Home » BIM e Projeto de construção » Escaneamento a laser no setor da construção

Escaneamento a laser no setor da construção

O escaneamento a laser na construção consiste no levantamento dos detalhes do edifício com luz laser. Veja como implementá-lo em seu trabalho

Para documentar e capturar um ambiente construído são usados tradicionalmente medidores de fita, medidores a laser ou, se o ambiente for muito complexo, estações totais.

Essas ferramentas, apesar de muito comuns, demandam muitas horas de trabalho, tanto no campo quanto no escritório e muitas vezes também são imprecisas, gerando a perda de muitos dados importantes.

Para superar esses problemas, surgiu o escaneamento a laser, um método extremamente preciso com o qual criar representações 3D — os chamados 3D point cloud — de um edifício ou construção existente.

Se você também quer aproveitar o potencial do processo de escaneamento a laser em seus projetos de construção, continue lendo este artigo e baixe imediatamente um software BIM para processamento de nuvens de pontos que será essencial para você transformar a nuvem de pontos obtida com o escaneamento a laser em um modelo BIM repleto de informações.

O que o escaneamento a laser 3D?

O escaneamento a laser 3D, também chamado de High Definition Scanning (HDS), é um processo de aquisição e mapeamento da realidade circundante com o auxílio de raios laser.

O escaneamento a laser funciona de forma bastante simples: ele emite um feixe de laser sobre os objetos a serem analisados, esses objetos refletem o feixe de volta para o scanner e fornecem a geometria que é interpretada em dados 3D.

Desta forma é possível gerar a nuvem de pontos em escala do objeto de estudo.

Existem três tipos diferentes de scanners a laser:

  • por hora do voo (TOF): a distância do ponto final é determinada medindo-se o tempo necessário para que a luz emitida seja refletida no sensor laser.
  • Por diferença de fase: a distância do ponto final é determinada comparando a diferença de fase entre a onda emitida e a recebida.
  • Por triangulação: baseia-se na aquisição por um sensor IR, capaz de projetar até 300.000 raios 60 vezes por segundo, de um padrão de pontos infravermelhos em um determinado espaço.
A imagem mostra um funcionário com equipamento para escaneamento a laser.

Escaneamento a laser para levantamento de edifícios

O que é o escaneamento a laser 3D de edifícios?

O escaneamento a laser 3D é usada na indústria da construção para adquirir dados e detalhes de uma construção, um edifício ou obra dentro de um canteiro de obras; é também um método confiável para detectar superfícies e geometrias complexas.

Comparado a outros métodos que detectam pontos individuais um de cada vez, o scanner a laser detecta com o máxima precisão todos os detalhes de qualquer construção: todos os pontos são caracterizados pelas coordenadas espaciais e pelo valor de refletância dos materiais, permitindo também a identificação da cor característica e a obtenção de uma renderização muito realista da própria nuvem.

Por meio de software apropriado também é possível converter os dados em modelos, planos ou prospectos completos.

Como o escaneamento a laser é usado na construção?

O escaneamento a laser pode ser usada para diferentes intervenções em edifícios:

  • novas obras de construção. O uso do escaneamento a laser é o ponto de partida para qualquer tipo de projeto, pois o levantamento adequado das condições do local direciona engenheiros, arquitetos e empreiteiros na direção correta do projeto. Agora, mais e mais técnicos usam técnicas de software scan To BIM para iniciar o processo de concepção e construção de uma obra.
  • Reformas de edifícios. Para proceder a demolições, ampliações ou reformas, nada melhor do que trabalhar em um modelo completo que represente o edifício como ele é: e que maneira mais rápida e precisa de capturar as condições reais do que através de um scanner a laser? Ao trabalhar em projetos de reformas, muitas vezes é muito difícil encontrar os documentos originais de construção ou manutenção, portanto, usando a digitalização a laser, é possível documentar e visualizar as condições atuais de um edifício, gerar a nuvem de pontos e convertê-la com software para conversão da nuvem de pontos em modelo BIM que transforme a nuvem em um modelo BIM operacional e funcional.
  • Coordenação de disciplinas: para evitar conflitos e melhorar a coordenação entre os diversos sistemas de uma construção, estrutural, elétrico, hidráulico, HVAC, é útil o auxílio do escaneamento a laser. Os dados podem de fato ser compartilhados entre as várias partes do jogo e armazenados em um banco de dados comum. Ao escanear todo o canteiro de obras durante a fase de execução, é possível acompanhar o andamento alcançado e permitir o controle do que foi alcançado comparando-o com o projeto original. Além disso, a digitalização de todos os vários componentes, realizada à medida que são instalados, permite o registo em tempo real de todos os elementos inseridos e a definição exata do seu posicionamento.

3 dicas para começar a usar imediatamente

Você pode começar a usar o processo de digitalização a laser imediatamente seguindo estas 3 dicas simples:

  1. familiarizar-se com a tecnologia: para garantir que os técnicos usem adequadamente essa tecnologia não basta ser treinado, mas é necessário praticar muito e começar assim que possível para não chegar atrasado face às crescentes tendências da indústria.
  2. Integrar o escaneamento a laser com os softwares BIM: o escaneamento a laser 3D na construção é particularmente útil para obter dados precisos com os quais criar o modelo de informação tridimensional de um edifício ou local.
  3. Experimentar pessoalmente: baixe a versão de avaliação gratuita de um software para conversão da nuvem de pontos em modelo BIM e recrie o modelo BIM do edifício a partir da nuvem de pontos.

 

edificius
edificius