Home » Notícias sobre BIM » Tipos de gerenciamento de construção: melhores práticas a seguir

Tipos de gerenciamento de construção: melhores práticas a seguir

Descubra os diferentes tipos de gerenciamento de projetos de construção, desde os papéis-chave do gerente de projeto até as novas tecnologias como BIM e IA

O gerenciamento de projetos de construção (project management) é um campo em constante evolução. Os projetos estão se tornando cada vez mais complexos e a gestão, mais delicada. Para garantir que nenhum detalhe seja negligenciado e que não ocorram erros na gestão dos projetos, é essencial adquirir muita experiência na indústria e ter um bom conhecimento das novas tecnologias e dos softwares de gerenciamento de construção. Este artigo pode ser útil para você, pois fornece muitas informações úteis e descreve as várias abordagens adotadas na indústria da construção: desde metodologias tradicionais até as mais inovadoras.

Introdução ao Gerenciamento de Projetos de Construção

A indústria da construção passou por uma rápida transformação na última década, não apenas em técnicas de construção, mas também em tipos de gerenciamento de projetos. Mas o que é exatamente o “gerenciamento de projetos de construção”?
O gerenciamento de projetos de construção é um processo complexo que envolve o planejamento, organização, execução e controle de todas as atividades envolvidas na realização de um projeto de construção. A pessoa responsável por essas tarefas é o Gerente de Projetos, um papel fundamental para garantir que o projeto seja concluído de maneira eficiente, dentro dos prazos previstos e dentro do orçamento e das especificações solicitadas.

Aqui estão alguns pontos-chave a serem considerados no gerenciamento de projetos de construção:

  • planejamento detalhado: começa com a criação de um plano detalhado do projeto. Este plano deve incluir objetivos, marcos, atividades, recursos necessários, orçamento e prazos de execução. Um planejamento cuidadoso ajuda a evitar atrasos e surpresas durante a execução.
  • Definição de responsabilidades: estabelece claramente quais são as responsabilidades de cada membro da equipe. Isso é fundamental para evitar ambiguidades e garantir que todos estejam completamente cientes de seu papel e das atividades a serem realizadas.
  • Gerenciamento de recursos: aloca os recursos necessários para cada atividade. Isso pode incluir pessoal, equipamentos, materiais, etc.
  • Comunicação eficaz: mantém uma comunicação constante e aberta com todas as partes interessadas, incluindo a equipe, os clientes e as autoridades competentes. Uma comunicação clara reduz mal-entendidos e permite lidar prontamente com quaisquer problemas.
  • Gerenciamento de riscos: identifica e avalia os riscos potenciais associados ao projeto, tanto em termos de custo quanto de prazo. Planeja estratégias para mitigar ou enfrentar esses riscos ao longo do projeto.
  • Monitoramento e controle: acompanha o progresso do projeto em relação ao plano estabelecido. Se houver desvios, ação é tomada imediatamente para corrigi-los e minimizar seu impacto no resultado final.
  • Gerenciamento de mudanças: projetos de construção frequentemente passam por mudanças durante a execução. É importante ter um processo definido para gerenciar essas mudanças de forma estruturada e documentada, levando em consideração os efeitos nos custos, prazos e qualidade.
  • Controle de qualidade: garante que o trabalho realizado esteja em conformidade com os padrões de qualidade estabelecidos; isso pode exigir inspeções regulares e testes para garantir que o projeto se desenvolva da maneira desejada.
  • Gerenciamento de documentos: mantém uma documentação precisa de todas as etapas do projeto, incluindo comunicações, planos, mudanças feitas e decisões tomadas; essa documentação é útil para fins legais, mas também para transparência e continuidade.
  • Encerramento do projeto: uma vez concluído o projeto, garante que todos os detalhes sejam tratados, incluindo verificações finais, entregas e obrigações contratuais; também avalia o que funcionou bem e o que pode ser aprimorado para projetos futuros.

Para realizar todas essas atividades, o suporte de um software de gerenciamento de construção é essencial.

plano de gerenciamento de risco de construção

Plano de gerenciamento de risco de construção

Visão geral das metodologias mais comuns

Cada canteiro de obras e projeto apresenta seus próprios desafios. É por isso que existem várias metodologias para gerenciá-los da melhor forma possível.

Project Management Body of Knowledge (PMBOK)

O PMBOK é um guia que abrange as melhores práticas de gerenciamento de projetos. Na construção, o PMBOK é um guia abrangente que define um conjunto de conhecimentos e práticas padrão para o gerenciamento de projetos. Ele oferece um quadro para planejar, executar e monitorar projetos, garantindo que eles cumpram prazos e orçamentos. Esse framework foi desenvolvido pelo Project Management Institute (PMI), uma organização profissional internacional focada em gerenciamento de projetos.
O PMBOK é uma referência fundamental para profissionais de gerenciamento de projetos e fornece um quadro metodológico completo para o sucesso de um projeto em todos os aspectos, desde as fases iniciais até o encerramento. Sua importância é reconhecida globalmente, pois estabelece uma base comum de conhecimento e terminologia na indústria de gerenciamento de projetos.

