Home » IFC e openBIM » IFC 2×3 coordination view 2.0: conheça o que é

A imagem tem finalidade decorativa e mostra as varias fases de projeto

IFC 2×3 coordination view 2.0: conheça o que é

IFC 2×3 Coordination View 2.0: o que é, para o que serve e quando utilizar. Exemplos práticos e federação de arquivos IFC para baixar

No artigo de hoje, vamos elaborar o conceito de IFC e MVD (Model View Definition), as finalidades e as características do IFC 2×3 Coordination View 2.0.

No específico, vamos apresentar o IFC como esquema de dados e listar as MVD (Model View Definition) mais difundidas e atualizadas. Se quiser aprofundar o tópico, confira nosso artigo Formato IFC e Open BIM: tudo o que é preciso saber.

Ao final, vamos disponibilizar um exemplo em formato IFC com uma federação de modelos, para você analisar as diferenças entre as várias disciplinas. Para abrir o arquivo, você pode usar diretamente um visualizador IFC on-line e testá-lo gratuitamente.

A imagem ilustra uma federação do modelo com usBIM

Federação do modelo com usBIM

IFC e Model View Definition (MVD)

O IFC é um esquema de dados utilizado para descrever digitalmente qualquer elemento. A natureza hierárquica desse esquema permite dar ordem lógica e relacionar os elementos entre si.

Aqui está um arquivo de exemplo de um edifício para você compreender melhor a forma como as informações estão organizadas no IFC que pode abrir o arquivo utilizando um específico visualizador IFC.

Vamos ver esse arquivo juntos!

Os elementos chave para entender como a hierarquia está organizada são:

  • IfcProject, estabelece o contexto onde trocar ou compartilhar informações;
  • IfcSite, a entidade que representa o sítio do projeto;
  • IfcBuilding, detecta o edifício ou os edifícios presentes no sítio;
  • IfcBuildingStorey, representa os andares em que está dividido qualquer edifício;
  • IfcSpace, os vãos que pertencem aos vários andares do edifício;
  • IfcBuildingElement, os elementos de construção que constituem um edifício e que estão associados a um nível.

 

A imagem mostra a tela do software usBIM.viewer+ para a deteccao dos elementos

Organização hierárquica e detecção dos elementos

Agora, vamos falar da MVD (Model View Definition), ou seja, uma visualização filtrada do esquema de dados IFC que permite os softwares transferirem as informações úteis para uma finalidade específica. Essa metodologia de trabalho evita que um uma troca de informações caibam informações redundantes ou inúteis.

Tal lógica aprimora tanto a leitura do modelo, como a troca de informações conforme procedimentos padrões.

O grafico mostra a estrutura dos esquema IFC e MVD para definirmos o ifc 2x3 coordination view 2.0

Representação gráfica dos esquemas IFC e MVD

Basicamente, a MVD é a seleção das classes do esquema completo IFC que sejam úteis á troca de informações para um específico caso. A buildingSMART International já padronizou uma série de MVDs, disponibilizadas no site.

Entre as várias MVDs, lembramos:

  • IFC 2×3 Coordination View 2.0
  • IFC 4 Reference View
  • IFC 4 Design TrasferView

Com base nas várias MVDs, buildingSMART certifica os softwares para verificar o gerenciamento certo do IFC. Se um software for certificado, isso quer dizer que ele consegue gerenciar de forma certa todas as classes do esquema IFC inseridas dentro daquela MVD.

Conheça todos os softwares certificados pela buildingSMART International para a MVD “Coordination View 2×3”.

IFC 2×3 Coordination View 2.0

O IFC 2×3 Coordination View 2.0 é uma MVD oficial de buildingSMART International, concebida para permitir a coordenação entre as disciplinas durante a fase de projeto:

  • arquitetura;
  • cálculo estrutural;
  • instalações MEP (mecânicas, hidráulicas, elétricas).
O grafico explica o IFC 2x3 Coordination View 2.0

IFC 2×3 coordinate view | Gráfico

O que quer dizer exatamente “IFC 2×3 Coordination View 2.0“?

“IFC 2×3” representa a versão do esquema IFC. Ao longo dos anos, já aparecem diferentes versões:

    • IFC 1.0 em 1996;
    • IFC 1.5 em 1998;
    • IFC 2.0 em 1999;
    • IFC 2x em 2000;
    • IFC 2×2 em 2003;
    • IFC 2×3 em 2005;
    • IFC 4 em 2013.

Nos próximos anos, está previsto o lançamento do IFC 5.

“Coordination View 2.0” indica o MVD de referência. Então, detecta todas (e somente) as classes presentes dentro do esquema que cumpram os requisitos de informações para nossa finalidade: elas são arquitetônica, estrutural instalações MEP.

A imagem explica a diferenca entre os componentes do IFC 2x3 coordination view 2.0

Exemplo de federação de modelos Arq, Estr e MEP

Federação de modelos diz respeito á união (sobreposição) de vários modelos, que geralmente pertencem a disciplinas diferentes, com foco na verificação dos próprios modelos e de eventuais interferências.

Como falamos, a CV 2.0 diz respeito a 3 disciplinas específicas:

  • Arquitetura (Arq)
  • Estruturas (Estr)
  • Instalações (MEP).

 

A imagem mostra um modelo federado com usBIM.federation

Modelo federado com usBIM.federation

Veja o arquivo de exemplo de um modelo federado (incluindo engenharia arquitetônica, estrutural e de instalações) e gerencie-o com o visualizador IFC on-line gratuito.

Você pode realizar todos os testes diretamente on-line:

  • visualize os modelos;
  • oculte objetos;
  • configure as transparências;
  • etc.

Esquema IFC 4

A versão 4 do esquema IFC apresenta novidades em comparação à versão anterior IFC 2×3. As mais interessante são:

  • a inserção de novas classes, que leva a mais informações;
  • 2 novas MVD (Reference View e Design Transfer View) para tornas as visualizações cada vez mais específicas.

Para se aprofundar, leia também: “O novo formato IFC 4.3“, o padrão openBIM para infraestrutura.

IFC 4 Reference View

A buildingSMART define a Reference View como visualização que representa geometrias e relações simplificadas de um modelo. Essa visualização pretende permitir coordenar as várias disciplinas de um projeto: arquitetônica, estrutural, de instalações MEP.

A diferença entre a Reference View e a Coordination View 2.0 fica na versão do esquema IFC de referência e, por conseguinte, nas informações que trazem: a primeira diz respeito ao esquema IFC 4, enquanto a Coordination View 2.0 ao esquema IFC 2×3.

A imagem mostra o logotipo do IFC 4IFC 4 Design Transfer View

A Design Transfer View permite representar geometrias e relações de elementos de construção e ambientes com maior detalhe do que a Reference View. Isso faz com que o modelo consiga muito mais informações e possa ser transferido e alterado de uma ferramenta para outra.

usbim-browser
usbim-browser