Home » BIM e Arquitetura » Softwares para modelagem 4D: o que são e para que servem

A imagem ilustra o conceito de cronograma de obras

Softwares para modelagem 4D: o que são e para que servem

Gerenciar tempos e organizar atividades: confira o que são e para que servem os softwares para a modelagem 4D

Gerenciar as várias operações e atividades de um contrato de construção através de um modelo BIM requer uma conexão e integração contínua com as várias ferramentas disponíveis para o projeto e a modelagem.

Neste artigo, vamos te explicar o que é a modelagem 4D, o que são os softwares para a modelagem 4D e o que eles fazem para te ajudar a gerenciar seu tempo.

Também te apresentamos um exemplo prático realizado com o Edificius, nosso software de aquitetura BIM, para você entender todo o potencial desse aspecto do BIM. Para saber mais, visite nosso site e baixe o Edificius.

A imagem ilustra a relação entre tempo, custos e cronograma

Software para modelagem 4D | O gerenciamento do tempo no BIM

Modelagem 4D: o que é?

Primeiro, vamos te explicar o que é a quarta dimensão do BIM, ou seja, a simulação da obra ou de seus elementos em função do tempo e do espaço.

O termo “modelagem 4D“, de fato, se refere à conexão entre o modelo tridimensional da construção (3D) e o cronograma das obras a serem realizadas nela (4D). Desta forma, é possível visualizar todas as atividades para fazer no canteiro de obras, incluindo veículos e trabalhadores, e então aprimorar a organização dos tempos.

Muitas vezes, esta dimensão é a menos explorada e utilizada ao longo da vida útil da obra (construção, manutenção, etc.). Isso pode afetar negativamente o gerenciamento dos tempos, até causando aumentos significativos de custos.

O modelo 4D permite visualizar imediatamente a evolução da obra ao longo do tempo, mas apenas se os elementos do modelo 3D estiverem vinculados às suas atividades de planejamento. Portanto, a modelagem 3D deve ser gerenciada de forma coerente com o planejamento de cada atividade em todas as diferentes fases.

Além disso, também se devem levar em conta as obras provisórias e todos aqueles elementos que servem à organização do canteiro de obras. Isso, de fato, possibilita um gerenciamento de tempos e custos mais detalhado, alterável conforme necessidade.

A imagem mostra a interface do ambiente para modelagem 4D no Edificius

Edificius – modelagem 4D

Softwares para modelagem 4D: o que são e para que servem

Os softwares para a modelagem 4D são ferramentas que permitem gerenciar as atividades a serem realizadas em um contrato de construção, pois proporcionam um plano organizado em relação a tempos, trabalhadores e custos.

Antes de chegar aos atuais softwares para modelagem 4D, tinha muitas maneiras diferentes de gerenciar melhor as atividades para a realização de uma obra.

No passado, os modelos 4D costumavam ser feitos à mão pelo responsável pelo gerenciamento dos vários tipos de atividades (construção, desenho, atividades de canteiro de obras, etc.). O resultado final era uma simples Linha do tempo (Timeline) com atividades diferenciadas por cores distintas. Não havia uma relação direta entre o modelo e a atividade. Por isso, cada modificação do modelo resultava em uma reelaboração do cronograma.

Posteriormente, surgiram os softwares CAD, que digitalizaram o que antes era em papel. As atividades continuavam sendo diferenciadas por cores, mas tinha opções de habilitação e desabilitação que tornavam o modelo mais interativo. Era possível criar imagens e animações para esclarecer o entendimento do cronograma, mesmo graças à colaboração entre os diferentes atores envolvidos. No entanto, ainda não era possível vincular diretamente o modelo às atividades. Mesmo com o CAD, na verdade, cada modificação do modelo implicava a atualização manual de cronograma, vídeos e imagens, levando o uso dessa ferramenta (quase sempre) para as fases de projeto.

Hoje, com o desenvolvimento contínuo do BIM, os softwares para a modelagem 4D permitem gerenciar melhor as diversas atividades: você pode manter o modelo 4D constantemente sincronizado com as diferentes mudanças que são feitas. Além disso, pode:

  • importar os vários modelos BIM, verificando todas as informações necessárias para a modelagem correta (geometria, nomes e hierarquia dos elementos, etc.);
  • federar diferentes modelos 3D BIM;
  • adicionar todos os objetos incluídos em certas atividades, mesmo não diretamente relacionadas com a obra (por exemplo, os objetos presentes em um depósito de materiais);
  • criar animações simulando a evolução do projeto;
  • compartilhar todo o modelo 4D com seus colegas;
  • exportar o diagrama obtido.

Exemplo prático realizado com o Edificius

Vamos agora ver como gerenciar as atividades ao longo do tempo, no processo de realização das obras, com a ajuda do Edificius e de seu ambiente dedicado ao gerenciamento dos tempos do projeto.

Acessando esse ambiente, você encontra a tela dividida em duas partes sobrepostas:

  • uma janela, no topo, mostrando o modelo 3D do seu projeto;
  • uma janela, na parte inferior, mostrando o diagrama de GANTT.

Na Linha do tempo, você pode associar a cada atividade / processo todos os elementos do projeto resultantes do modelo 3D. Isso é possível fazê-lo para todos os processos relacionados às várias fases da execução das obras (demolição e remoção, reconstrução, etc.), com um simples Arrastar e soltar (Drag&Drop).

Na mesma janela, você consegue verificar toda fase operacional graças à Renderização em Tempo Real, com a qual pode iniciar e gravar o vídeo da apresentação.

Enfim, nela também é possível gerar o documento da Linha do tempo, que você pode imprimir diretamente do Edificius ou exportar para PDF.

Veja como, com poucos e simples passos, consegue planejar atividades atribuindo uma dimensão temporal ao seu modelo BIM, graças à função específica do Edificius, assim simulando sua evolução nas diferentes fases do projeto.

E tem mais: você até pode compartilhar o projeto com seus colegas aproveitando os recursos do usBIM, o sistema de BIM Management escalável e configurável da ACCA.

 

Baixe o exemplo realizado com o Edificius

 

edificius
edificius