Home » BIM na construção » Princípios de gestão de projetos aplicados à construção

Princípios de gestão de projetos aplicados à construção

Princípios de gestão de projetos aplicados à construção

Aqui estão os princípios-chave da gestão de projetos na construção: desde a definição dos objetivos de design até o gerenciamento de riscos


O desenvolvimento de um projeto de construção, seja de um shopping, uma rodovia ou uma residência, certamente envolve a implementação de diversas atividades estruturadas e interconectadas.

O gerenciamento do projeto de construção requer um ambiente de compartilhamento de dados que permita organizar, planejar e coordenar todos os processos para completar com sucesso um projeto de construção.

Neste artigo, exploraremos os princípios-chave da gestão de projetos aplicados à construção e descobriremos como planejar, executar e monitorar as fases de um projeto de construção, garantindo que tudo prossiga eficientemente e conforme as especificações.

Quais são os 5 princípios da gestão de projetos aplicados à construção?

A gestão de projetos é a aplicação de processos, métodos e competências para planejar, executar e monitorar projetos de forma eficiente e consistente com os objetivos estabelecidos.

No contexto da construção, essa disciplina e seus princípios-chave são de fundamental importância para garantir que cada projeto seja concluído com sucesso, respeitando os limites de tempo e orçamento.

Entre os princípios-chave da gestão de projetos, a serem considerados na gestão de projetos de construção, podemos citar:

  1. definição dos objetivos do projeto;
  2. desenvolvimento de um plano para o projeto;
  3. implementação de uma eficaz gestão de projetos e recursos;
  4. gerenciamento de riscos;
  5. definição das responsabilidades na equipe.

Vamos analisá-los em detalhes a seguir.

Os princípios de gestão de projetos aplicados à construção

Os princípios de gestão de projetos aplicados à construção

Fase de planejamento: definição dos objetivos do projeto

O planejamento é o ponto de partida crucial para qualquer projeto de construção, é nessa fase que os objetivos do projeto são definidos. Definir os objetivos específicos do projeto de forma clara é o primeiro passo para desenvolver uma gestão correta do seu projeto de construção. Se os objetivos chave não forem delineados desde o início, o projeto será desenvolvido sem bases sólidas.

A melhor maneira de definir os objetivos é “começar com o fim em mente”, ou seja, começar pensando no final, pois uma visão geral permite avançar de maneira mais fácil e segura.

Também é importante garantir que cada um dos objetivos seja comunicado e compreendido por todos e seja SMART:

  • Specific (específico);
  • Measurable (mensurável);
  • Accepted (aceitável);
  • Realistic (realista);
  • Timely (oportuno).

Agendamento das atividades-chave: desenvolvimento de um plano para o projeto

A criação de um plano de projeto detalhado é essencial para garantir que as atividades sejam realizadas de maneira sequencial e eficiente. O agendamento das atividades-chave ajuda a prevenir sobreposições, garantindo que tudo siga conforme o planejado.

Para desenvolver um plano para o projeto, é necessário:

  • definir uma estrutura organizacional do projeto estabelecendo procedimentos e diretrizes e desenvolvendo um organograma do projeto que especifique os papéis e a hierarquia de cada membro da equipe. Esta estrutura facilita o planejamento, a execução e o monitoramento das atividades do projeto.
  • Identificar as principais fases do projeto: dividir o projeto em partes gerenciáveis e organizadas é muito importante, pois permite esquematizar as atividades e atribuí-las a cada membro da equipe.
  • Identificar as relações entre as atividades e as metas: definir as dependências entre fases e atividades em cada fase permite analisar o projeto, identificando como os trabalhos se influenciam mutuamente e como alcançar mais facilmente as metas, que permitem obter os benefícios esperados e os objetivos almejados.
  • Criar modelos repetíveis: concluído um projeto e identificado o procedimento correto para sua gestão, é possível estabelecer diretrizes globais, repetíveis e aplicáveis a projetos similares para economizar tempo e custos.
Agendamento das atividades-chave -usBIM.project

Agendamento das atividades-chave -usBIM.project

Alocação de recursos: implementação de uma estratégia eficaz de gestão de projetos e recursos

Uma alocação adequada de recursos é fundamental para o sucesso do projeto. Isso inclui a seleção de pessoal, disponibilidade de materiais e gerenciamento de equipamentos necessários no canteiro de obras. Sem uma alocação correta de recursos, os projetos podem sofrer atrasos e custos adicionais.

Para implementar uma gestão de recursos eficaz, é importante:

  • conhecer detalhadamente os recursos disponíveis, humanos e materiais;
  • atribuir a cada plano um gerente de projeto;
  • utilizar plataformas colaborativas onde armazenar os dados e torná-los acessíveis a todos, para que todos tenham as atividades, prazos e atualizações à disposição;
  • planejar verificações regulares;
  • manter constantemente atualizada a disponibilidade dos recursos.

Gerenciamento de riscos: implementação de estratégias de mitigação de problemas

Os riscos são parte integrante de qualquer projeto de construção, portanto, é importante identificá-los antes mesmo do início do projeto. O gerenciamento de riscos envolve a identificação, avaliação e implementação de estratégias para mitigar problemas potenciais. Isso garante que o projeto prossiga sem problemas, mesmo na presença de obstáculos inesperados.

Entre os riscos mais comuns estão:

  • o risco à segurança;
  • o risco financeiro;
  • o risco legal;
  • o risco ambiental;
  • o risco de projeto.

Um método eficaz de gerenciamento e mitigação de riscos é definitivamente o processo de gestão de Riscos na Construção, ou seja, o processo de identificação de riscos relacionados à realização de um projeto específico e a avaliação dos métodos e procedimentos para minimizar as consequências decorrentes deles.

Definição das responsabilidades na equipe

Definir as responsabilidades de todos os membros da equipe permite dar clareza às tarefas de cada um e garantir que sejam compreendidas por todos.

Para evitar confusões e aumentar a eficiência do processo interno, é útil definir as responsabilidades desde as fases iniciais.

Como aplicar os princípios de gestão de projetos de construção?

Após compreender detalhadamente os princípios de gestão de projetos de construção, resta aplicá-los! Para fazer isso da melhor forma, aqui estão algumas dicas úteis para você:

  • crie um ambiente colaborativo e comunicação ativa coordenando o trabalho de todos os profissionais envolvidos através do uso de plataformas colaborativas na nuvem;
  • envolva as partes interessadas nas mudanças, mantendo-as informadas sobre quaisquer imprevistos e solicitando feedback;
  • monitore o andamento dos processos, para medir sua eficácia e avaliar o desempenho da equipe;
  • utilize um software de gestão de construção, com o qual poderá lidar com as atividades de gestão de projetos de construção de maneira muito intuitiva. Com planejamento visual das atividades, você atribui, rastreia, gerencia e controla as diferentes atividades do seu projeto e garante controle completo de cada fase.

 

 

usbim-resolver
usbim-resolver