Home » CDE e plataformas colaborativas » As novas fronteiras do BIM nos procurement sustentáveis e digitais

procurement sustentáveis em BIM

As novas fronteiras do BIM nos procurement sustentáveis e digitais

O BIM redefine o procurement com estratégias sustentáveis e digitais. Descubra como o processo de aquisição de serviços e materiais está mudando


O Building Information Modeling (BIM) está revolucionando o setor da construção não apenas no design e na construção, mas também no procurement, ou seja, na aquisição de bens e serviços. Com o advento de estratégias cada vez mais orientadas para a sustentabilidade e eficiência digital, entender essas novas fronteiras é essencial para todos os profissionais do setor.

Introdução ao procurement sustentável no BIM

Os procurement sustentáveis em BIM não se refere apenas à aquisição de materiais e serviços ecologicamente corretos, mas também à promoção de práticas éticas e socialmente responsáveis ao longo de toda a cadeia de valor. Esse enfoque holístico visa maximizar o valor a longo prazo para todas as partes interessadas, com múltiplos e tangíveis benefícios: favorece a redução do impacto ambiental através da seleção de materiais com baixo consumo energético, a otimização do ciclo de vida do edifício e a redução de resíduos de construção; promove a inovação tecnológica e a colaboração entre as partes interessadas, incentivando o desenvolvimento e adoção de soluções mais eficientes e sustentáveis.

Ao mesmo tempo, os procurement sustentáveis em BIM enfrenta desafios únicos, como a necessidade de identificar e avaliar de forma precisa o impacto ambiental e social dos materiais e processos envolvidos no projeto.

E é precisamente graças à disponibilidade de dados detalhados e ferramentas analíticas avançadas oferecidas pelo BIM, que é possível enfrentar esses desafios de forma eficaz, tomando decisões informadas e responsáveis.

O papel do BIM na renovação do procurement

O papel do BIM na renovação do procurement é fundamental para transformar radicalmente a maneira como materiais, serviços e recursos são adquiridos no setor da construção. O BIM não é apenas uma ferramenta de design e construção, mas também um catalisador para a otimização dos processos e aumento da eficiência ao longo de toda a cadeia de valor.

Em primeiro lugar, o BIM, através do uso de ferramentas de gestão BIM específicas, permite uma melhor gestão e compartilhamento das informações relacionadas ao projeto, possibilitando uma comunicação mais eficaz entre todas as partes envolvidas no processo de procurement. Isso leva a uma maior transparência e coordenação, reduzindo o risco de erros e conflitos durante a fase de aquisição.

procurement sustentáveis em BIM

Em segundo lugar, o BIM facilita análises e avaliações aprofundadas sobre as possíveis opções de procurement sustentável. Através da modelagem e simulação digital, é possível examinar o impacto ambiental e social de diferentes decisões de procurement, permitindo que as partes interessadas tomem decisões informadas e responsáveis.

Além disso, o BIM favorece a padronização e racionalização dos processos de procurement, reduzindo os tempos e custos associados à aquisição de materiais e serviços. A criação de bibliotecas digitais de componentes e materiais padronizados permite uma seleção mais rápida e precisa durante a fase de projeto, reduzindo a necessidade de procedimentos de procurement complexos e dispendiosos (sobre o assunto, leia também “Gestão de ativos de construção: estratégias e benefícios“).

Por fim, o BIM apoia a implementação de práticas de procurement colaborativo e baseado em resultados. O compartilhamento de modelos e dados em tempo real facilita a colaboração entre as diferentes disciplinas envolvidas no projeto, permitindo a construção de relações de confiança e parcerias de longo prazo entre fornecedores, subcontratados e clientes.

A influência das tecnologias digitais: a ascensão do e-procurement

As tecnologias digitais revolucionaram a forma como gerenciamos o procurement na construção civil: o BIM serve como ponte entre o design e a gestão do ciclo de vida das construções, permitindo uma visão integrada e colaborativa do processo.

