Home » BIM e Projeto de construção » Revestimento para fachada de alumínio

Revestimento para fachada de alumínio

Revestimento para fachada de alumínio

Durabilidade, resistência e grande potencial estético: por que escolher o revestimento para fachada de alumínio dos seus projetos

Optar por um revestimento para fachada de alumínio nos edifícios com materiais duráveis e resistentes é sempre uma escolha acertada. Isso permite limitar as intervenções de manutenção ao longo do tempo e agregar valor ao imóvel como um todo. Além disso, ao optar por uma fachada ventilada ou um revestimento com boas características termoisolantes, é possível minimizar consideravelmente as perdas térmicas do edifício e obter benefícios relevantes no conforto interno e nos gastos com climatização.

Leia este artigo para explorar detalhadamente as características e benefícios dos revestimento para fachada de alumínio.

revestimento para fachada de alumínio

O alumínio na construção

O alumínio é um metal relativamente recente. Apesar de ser o terceiro elemento mais abundante na Terra, depois do oxigênio e do silício, é o mais jovem entre os metais de uso industrial, sendo produzido em escala industrial há pouco mais de 100 anos. A técnica para transformar a bauxita em alumina foi patenteada no final do século XIX, lançando as bases para os métodos industriais de produção de alumínio ainda utilizados hoje.

O alumínio é um material altamente eficiente, com propriedades que incluem leveza, durabilidade, condutividade elétrica e térmica, maleabilidade, valor estético, higiene, resistência à corrosão, resistência ao fogo e reciclabilidade.

Essas características fazem com que o alumínio seja amplamente utilizado em diversos setores, incluindo a construção civil. A indústria da construção europeia, por exemplo, utiliza aproximadamente 1,2 milhão de toneladas de alumínio por ano. Esse material é encontrado em vários elementos construtivos, como revestimentos de telhados e fachadas, esquadrias, escadas, parapeitos e outras estruturas.

É justamente no contexto dos revestimentos para fachadas que o alumínio oferece maior flexibilidade e inovação nas escolhas de projeto. Apesar de sua forma pura ser pouco resistente, a adição de elementos ligantes e processos de produção adequados permite a criação de ligas de alumínio com propriedades físicas e mecânicas desejadas.

As ligas usadas nos produtos de alumínio para construção criam uma camada superficial de óxido que confere resistência à água, corrosão e aos efeitos nocivos dos raios UV. Essa camada protetora pode ser ainda mais fortalecida pelo processo de oxidação anódica, produzindo alumínio anodizado.

Com base em dimensões e características específicas, os revestimentos em alumínio para fachadas se dividem em:

  • chapas – elementos de grande formato, especialmente indicados para estruturas de grandes dimensões. Podem ser:
    • pregueadas;
    • rebitadas;
    • onduladas;
    • perfuradas;
    • decorativas;
  • placas – elementos de formato menor e com espessura maior em comparação com as chapas;
  • réguas – elementos de pequenas dimensões em largura, mas com dimensões consideráveis em comprimento, podendo chegar a 13 metros.

Esses painéis podem ser totalmente personalizados em forma e acabamento, oferecendo opções como chapas moldadas, placas e réguas estampadas e moldadas plasticamente, com acabamentos anodizados, pintados em várias cores, acetinados, opacos, escovados, entre outros.

Fachada de edifício com revestimento em alumínio pintado

Edifício com revestimento para fachada de alumínio pintado

Para escolher o acabamento mais adequado ao projeto, dentre os muitos disponíveis, e ter controle total sobre as escolhas estéticas da fachada, é possível utilizar um software 3D para projetos de construção. Essas ferramentas oferecem um auxílio valioso para evitar escolhas erradas e erros de avaliação. De fato, criando o modelo 3D do edifício, completo com materiais, texturas e acabamentos, é possível visualizá-lo de forma realista como se tudo já estivesse efetivamente construído. Com renderizações e visitas virtuais do modelo, você evita surpresas desagradáveis no canteiro de obras ao avaliar as escolhas de forma apropriada e preventiva. Adicione as texturas, visualize-as, faça modificações até encontrar a solução que mais lhe convém.

Renderização de fachada contínua

Renderização de fachada contínua

Revestimento para fachada de alumínio

Apesar de ter uma função decorativa, os revestimentos para fachadas são principalmente utilizados para garantir isolamento térmico e proteção dos edifícios contra agentes atmosféricos. No entanto, hoje o mercado oferece revestimentos de fachada com muitas características de desempenho importantes, como resistência ao fogo, a impactos, propriedades auto-limpantes, características ecológicas, etc.

Os materiais mais utilizados para revestir fachadas são o metal, a pedra e a madeira.

Os revestimentos metálicos são conhecidos por sua durabilidade excepcional. Além do alumínio, entre os metais mais utilizados para revestir fachadas estão também o titânio e o bronze.

Os revestimentos de pedra (natural ou composta) têm uma boa durabilidade que varia de acordo com a espessura e a exposição a condições atmosféricas extremas.

Os revestimentos de madeira (natural ou processada) representam a opção mais adequada para casas de estilo rústico, mas ainda são relativamente caros e tendem a deteriorar-se com o tempo se não forem tratados adequadamente.

Dependendo do tipo de instalação, os revestimentos para fachadas podem ser:

  • a pele única se o revestimento for fixado diretamente na estrutura do edifício;
  • a dupla pele (fachada ventilada) se for composto por várias camadas, incluindo isolamento e câmara de ar.