Abordagem ágil na construção

No contexto da construção, a abordagem “ágil” refere-se a uma filosofia e metodologia de gerenciamento de projetos que visa melhorar a eficiência, a flexibilidade e a colaboração durante o processo de construção. O ágil nasceu inicialmente na indústria de software, mas nos últimos anos encontrou aplicação em várias indústrias, incluindo a construção.
A abordagem ágil é baseada em princípios-chave que incluem a flexibilidade para responder a mudanças, colaboração ativa com as partes interessadas e foco na entrega de valor em intervalos curtos e frequentes. No contexto da construção, o ágil pode ser interpretado e adaptado para se adequar às especificidades do setor.

Lean Construction

Influenciada pelos processos de manufatura, a Lean Construction visa reduzir o desperdício e aumentar o valor, otimizando fluxos e recursos. Para saber mais, leia também “Lean construction: 6 princípios-chave e vantagens no AECO“.

Papéis e responsabilidades do gerente de projetos na indústria da construção

Por trás de cada grande edifício, há um grande gerente de projeto. Mas quem exatamente é e quais são suas responsabilidades?
O Gerente de Projetos na indústria da construção é a pessoa encarregada de gerenciar o projeto de construção e é responsável por ele desde o início até o fim.

Precisamente porque acompanha e conhece o projeto em todas as suas fases, ele é uma das figuras mais importantes no setor AEC: ele é responsável pela supervisão e colaboração com as várias partes interessadas do projeto, incluindo o cliente, o designer, o empreiteiro geral, os empreiteiros e subempreiteiros, e lidera a equipe de especialistas em construção com o objetivo final de concluir uma construção de qualidade.

Habilidades essenciais

Desde a coordenação das equipes até o gerenciamento do orçamento, o gerente de projeto deve ter uma ampla gama de habilidades, incluindo:

  • compreender as necessidades e requisitos do cliente;
  • concordar com prazos, custos e recursos necessários para a realização do projeto;
  • elaborar um plano detalhado para a conclusão de cada fase do projeto;
  • selecionar e liderar a equipe do projeto;
  • negociar com empreiteiros e fornecedores;
  • liderar uma equipe multidisciplinar;
  • garantir a cooperação e a comunicação entre as várias partes interessadas;
  • supervisionar mais de um projeto ao mesmo tempo;
  • garantir o gerenciamento de custos, prazos e padrões de qualidade para cada fase do projeto;
  • atualizar periodicamente os clientes e partes interessadas sobre o progresso do projeto;
  • resolver quaisquer problemas ou atrasos;
  • conhecer as várias áreas do setor da construção;
  • preparar propostas de licitação.

Como a gestão varia de acordo com o tipo de projeto

Nem todos os projetos são iguais. O tipo de gestão pode variar de acordo com a escala, orçamento ou especificações do canteiro de obras.
Se você quiser saber mais sobre o papel do gerente de projeto, leia também: “Gerente de Projeto de Construção: quem é e como se tornar um?“.

Melhores práticas no gerenciamento de projetos de construção

Conhecer as metodologias é apenas o começo. Aqui estão algumas práticas que provaram sua eficácia no campo.

Acompanhamento de custos e planejamento de prazos

Acompanhar custos e planejar com antecedência é essencial para evitar surpresas. Como garantir que tudo permaneça dentro do esperado? Existem softwares de gerenciamento de construção que ajudam a planejar atividades e prazos de forma a manter o orçamento previsto.

Gestão de riscos no canteiro de obras

De condições climáticas adversas a atrasos na entrega de materiais, os riscos estão por toda parte. Um bom gerente de projeto sabe como antecipá-los e gerenciá-los dentro dos custos e prazos planejados.

Revolução tecnológica na indústria da construção

A tecnologia está mudando a cara da construção. Vamos explorar algumas das inovações mais promissoras.

Modelagem da Informação da Construção (BIM)

O BIM é muito mais do que um software de desenho 3D. Ele permite um planejamento, design e gerenciamento ótimos de edifícios ao longo de todo o seu ciclo de vida. Para mais informações sobre como o BIM é aplicado ao gerenciamento de projetos, recomendo a leitura do artigo: Como o BIM ajuda no gerenciamento de projetos?

Inteligência artificial e IoT na construção

De drones que sobrevoam canteiros de obras a plataformas de IA que otimizam a logística, a IA e a IoT estão revolucionando a construção.
Se você está curioso para saber como a IA e a IoT são usadas na construção, leia:

 

usbim-resolver
usbim-resolver