Acabamos de discutir os benefícios trazidos por essa integração e que podem ser resumidos da seguinte forma:

  1. melhoria na comunicação: o BIM facilita o compartilhamento de informações em tempo real entre todos os atores envolvidos no processo de procurement, reduzindo atrasos e ambiguidades.
  2. Otimização do planejamento: os modelos BIM fornecem uma representação digital precisa do projeto, permitindo um planejamento mais preciso dos prazos e dos recursos necessários para o abastecimento.
  3. Redução de erros e custos: graças à visualização tridimensional dos projetos, é possível identificar e resolver quaisquer conflitos ou problemas antes que ocorram durante a fase de construção, evitando atrasos e alterações dispendiosas.
  4. Rastreabilidade e controle: o uso do BIM no procurement permite um rastreamento completo dos materiais e componentes utilizados na construção, melhorando a conformidade regulatória e a gestão de riscos.

procurement sustentáveis em BIM

O e-Procurement no contexto do BIM

O e-procurement, ou procurement eletrônico, representa uma evolução natural no contexto do BIM. Essa prática envolve o uso de plataformas digitais para gerenciar o processo de procurement, desde a solicitação de cotações até a seleção de fornecedores e a gestão de contratos. No contexto do BIM, o e-procurement oferece uma série de vantagens específicas:

  1. acesso a um banco de dados global de fornecedores: as plataformas de e-procurement oferecem acesso a uma vasta rede de fornecedores qualificados e certificados, permitindo uma seleção mais precisa e direcionada.
  2. Automatização dos processos: a automatização dos processos de procurement reduz a dependência de procedimentos manuais, melhorando a eficiência e reduzindo o risco de erros humanos.
  3. Monitoramento de custos e impacto ambiental: as plataformas de e-procurement integram ferramentas de monitoramento de custos e análise de impacto ambiental, permitindo uma gestão mais precisa e sustentável dos recursos.
  4. Rastreabilidade dos materiais: através da integração com o BIM, as plataformas de e-procurement permitem uma rastreabilidade completa dos materiais utilizados na construção, melhorando a transparência e a conformidade regulatória.

Estudos e iniciativas para um futuro verde

O procurement sustentável é um componente fundamental para alcançar os objetivos de desenvolvimento sustentável das Nações Unidas no contexto da construção. Através de uma seleção criteriosa de materiais e serviços, a promoção de processos produtivos eficientes e a adoção de práticas éticas ao longo de toda a cadeia de abastecimento, contribui-se significativamente para a redução do impacto ambiental e a promoção de condições sociais e econômicas mais equilibradas.

A indústria da construção, apoiada pelo BIM, desempenha um papel fundamental na consecução desses objetivos, adotando práticas que respeitem o meio ambiente e a sociedade.

A importância do BIM na gestão de materiais

Os materiais são a espinha dorsal de qualquer projeto de construção. Uma gestão eficaz não apenas reduz resíduos e melhora a sustentabilidade, mas também pode influenciar significativamente a economia e a sociedade. No entanto, apesar do aumento do consumo de materiais e do surgimento de políticas globais para uma gestão sustentável, muitos no setor da construção permanecem inconscientes do impacto significativo que uma gestão eficaz de materiais pode ter nas decisões sustentáveis.

A implementação do BIM oferece uma oportunidade única para melhorar a gestão de materiais no procurement sustentável, permitindo, como visto, uma avaliação precisa, uma rastreabilidade eficaz e uma gestão otimizada dos recursos materiais, contribuindo assim para o alcance dos objetivos de sustentabilidade na construção.

Conclusão

A integração de práticas digitais no procurement sustentáveis em BIM representa uma mudança significativa para o setor da construção. À medida que nos aproximamos de um futuro onde a sustentabilidade é indispensável, compreender e adotar essas estratégias torna-se fundamental. Através do BIM, é possível construir não apenas edifícios, mas também um futuro mais verde e eficiente.

 

usbim-platform
usbim-platform