam claras até mesmo as escolhas arquitetônicas ousadas e complexas;
  • imagine soluções inovadoras em design;
  • evitar erros de julgamento;
  • melhorar a qualidade do projeto;
  • mostram mais facilmente conceitos de design e soluções alternativas que são difíceis de comunicar com os gráficos 2D clássicos;
  • enriquecer o projeto com informações (luzes, materiais, cores, cenários, etc.) que não podem ser representadas por métodos tradicionais;
  • tornar o trabalho mais competitivo e completo;atender às necessidades do cliente.

Para maiores informações sobre o assunto, leia o artigo: “Architectural Visualization: o que é e por que é importante“.

 

usbim
usbim