Home » BIM e facility management » Manutenção de isolamento térmico: soluções para cada tipo de dano

Manutenção de isolamento térmico

Manutenção de isolamento térmico: soluções para cada tipo de dano

A manutenção periódica do isolamento térmico é essencial para garantir que o sistema de isolamento mantenha suas performances ao longo do tempo. Descubra intervenções de manutenção específicas para cada tipo de dano.

O isolamento térmico, conhecido como “ETICS” (Sistema de Isolamento Térmico Externo Composto), é um sistema essencial para melhorar o conforto e a eficiência energética dos edifícios. No entanto, ao longo de sua vida útil, pode estar sujeito a vários tipos de danos, incluindo erros na instalação, eventos externos e degradação devido às condições climáticas.

Neste artigo, exploraremos intervenções específicas para cada tipo de dano no isolamento térmico, garantindo que o edifício permaneça protegido e termicamente eficiente ao longo do tempo.

A importância da manutenção do isolamento térmico

A manutenção do isolamento térmico é essencial para garantir sua durabilidade ao longo do tempo. Ao contrário da percepção comum, a instalação do isolamento térmico não é um procedimento definitivo. Pelo contrário, requer atenção periódica para evitar reparos custosos no futuro.

Três pilares fundamentais para uma intervenção duradoura são:

  1. escolha e uso de um sistema certificado: o primeiro passo crucial é escolher um sistema de isolamento térmico composto por produtos testados e certificados. Isso assegura que o isolamento térmico seja resistente e eficiente ao longo do tempo.
  2. Correta concepção e instalação: a concepção de um sistema de isolamento térmico adequado depende em grande parte da compreensão e avaliação precisa da condutividade térmica e da transmissão de calor dos materiais utilizados. Para determinar adequadamente a espessura do isolamento e avaliar quanto calor passa através do sistema de isolamento térmico, é essencial calcular a transmissão de calor. Esse cálculo ajuda a determinar se o sistema é capaz de alcançar os objetivos de eficiência energética e conforto térmico.
  3. Instaladores qualificados: é fundamental confiar a instalação do isolamento térmico a instaladores especializados ou qualificados. Isso garante que a instalação seja feita com competência e precisão.

O não cumprimento de um desses requisitos pode causar problemas a curto prazo, sendo essencial segui-los cuidadosamente.

isolamento térmico

Intervenções de manutenção periódica: a chave para garantir sua durabilidade

A manutenção periódica do isolamento térmico é essencial para garantir que o sistema de isolamento mantenha suas performances ao longo do tempo. Essa manutenção começa com análises visuais regulares do edifício.

A primeira inspeção deve ocorrer após apenas 4-6 meses da instalação, seguida por uma revisão anual e inspeções subsequentes a cada 2-3 anos. A frequência das inspeções dependerá das condições específicas do edifício.

Aspectos a serem monitorados

Durante as inspeções, é fundamental prestar atenção aos aspectos relacionados aos revestimentos e acabamentos coloridos:

  • contaminação por algas e fungos;
  • formação de fissuras;
  • danos, rupturas, inchaços e descolamentos;
  • vedação das conexões e juntas de dilatação;
  • vedação à água e limpeza de peitoris, varandas e componentes salientes.

É recomendável documentar visualmente cada inspeção para monitorar a evolução ao longo do tempo.

Principais tipos de danos no sistema de isolamento térmico

Com base nas análises do estado do sistema de isolamento térmico, é possível identificar vários tipos de danos. Estes podem ser divididos em categorias de acordo com a gravidade:

  1. degradação estética:
    • mofo;
    • algas;
    • descoloração;
    • microfissuras.
  2. Defeitos e danos leves:
    • baixa planicidade;
    • pequenos danos ou fissuras (>0,2 mm);
    • evidência de painéis.
  3. Defeitos e danos moderados:
    • descolamentos do revestimento;
    • inchaços;
    • fissuras e rachaduras (>1 mm).
  4. Defeitos e danos graves:
    • impactos de granizo e choques acidentais;
    • danos maiores ou rachaduras (>2 mm);
    • descolamentos dos painéis;
    • erros graves de instalação ou projeto.

Intervenções resolutivas por tipo de dano no isolamento térmico

A seguir, examinaremos as intervenções específicas para cada tipo de dano, de acordo com as normas européias:

  • degradação estética (sujeira, mofo, algas, descoloração, microfissuras): um novo ciclo de decoração é a solução para resolver a degradação estética. Utilizar uma tinta siloxânica com alta impermeabilidade e resistente a algas, fungos e mofo restaurará a aparência original do isolamento térmico.
  • Defeitos e danos leves (baixa planicidade, pequenos danos ou fissuras >0,2 mm, evidência da painelagem): para defeitos e danos leves, é recomendável executar um novo ciclo de revestimento armado com tela e decoração. Isso restaurará os painéis e corrigirá os pequenos danos superficiais.
  • Defeitos e danos moderados (descolamentos do revestimento, inchaços, fissuras e rachaduras >1 mm): para danos moderados, um novo ciclo de revestimento armado com tela ancorada e decoração é a solução ideal. Isso aborda os danos mais significativos e restaura a estabilidade do isolamento térmico.
  • Defeitos e danos graves (impactos de granizo e choques acidentais, danos maiores ou rachaduras >2 mm, descolamentos dos painéis, erros graves de instalação ou projeto): em caso de danos graves, pode ser necessária a demolição e substituição do isolamento térmico.

A manutenção regular do isolamento térmico é fundamental para garantir a durabilidade e a eficiência energética do seu edifício. Identificando os tipos de danos e intervindo adequadamente, você pode preservar o conforto e a aparência do seu edifício ao longo dos anos. O uso de um software de manutenção de edifícios pode simplificar consideravelmente o processo de gerenciamento da manutenção do isolamento térmico porque:

  • planeja inspeções e revisões de forma sistemática, garantindo que sejam realizadas de forma oportuna e regular.
  • Arquiva de forma organizada todos os dados relacionados a inspeções anteriores, revisões e eventuais reparos realizados. Isso permite rastrear as condições do isolamento térmico ao longo do tempo e identificar tendências ou problemas recorrentes.
  • Gera relatórios detalhados sobre o estado do isolamento térmico, incluindo fotos e notas sobre as intervenções realizadas. Esses relatórios podem ser úteis para documentação e comunicação com profissionais de manutenção ou especialistas do setor.

 

usbim-maint
usbim-maint