Home » BIM e cálculo estrutural » Vantagens e Propriedades das vigas de aço

Vantagens e Propriedades das vigas de aço

Descubra todas as características das vigas de aço: leveza, resistência, facilidade de processamento e formas complexas

As vigas de aço são elementos estruturais comumente utilizados na construção, devido às suas propriedades mecânicas e facilidade de processamento. Elas oferecem inúmeras vantagens, como resistência, leveza e facilidade de montagem.

Neste artigo, exploraremos as características das vigas de aço, com o objetivo de fornecer informações úteis para a profissão.

Por fim, veremos como é possível trabalhar com um software de análise estrutural para realizar o seu próprio projeto de vigas de aço.

Imagem de vigas de aço

Vigas de aço

Características das vigas de aço

O aço é um material versátil, caracterizado por alta resistência, ductilidade e durabilidade. A resistência das vigas de aço é uma característica fundamental, que garante sua capacidade de suportar cargas elevadas. O aço é, de fato, um material altamente resistente, com uma resistência à tração de cerca de 300 MPa. Essa resistência é garantida pelas normas, que impõem valores mínimos para a resistência à tração do aço utilizado nas vigas.

O aço pode ser trabalhado com diferentes processos, como:

  • laminação – é um processo de formação a quente do aço, que permite obter perfis diferentes, como vigas em I ou vigas em T;
  • corte a água – é um processo de corte do aço, que utiliza um jato de água de alta pressão e permite obter formas e dimensões precisas;
  • punção – é um processo de furação do aço, que permite realizar furos e aberturas de diferentes tamanhos.

O processamento do aço influencia a resistência das juntas, ou seja, dos pontos de conexão entre as vigas e outros elementos estruturais. As juntas devem ser projetadas e realizadas de forma a garantir a resistência e a durabilidade da estrutura. O processamento do aço deve levar em consideração as solicitações previstas e as características do material, para garantir a resistência e a durabilidade das juntas.

Outra característica deste elemento estrutural surge do seu uso na construção sísmica. De fato, as vigas de aço são frequentemente preferidas às vigas de concreto armado, graças à sua maior resistência e deformabilidade. As vigas de aço podem ser projetadas para resistir às solicitações sísmicas, garantindo a segurança das estruturas em caso de terremotos.

Tipos de vigas de aço

Existem diferentes tipos de vigas de aço, cada uma com características específicas.

Entre estas, podemos mencionar as vigas treliçadas, as vigas em T, as vigas em I e as vigas caixão.

Vigas treliçadas

As vigas treliçadas são constituídas por uma série de montantes e travessas dispostos para formar uma grade. Essa disposição confere à viga uma grande resistência à flexão e à torção. São frequentemente utilizadas em estruturas de grandes dimensões, como pontes e edifícios de grande altura.

As vigas treliçadas são compostas por diferentes componentes, incluindo a corda superior (barras horizontais superiores), a corda inferior (barras horizontais inferiores), montantes (barras verticais) e diagonais (barras inclinadas). Esses componentes, dispostos em uma grade triangular, trabalham juntos para garantir a resistência e a estabilidade da estrutura.

Aqui está uma visão geral detalhada das principais características das vigas treliçadas de aço:

  1. eficiência estrutural: as vigas treliçadas são projetadas para distribuir uniformemente as cargas ao longo de seu comprimento, aproveitando a geometria triangular para maximizar a resistência e a rigidez da estrutura. Essa disposição triangular permite minimizar o peso das próprias vigas, garantindo ao mesmo tempo uma capacidade de carga elevada.
  2. Leveza: graças à sua geometria eficiente e à capacidade de usar aço de alta resistência, as vigas treliçadas de aço podem ser projetadas para serem leves sem comprometer sua resistência estrutural. Isso permite uma maior flexibilidade no design e reduz a carga estática total no edifício.
  3. Rigidez: a disposição triangular das vigas treliçadas fornece uma rigidez significativa à estrutura, permitindo limitar os movimentos indesejados do edifício sob carga. Essa rigidez é particularmente importante em edifícios sujeitos a vibrações ou movimentos sísmicos,
  4. Facilidade de montagem: as vigas treliçadas de aço são frequentemente pré-fabricadas em fábrica de acordo com as especificações do projeto e depois transportadas para o local de construção para montagem. Esse método de construção pré-fabricada pode acelerar o processo de construção e reduzir os custos totais do projeto.
  5. Adaptabilidade ao design arquitetônico: as vigas treliçadas oferecem flexibilidade no design arquitetônico, permitindo a criação de vãos amplos sem a necessidade de suportes intermediários. Isso permite criar espaços internos abertos e flexíveis, ideais para diversos tipos de edifícios, como grandes armazéns, shoppings e áreas públicas.
Viga treliçada vigas de aço

