Home » BIM e profissões » Softwares MEP: os mais usados pelos engenheiros

Softwares MEP: os mais usados pelos engenheiros

Confira a lista atualizada dos softwares MEP preferidos pelos engenheiros para modelar e calcular as instalações

Os softwares MEP ajudam os profissionais do setor da construção no projeto de instalações.

Você está procurando um software MEP? Confira a lista atualizada das ferramentas mais utilizadas por engenheiros e projetistas responsáveis pela modelagem, dimensionamento e cálculo de instalações mecânicas, elétricas e hidráulicas.

A imagem mostra os logos dos principais softwares MEP usados pelos engenheiros

Principais softwares MEP usados pelos engenheiros

Os softwares MEP mais utilizados pelos engenheiros

Aqui está a lista atualizada dos softwares MEP, atualmente no mercado, preferidos pelos engenheiros:

  • usMEP – as ferramentas MEP integradas no software de arquitetura 3D Edificius para modelar, projetar e dimensionar instalações diretamente em um único software BIM, a partir do modelo arquitetônico. A solução oferece uma visão geral do sistema edifício-instalações que permite:
    • otimizar o projeto;
    • avaliar os gabaritos da instalação diretamente do modelo 3D;
    • detectar e resolver qualquer interferência com o modelo arquitetônico;
    • melhorar a colaboração com os profissionais envolvidos e otimizar prazos e custos de entrega dos projetos.

    Você dispõe de muitos recursos de modelagem, uma rica biblioteca de objetos BIM customizáveis conforme necessário e um modelador 2D / 3D com conexões inteligentes e alinhamentos automáticos. Também consegue automaticamente documentos, tabelas, ábacos e cálculos a partir do modelo 3D BIM.

  • AutoCAD MEP – o software de projeto de instalações AutoCAD para projetistas e modeladores responsáveis por sistemas MEP. Trabalhar no ambiente AutoCAD oferece produtividade imediata e permite aos profissionais implementarem ferramentas de projeto específicas para cada disciplina.
  • Revit MEP – ajuda engenheiros, projetistas e empreiteiros a coordenar seu trabalho e modelar instalações com um alto nível de detalhes. Permite usar um único modelo 3D para melhorar a comunicação e as escolhas de projeto, antes de sua realização. Também possibilita simulações e detecção de interferências no início do processo de projeto.
  • HEC-RAS – software desenvolvido para o Corpo de Engenheiros do Exército dos EUA (USACE), que permite realizar cálculos de fluxo constante unidimensional, bem como cálculos de fluxo instável unidimensional e bidimensional.
  • AutoPIPE – software completo e avançado especializado em análise de tensões de tubos, com ferramentas intuitivas para modelagem e análises avançadas. Garante fluxos de trabalho eficientes entre engenheiros e projetistas por meio da interoperabilidade com os principais aplicativos de projeto de instalações. Inclui recursos especiais para análise avançada de tubos enterrados, detecção de interferências e carregamento de ondas, além de permitir a integração com outros aplicativos.
  • SolidWorks Flow Simulation – solução intuitiva para análise de dinâmica de fluidos computacional (CFD) e simulação térmica, totalmente integrada ao ambiente SolidWorks.

Embora representem apenas uma pequena parte das ferramentas existentes no mercado, os softwares MEP mencionados são os mais utilizados pelos profissionais do setor.

Em geral, não há um software MEP que seja absolutamente melhor que outro. A sugestão é sempre escolher de acordo com suas necessidades e o tipo de trabalho a ser feito.

O que é um software MEP?

O MEP é um software que permite que engenheiros, projetistas e empresas projetem instalações mecânicas, elétricas e hidráulicas a partir da modelagem 3D. A sigla MEP, na verdade, significa Mecânica, Elétrica e Hidráulica.

Estas soluções simplificam e melhoram o projeto, a modelagem e a implementação de instalações, além de garantir sua perfeita integração com o edifício onde estão inseridas. Os softwares MEP, de fato, permitem que os projetistas executem simulações muito realistas, evitando interferências entre o modelo das instalações e os modelos arquitetônico e estrutural.

A imagem mostra o modelo BIM MEP

Modelo BIM MEP

Para ser incluído na categoria MEP, um software deve:

  • possuir recursos para projetar sistemas mecânicos, elétricos e hidráulicos;
  • detectar quaisquer conflitos e interferências já na fase de projeto;
  • oferecer recursos de relatórios para ajudar os usuários a tomar decisões informadas e conscientes no processo de realização da obra.

Os softwares MEP estão intimamente relacionados aos softwares BIM para construção e muitas vezes integrados em uma única solução para projetar instalações e elementos arquitetônicos em um único modelo 3D BIM. Essas ferramentas oferecem a vantagem de:

  • projetar diretamente em 3D;
  • projetar de forma integrada e interdisciplinar;
  • verificar qualquer interferência entre o modelo das instalações e os modelos arquitetônico e estrutural;
  • agilizar e automatizar a criação de gráficos, tabelas, detalhes 2D / 3D, diagramas de instalação, orçamentos, relatórios de cálculos, etc.;
  • tomar decisões mais informadas porque verificadas em modelos 3D claros e realistas;
  • reduzir a possibilidade de erros e problemas no canteiro de obras;
  • respeitar os tempos e custos estimados na fase de projeto;
  • comunicar claramente as escolhas do projeto aos profissionais e clientes;
  • gerenciar a obra mesmo durante a fase de manutenção.

 

edificius
edificius