BIM vs CAD - software BIM 3D

BIM vs CAD: diferenças e benefícios reais

BIM vs CAD não é apenas 2D vs 3D, mas 2 maneiras totalmente diferentes de trabalhar. Confira as diferenças entre elas e os principais benefícios do BIM

BIM vs CAD: quais as diferenças? Neste artigo de aprofundamento comparamos as duas metodologias e tentamos entender qual a mais vantajosa para os profissionais. 

Muitos projetistas continuam usando o CAD 2D para representar seus desenhos. Portanto desenham uma quantidade considerável de linhas e polilinhas para representar objetos (portas, janelas, muros, varandas) nos relatórios gráficos (plantas, seções, elevações e perspectiva isométrica).

Esses mesmos projetistas provavelmente ainda não conhecem as evidentes vantagens oferecidas pela metodologia BIM.

Graças a um software BIM 3D, de fato, o desenho arquitetônico é feito por meio da inserção de objetos gráficos (muros, portas, janelas, etc.), que permite obter imediatamente e automaticamente, com uma única entrada, plantas, cortes, elevações, perspectivas isométricas, renders e outras informações úteis ao desenho arquitetônico.

Aqui estão as vantagens reais que são obtidos utilizando a tecnologia BIM.

BIM vs CAD - colaboracao entre projetistas

Do CAD para o BIM

BIM vs CAD: as diferenças

A diferença entre CAD e BIM não está apenas na modelagem 3D, mas em uma nova maneira de entender o projeto.

O BIM é uma tecnologia que permite integrar informações úteis a um modelo em todas as fases do projeto, desde a arquitetura à executiva (estruturas, instalações, segurança, manutenção, desempenho energético, etc.), passando pelo gerenciamento (orçamentos, listas de materiais dos fornecedores, etc.).

Trata-se de uma metodologia de projeto baseada em integração e colaboração: os diferentes atores envolvidos na realização de uma obra podem enriquecer o modelo, bem como inserir, extrair, atualizar ou modificar suas informações.

O BIM difere do CAD principalmente por ser uma metodologia de projeto colaborativa.

O CAD (Computer-Aided Design, ou seja, projeto assistido pelo computador) permite o processamento de um projeto através de desenhos 2D e 3D, limitando-se ao desenho de elementos gráficos simples (linhas, círculos, arcos). Ele não é um método colaborativo, embora permita o compartilhamento de informações por meio da troca de desenhos e diagramas.

O BIM, por outro lado, não se limita à renderização, mas especifica o desempenho e as funções de cada objeto.

Graças ao BIM, de fato, é possível recriar um modelo de edifício virtual que não é uma simples representação tridimensional, mas sim um modelo dinâmico contendo uma série de informações sobre geometria, materiais, estruturas de apoio, instalações, custos, segurança, etc.

Comparação entre BIM e CAD: os benefícios do BIM

As vantagens do BIM, que também são as vantagens oferecidas pelo software BIM oriented, podem ser resumidas em:

Poupança de tempo

Com o BIM, o projetista já no vai necessitar desenhar uma quantidade desproporcional de linhas, polilinhas e formas geométricas várias (que nós tomam muito tempo), mas simplesmente terá que inserir objetos que trazem propriedades especificas e informações de diferente tipo (materiais, custos, capacidades térmicas, manutenção, etc.).

Tudo isso se traduz em uma economia significativa para o técnico.

Redução dos erros

Dentro do BIM, plantas, elevações e cortes são simples vistas diferentes do mesmo objeto.

O projetista pode ver todas as vistas simultaneamente e escolher de trabalhar naquela que deseja, podendo conferir em tempo real suas alterações.

Além disso, qualquer alteração ao modelo BIM afeta todas as vistas/gráficos gerados. A simples mudança do revestimento externo de uma fachada, por exemplo, implica a alteração da transmitância da parede, do custo e, possivelmente, das cargas estruturais.

Isso permite ao técnico evitar erros e ter o desenho sempre atualizado conforme últimas alterações, independentemente de onde elas são feitas.

Maior simplicidade

Graças à tecnologia BIM, é mais simples gerar modelos mesmo muito complexos: o técnico pode desenhar obras que antes, utilizando um CAD 2D, nem conseguia imaginar.

Integração com outros aspectos do projeto

O uso do BIM expande os horizontes do desenho: o modelo BIM 3D, de fato, pode ser enriquecido com uma série de informações que permitem a integração real com:

• cálculo estrutural;
• cálculo do desempenho energético;
• orçamento;
• instalações;
• manutenção.

Software BIM 3D

ACCA desenvolveu Edificius, o software topo de gama para arquitetura BIM integrado com cálculo estrutural, desempenho energético, orçamento, segurança, manutenção.

Assista a este vídeo onde mostramos como, de maneira extremadamente simples e rápida, foi possível recriar o modelo BIM 3D com Edificius a partir de um desenho CAD 2D de um projeto feito em Espanha (Zaragoza).

 

Clique aqui para baixar Edificius, o software de arquitetura BIM

edificius
edificius