Viga treliçada

Viga em T

As vigas em T são constituídas por uma seção em forma de T, com uma aba superior unida a uma alma central. Essa disposição confere à viga uma grande resistência à flexão, mas uma menor resistência à torção em comparação com as vigas reticuladas.

Essas vigas fazem parte da família dos laminados mercantis e podem ser produzidas com seções transversais iguais ou não, oferecendo assim uma grande versatilidade na aplicação e tornando-se populares em diversos setores industriais.

Durante o processo de laminação a quente para a produção das vigas em T, os produtos de aço primário são aquecidos a cerca de 1100 graus Celsius para permitir uma deformação drástica do aço usando poucos ciclos de laminação. Esse processo trata principalmente da manipulação da forma e da geometria do material, criando um acabamento liso e atraente na superfície do produto.

As vigas em T de aço podem ser produzidas em diferentes tamanhos e espessuras, oferecendo uma ampla gama de opções para aplicações estruturais. Essas vigas são utilizadas em setores como construção, engenharia, indústria ferroviária, naval, agrícola, cercas, aplicações de segurança e muitos outros setores onde a resistência, a facilidade de processamento e a versatilidade são fundamentais.

As vantagens das vigas em T de aço suave incluem a disponibilidade universal, a produção rápida em grandes quantidades e a custos relativamente baixos. O baixo teor de carbono e o limite de escoamento dos perfis em T de aço permitem uma fácil manipulação, fabricação e processamento sem o uso de maquinário especializado. A manipulação simples e a conexão com outros materiais aumentam a versatilidade das vigas em T, tornando-as adequadas para uma ampla gama de aplicações estruturais.

Viga IPE

As vigas IPE, acrônimo de “European Profile” (onde o I remete à forma da viga), são elementos estruturais em forma de barra ou vigas com superfície interna das abas paralela e dimensões definidas. Abaixo, veremos em detalhes as características dessas vigas:

  • forma da seção: as vigas IPE têm uma seção transversal em forma de “I”, com duas abas uma superior e uma inferior, unidas por uma parte central chamada alma. Essa forma particular proporciona às vigas uma notável capacidade de resistência à flexão, tornando-as adequadas para suportar solicitações de tipo estático e dinâmico.
  • Eficiência estrutural: a forma em “I” das vigas IPE as torna particularmente eficientes do ponto de vista estrutural, permitindo suportar cargas e transmitir forças dentro de um edifício de forma ótima. Essa eficiência permite a construção de estruturas estáveis e seguras com uma quantidade mínima de material.
  • Utilização na construção de lajes: graças à sua capacidade de suportar cargas de flexão, as vigas IPE são comumente utilizadas na construção de lajes, onde devem suportar o peso das estruturas superiores e distribuir uniformemente as cargas sobre os pilares ou paredes de suporte.
  • Diferentes dimensões e pesos: as vigas IPE estão disponíveis em diferentes dimensões e pesos, com variantes que vão desde as versões mais leves, como as IPE AAAA até a A, até as versões mais pesadas, como as IPE O. Essa variedade permite escolher a viga mais adequada às necessidades específicas do projeto.
Viga perfil IPE- vigas de aço

Viga perfil IPE

Viga de caixão

As vigas de caixão são constituídas por uma seção em forma de caixa, ou seja, com uma seção transversal fechada com quatro abas laterais e uma alma central, o que as torna mais resistentes e rígidas em comparação com outras formas de vigas. Essa disposição confere à viga uma grande resistência à flexão, torção e compressão.

As vigas de caixão são frequentemente utilizadas em estruturas de grandes dimensões, especialmente no âmbito infra estrutural.

