Home » BIM e GIS » Abordagem BIM-GIS em planejamento e design

bim gis planejamento design

Abordagem BIM-GIS em planejamento e design

Descubra os benefícios da abordagem integrada BIM-GIS nas fases de planejamento e design de uma construção ou infraestrutura

Sabemos o quão fundamentais são as fases de planejamento e design no ciclo de vida de qualquer ativo construído. Nesses momentos, a integração de duas tecnologias como Modelagem de Informações da Construção e Sistema de Informação Geográfica pode ser decisiva e oferecer uma série de vantagens significativas. A integração BIM-GIS, por exemplo, permite uma avaliação mais precisa do local, levando em consideração dados geográficos como topografia, rede hídrica e condições ambientais, possibilitando uma escolha ideal do local e um design mais eficiente. Neste artigo, vemos quais são os benefícios tangíveis para o setor AEC quando há sinergia entre BIM e GIS, e como gerenciar a integração entre modelos BIM e mapas temáticos GIS por meio de um software BIM-GIS.

bim gis planejamento design

Escolha otimizada do local do projeto BIM por meio das informações do GIS

Na fase de planejamento, a escolha do local correto é um passo fundamental para o sucesso de qualquer projeto de construção. A integração BIM-GIS permite uma avaliação do local muito mais precisa e abrangente. Dados geográficos, como condições do terreno, topografia e acessibilidade, podem ser facilmente incorporados aos modelos BIM. Os profissionais podem explorar diferentes cenários de maneira rápida e eficiente, avaliando o impacto das variáveis envolvidas no planejamento e no design do projeto. Isso ajuda na escolha do local ideal, levando em consideração os problemas e oportunidades oferecidos pela localização geográfica.

 

usbim-gis
usbim-gis -bim gis planejamento design

Planejamento urbano e design mais eficientes com a integração BIM-GIS

Durante a fase de design, a abordagem integrada BIM-GIS oferece uma integração profunda entre informações espaciais e detalhes do projeto. Isso significa que os profissionais podem trabalhar com dados geoespaciais em tempo real enquanto projetam edifícios ou infraestruturas. Aqui estão algumas das aplicações-chave:

  1. análises ambientais precisas: a integração com dados geográficos permite a avaliação precisa do ambiente circundante, incluindo aspectos como exposição solar, ventos dominantes e vegetação. Essas informações são fundamentais para o design de edifícios sustentáveis e harmonizados com o ambiente circundante.
  2. Gestão de recursos hídricos: os dados GIS podem fornecer informações detalhadas sobre a disponibilidade de recursos hídricos e a gestão das águas. Isso é crucial para o design de sistemas de drenagem eficazes e prevenção de inundações.
  3. Análises de transporte e acessibilidade: o acesso a infraestruturas de transporte é um fator crítico no design urbano. A integração BIM-GIS permite avaliar a acessibilidade e o impacto do tráfego, ajudando no planejamento de estradas, estacionamentos e sistemas de transporte público mais eficientes.
  4. Análises de impacto ambiental: durante o design, é importante considerar o impacto ambiental do projeto. O uso de dados GIS permite avaliar como o projeto pode afetar a fauna, flora e ecossistemas circundantes, auxiliando na tomada de decisões informadas para a conservação ambiental.
  5. Gestão de recursos: o planejamento de projetos sustentáveis requer a gestão precisa de recursos. A integração BIM-GIS facilita o planejamento e o uso eficiente de recursos como energia e materiais de construção.

Comunicação e colaboração aprimoradas com o uso do gêmeo digital geoespacial BIM-GIS

Outro aspecto importante dessa integração é facilitar a comunicação e colaboração entre as várias partes envolvidas no projeto. Todos os membros da equipe, incluindo arquitetos, engenheiros, urbanistas e autoridades locais, podem trabalhar em uma única plataforma com acesso a informações atualizadas e compartilhadas.

Um gêmeo digital geoespacial, resultante da integração entre GIS (Sistema de Informação Geográfica) e BIM (Modelagem de Informações da Construção), representa um mapa digital detalhado e dinâmico de um ambiente real. Essa fusão tecnológica permite modelar não apenas a geografia de um local, mas também as estruturas de construção e infraestruturas presentes nele.

Imagine construir um novo bairro em uma cidade: o GIS fornece o mapeamento do terreno, incluindo detalhes como altitude, vegetação e redes viárias existentes. O BIM entra em cena para modelar os edifícios do bairro, incluindo aspectos como design arquitetônico, redes hidráulicas e elétricas, e interiores dos edifícios.

Quando GIS e BIM se integram, surge um gêmeo digital geoespacial: uma representação digital completa que combina o contexto geográfico com detalhes estruturais e funcionais dos edifícios. Esse modelo oferece uma visão geral que facilita o planejamento, gestão e otimização de espaços urbanos.

Por exemplo, em um projeto de renovação urbana ou em um plano urbanístico detalhado, um gêmeo digital geoespacial pode mostrar como os novos edifícios influenciarão o fluxo de tráfego, iluminação das ruas ou redes de abastecimento de água. Graças a essa tecnologia, é possível simular diferentes cenários antes de realizar intervenções reais, permitindo tomar decisões mais informadas e sustentáveis.

Uma vez criado, o gêmeo digital geoespacial se torna um recurso dinâmico: compartilha informações em tempo real, permitindo que qualquer pessoa acesse e compreenda. Esse modelo apoia a colaboração entre diferentes usuários, como planejadores urbanos, engenheiros e residentes, facilitando a comunicação e colaboração.

Além disso, o gêmeo digital geoespacial pode ser facilmente compartilhado e acessado em vários dispositivos, como smartphones ou tablets, por meio de mapas da web, aplicativos de storytelling ou plataformas de compartilhamento. Isso torna as informações acessíveis a um amplo público, permitindo que funcionários, clientes e executivos tenham as informações necessárias para tomar decisões informadas, a qualquer momento e lugar.

Portanto, a integração BIM-GIS oferece uma abordagem completa e sinérgica para o planejamento e design de projetos de construção e infraestrutura. Essa integração permite uma avaliação precisa do local, um design eficiente e uma comunicação aprimorada entre as partes envolvidas, ajudando a reduzir erros, otimizar recursos e garantir a realização de projetos bem-sucedidos e sustentáveis.

Descubra também todos os benefícios da integração entre modelos BIM e mapas temáticos GIS por meio dos Gêmeos Digitais geoespaciais.

 

 

usbim-geotwin
usbim-geotwin