A fachada ventilada

A fachada ventilada é um sistema construtivo projetado para melhorar o desempenho térmico dos edifícios por meio de uma gestão eficaz do calor, redução da carga térmica e melhoria do isolamento térmico. Esse sistema é composto por diferentes camadas, cada uma com uma função específica, e o uso de revestimentos em alumínio contribui significativamente para otimizar o comportamento térmico do edifício.

Esse sistema é baseado em um conceito de estratificação, onde uma camada de revestimento externo em alumínio atua como barreira protetora contra agentes atmosféricos. A fachada ventilada cria um espaço de ar entre o revestimento e a estrutura de suporte do edifício, permitindo a circulação natural do ar. Essa separação térmica ajuda a isolar o edifício, reduzindo as cargas térmicas externas e internas. O revestimento de alumínio, além de conferir um aspecto estético moderno, oferece resistência à corrosão e aos agentes atmosféricos. As chapas, placas ou réguas de alumínio, personalizáveis em forma e acabamento, são fixadas a uma subestrutura microventilada, geralmente em madeira, alumínio ou aço inoxidável.

Revestimento de fachada metálico

Revestimento de fachada metálico (alumínio)

O uso da fachada ventilada em combinação com revestimentos de alumínio não apenas ajuda a melhorar a eficiência energética e o desempenho térmico dos edifícios, mas também oferece uma ampla flexibilidade de design, permitindo soluções personalizadas e sustentáveis ao longo do tempo.

A tecnologia da fachada ventilada, associada ao revestimento em alumínio, permite o uso desse material tanto em novas construções quanto em reformas, contribuindo significativamente para melhorar o desempenho energético, o conforto e a segurança dos edifícios.

A fachada ventilada em alumínio é composta por pelo menos 4 camadas:

  • revestimento externo em alumínio: o revestimento em alumínio desempenha o papel principal de proteger o edifício contra agentes atmosféricos, como chuva, vento, neve e raios UV. A leveza e a resistência à oxidação do alumínio o tornam ideal para essa função, garantindo durabilidade ao longo do tempo e uma estética agradável.
  • Câmara de ar: entre o revestimento e a estrutura de suporte do edifício, é criado um espaço de ar ventilado. Essa camada de ventilação permite a passagem de ar, criando uma barreira térmica que reduz as cargas térmicas externas e internas. O ar em movimento favorece a dissipação do calor acumulado, contribuindo para manter a temperatura interna mais estável e limitando o risco de formação de mofo e condensação.
  • Isolamento térmico: dentro da fachada ventilada, há uma camada de isolamento térmico. Essa camada adicional contribui para reduzir a perda de calor do edifício durante o inverno e limitar a entrada de calor externo durante o verão. O isolamento térmico é fundamental para garantir um conforto térmico ideal e reduzir o consumo de energia relacionado ao aquecimento e ar-condicionado.
  • Camada de suporte interna: na base da fachada ventilada, há uma camada de suporte interna que conecta o sistema à estrutura de suporte do edifício.

A utilidade de uma fachada ventilada para o desempenho térmico do edifício reside na sua capacidade de gerir de forma eficiente o fluxo térmico. A ventilação reduz o sobreaquecimento no verão e previne a formação de pontes térmicas, enquanto o isolamento térmico mantém uma temperatura interna constante no inverno. Esta abordagem contribui significativamente para reduzir o consumo energético do edifício, melhorando a sua eficiência energética global. Além disso, a fachada ventilada pode ser parte integrante de estratégias de design sustentável, oferecendo conforto térmico aos ocupantes e reduzindo o impacto ambiental do edifício a longo prazo.

Por que escolher um revestimento para fachada de alumínio?

  • Leveza: é um metal leve, o que simplifica o processo de instalação do revestimento e reduz a carga na infraestrutura do edifício. Esta característica é especialmente vantajosa em termos de transporte e manuseio dos materiais.
  • Resistência à corrosão: é naturalmente resistente à corrosão. A formação de uma camada de óxido na superfície protege o metal dos agentes atmosféricos, tornando o revestimento mais durável ao longo do tempo, especialmente em ambientes marinhos ou em condições atmosféricas adversas.
  • Versatilidade de design: é extremamente flexível e pode ser moldado em uma variedade de formas. Isso permite aos designers criar fachadas com designs únicos e criativos, personalizando o aspecto estético do edifício.
  • Acabamentos: os revestimentos de alumínio estão disponíveis em uma ampla gama de acabamentos, incluindo pintura, anodização e outras técnicas de tratamento de superfície. Isso oferece muitas opções de personalização em termos de cor, brilho e textura.
  • Baixa manutenção: o alumínio requer pouca manutenção ao longo do tempo. Sua resistência à corrosão reduz a necessidade de intervenções frequentes de manutenção e pintura em comparação com outros materiais.
  • Reciclabilidade: o alumínio é altamente reciclável sem perda significativa de suas propriedades. Isso o torna uma escolha sustentável e amiga do ambiente, alinhada com as crescentes preocupações com a sustentabilidade no design e construção de edifícios.
  • Isolamento térmico: alguns revestimentos de alumínio são projetados com características isolantes, contribuindo para melhorar a eficiência energética do edifício e manter um ambiente interno confortável;
  • Durabilidade: o alumínio é resistente e pode suportar condições atmosféricas adversas sem degradação. Essa durabilidade se traduz em uma vida útil mais longa do revestimento.

Globalmente, a combinação de leveza, resistência, versatilidade de design e sustentabilidade torna o alumínio uma escolha popular para o revestimento de fachadas, atendendo a exigências estéticas, funcionais e ambientais na construção de edifícios modernos.

 

 

edificius
edificius