Agora vamos examinar os aspectos, as características e as aplicações mais importantes das vigas caixão:

  • custo e complexidade: as vigas de caixão podem ser mais caras e complexas de fabricar em comparação com vigas bi apoiadas, pois são mais pesadas e requerem uma construção mais complexa. No entanto, tornam-se competitivas se forem fabricadas integralmente em oficina e se tiverem uma largura contida, geralmente inferior a 5 metros;
  • rigidez torcional: as vigas de caixão são particularmente adequadas quando é necessária uma elevada rigidez torcional. Essa característica as torna ideais para aplicações como tabuleiros em curva ou situações em que é necessário reduzir a altura do tabuleiro;
  • caixão trapezoidal: em comparação com um caixão retangular, um caixão trapezoidal tem a vantagem de conter a largura do fundo e reduzir a parte não eficaz devido ao efeito shear lag. Isso pode ser vantajoso para melhorar o desempenho estrutural e reduzir os custos;
  • soluções alternativas: em algumas situações, como tabuleiros muito largos ou curvos, podem ser utilizadas soluções alternativas às vigas de caixão. Estas incluem o uso de vigas treliçadas inclinadas ou de simples montantes ligados ao fundo do caixão, que podem contribuir para melhorar a rigidez torcional e otimizar o desempenho estrutural;
  • rigidez e diafragmas: para garantir a estabilidade e resistência da seção em caixão, muitas vezes é necessário utilizar rigidezes como diafragmas ou estruturas treliçadas. Esses elementos são posicionados dentro do caixão para absorver os efeitos torcionais e garantir a estabilidade da estrutura.
Viga caixão -vigas de aço

Viga caixão

Vantagens das vigas de aço

Agora vamos dar uma visão detalhada das vantagens das estruturas de aço:

  • força e liberdade de design: o aço oferece aos arquitetos a possibilidade de expressar sua criatividade graças à sua combinação de força, durabilidade, precisão e maleabilidade. Isso permite explorar ideias inovadoras e desenvolver novas soluções estruturais, incluindo design, formas, cores e texturas. A capacidade do aço de se curvar permite a criação de formas livres, curvas segmentadas, fachadas, arcos ou cúpulas, permitindo destacar-se no design arquitetônico.
  • Montagem rápida e eficiente: as estruturas de aço permitem uma montagem rápida e eficiente em todas as condições de trabalho. Os componentes pré-fabricados fora do local podem ser montados com um mínimo de mão de obra no local, reduzindo os tempos de montagem em até 40% em comparação com os métodos tradicionais. A leveza do aço permite fundações menores e mais simples, resultando em benefícios econômicos e retorno antecipado do investimento.
  • Adaptabilidade: as estruturas de aço podem se adaptar facilmente a futuras mudanças nas funções do edifício com custos reduzidos. São ideais para remodelações e revisões do edifício de acordo com as especificações do cliente, permitindo alterações de layout internas ou externas.
  • Espaço aberto: as seções de aço oferecem um método elegante para cobrir longas distâncias, permitindo a criação de grandes espaços abertos sem colunas intermediárias ou paredes de suporte. A redução do número de colunas facilita a personalização dos espaços e libera a criatividade.
  • Reciclabilidade: edifícios feitos com estruturas de aço podem ser reutilizados após a demolição, pois o aço pode ser reciclado infinitamente sem perder suas propriedades. Isso reduz o desperdício e contribui para a sustentabilidade ambiental.
  • Resistência ao fogo e a terremotos: as estruturas de aço são resistentes ao fogo e podem proteger eficazmente pessoas e propriedades. Em caso de terremotos, a flexibilidade do aço permite que a estrutura se dobre sob cargas extremas sem colapsar, garantindo a segurança dos ocupantes.
  • Respeito ao meio ambiente: as estruturas de aço são leves e menos volumosas do que as de concreto, reduzindo o transporte e o consumo de combustível. A reciclabilidade de 100% do aço permite a reutilização sem deixar resíduos, enquanto o baixo consumo de energia contribui para a sustentabilidade ambiental.

Como projetar vigas de aço

Veja como aproveitar um software de cálculo estrutural para projetar e realizar vigas de aço de diferentes formas.

 

edilus
edilus