Home » BIM e Arquitetura » Obras de qualidade superior graças à construção enxuta

Obras de qualidade superior graças à construção enxuta

A construção enxuta é a aplicação de técnicas que aumentam a produtividade na fase de construção e melhoram o desempenho da obra

Se você trabalha no mundo da construção certamente saberá que cerca de 70% dos projetos estão acima do orçamento e fora dos prazos. Portanto, não é segredo que a indústria da construção precisa de um impulso inteligente.

A construção enxuta pode representar o ponto de virada que o setor de AEC espera porque combina as vantagens do BIM e as da construção enxuta para projetos mais seguros e eficientes.

Para saber mais sobre como a construção enxuta pode melhorar a qualidade de suas construções, continue lendo este artigo.

O que se entende por construção enxuta?

A construção enxuta (em inglês, Lean Constrution) é um processo altamente colaborativo e centrado nas pessoas que envolve todos os participantes no processo de construção desde o início do próprio processo.

O conceito de manufatura enxuta foi originalmente aplicado na indústria automotiva, mas os óbvios benefícios resultantes dessa abordagem fizeram com que ela ganhasse uma posição no setor da construção na tentativa de superar as lógicas tradicionais, cada vez menos eficazes na gestão de processos construtivos.

A construção enxuta pode ser definida como um conjunto de procedimentos que permitem otimizar a eficiência por meio de um processo decisório descentralizado e um compartilhamento mais amplo de informações.

A construção enxuta é baseada em cinco princípios fundamentais:

  • valor esperado: o valor é definido segundo as necessidades do cliente e é permitido realizar mudanças de processo apenas se elas agregarem valor para o cliente final.
  • Fluxo de valor: entendido como a combinação de processos, atividades e ferramentas que produzem valor para o cliente. Qualquer etapa que não agregue valor é considerada um desperdício.
  • Fluxo de trabalho: as atividades devem fluir sem perda de valor e sem interrupção.
  • Processos “pull”: a produção ou transporte de um produto é iniciado apenas de acordo com a necessidade do cliente.
  • Zero defeito: graças à colaboração e identificação de desperdícios no processo, o objetivo de melhoria contínua e produção “zero defeito” pode ser perseguido mais rapidamente.

A imagem mostra um diagrama de Venn com os cinco princípios da construção enxuta: valor esperado, fluxo de valor, fluxo de trabalho, filosofia "Pull" e impulso à perfecção.

Entre as vantagens da construção enxuta, estima-se um aumento de produtividade de 77%, aumento de 84% na qualidade da construção, aumento de 80% na satisfação do cliente, redução de 74% do tempo de trabalho.

Qual é a relação entre BIM e construção enxuta?

O relacionamento entre as duas abordagens certamente é vencedor e lucrativo para todo o setor de construção.

A construção enxuta e o BIM são um casal perfeito porque visam atingir o mesmo objetivo, ou seja, a otimização dos processos de projeto e construção.

Os objetivos centrais da construção enxuta são:

  • Identificar as necessidades do cliente para cumprir suas expectativas
  • Eliminar desperdícios e ineficiências em recursos humanos e materiais
  • Padronizar produtos e processos, com consequente redução dos tempos e ciclos de processamento
  • Cooperação na fase de projeto
  • Coordenação entre projeto e construção
  • Verificação do projeto pontual e constante

Analisando esses pontos, fica evidente o estrito relacionamento que intercorre os objetivos da construção enxuta e aqueles da abordagem BIM. Tomemos por exemplo o relacionamento com o cliente: a visualização tridimensional do modelo e sua fácil navegação, permitidas pelo BIM, levam a uma compreensão imediata do projeto, bem como à possibilidade de destacar problemas e possíveis resoluções já desde as fases preliminares. Soma-se a isso a capacidade de gerar orçamentos, analisar necessidades, criar padrões energéticos que podem apoiar efetivamente o orçamento e o controle de custos.

A otimização de atividades através da colaboração é outro princípio fundamental que o BIM e a construção enxuta compartilham. Ambas as abordagens baseam-se na partilha e coordenação do trabalho entre os responsáveis das diferentes disciplinas desde as primeiras fases de desenvolvimento do projeto. O compartilhamento de informações e a colaboração entre todos os envolvidos no processo torna-se o elemento essencial para explorar o potencial oferecido pelo BIM e a construção enxuta.

Como o BIM interage na construção enxuta?

Se as duas metodologias aplicadas individualmente têm benefícios enormes no processo construtivo, as vantagens manifestam-se exponencialmente ao aplicá-las simultaneamente.

De fato, o BIM fornece a base ideal para um canteiro de obras eficiente, pois sua utilização ao longo do ciclo de vida do edifício evita a replicação de modelos de informação desnecessários. Além disso, os modelos 4D e 5D permitem realizar orçamentos confiáveis, para alcançar objetivos como:

  • minimizar o tempo de produção;
  • alcançar a maior eficiência de fluxo possível;
  • evitar desperdícios no planejamento.

Por sua vez, a abordagem enxuta, com suas análises de processos subjacentes, oferece o pré-requisito perfeito para trabalhar com sucesso com BIM tanto na fase de construção quanto na fase de gerenciamento.

É desejável chegar a uma sinergia entre BIM e construção enxuta, até graças ao advento do BIM multidimensional que permite estender essa sinergia desde a fase de projeto até a fase de construção e manutenção.

A possibilidade em BIM de integrar o modelo e o projeto com diferentes tipos de dados permite aprimorar e introduzir novos métodos de gestão de ativos em que os dados são adquiridos, exibidos e atualizados usando novas tecnologias que exploram a legibilidade dos dados BIM. por máquinas. Algumas dessas tecnologias incluem levantamento a laser, realidade virtual (VR), redes de sensores, mecanismos físicos e bancos de dados em nuvem.

Quais são os benefícios da integração entre as duas abordagens?

Os benefícios do BIM aplicado à construção enxuta são muitos pois a combinação das duas metodologias potencializa as vantagens individuais.

Entre as muitas razões para adotar essa abordagem, mencionamos:

  • maior eficiência e segurança;
  • maior compreensão das necessidades dos clientes;
  • redução de erros e imprevistos no canteiro de obras;
  • redução de custos e otimização do fluxo de trabalho;
  • melhor fluxo de informações e maior comunicação entre todos os atores do processo de construção desde a fase de projeto.

Se você sempre desenhou de forma tradicional até agora, depois de ler este artigo com certeza vai querer experimentar também a metodologia BIM e, porque não, combiná-lo com a construção enxuta.

Você pode começar a fazer isso experimentando gratuitamente por trinta dias os nossos softwares, ou você pode aprimorar o aspecto multidisciplinar e cooperativo do seu projeto de construção enxuta graças a uma plataforma colaborativa.

Quer saber qual será o resultado? As vantagens do BIM elevadas à segunda potência!

usbim
usbim