A imagem ilustra o conceito de ambiente comum de dados

Quais os benefícios de um Ambiente Comum de dados?

Compartilhamento do trabalho no processo BIM: confira vantagens e desvantagens do Ambiente Comum de Dados

Quando falamos de BIM, muitas vezes nos referimos ao Ambiente Comum de Dados (CDE, Common Data Environment). As perguntas que você deve ter-se feito são: o que é um CDE? Como funciona? Quais são as vantagens e as desvantagens dele?

Neste artigo, vamos te explicar tudo que precisa saber sobre o conceito de CDE e ilustrar os benefícios trazidos pelo uso de uma plataforma de colaboração BIM.

Common Data Environments: o que são?

O CDE é um ambiente digital que tem como objetivo principal a coleta, o compartilhamento e o gerenciamento de dados e informações trocados entre os vários profissionais responsáveis pelo seu tratamento, compartilhamento e divulgação a terceiros, bem como pelo seu armazenamento definitivo.

Podemos, então, dizer que o Ambiente Comum de Dados é o local onde os dados relativos a um certo comissionamento ou ativo (projeto, execução, Facility Management, desativação, etc.) são coletados de forma organizada e compartilhados.

Da definição oficial fornecida pela ISO 19650-1:2019:

“Fonte de informação adotada para um certo comissionamento ou bem imóvel, a fim de coletar, gerenciar e compartilhar cada contentor de informação durante toda a gestão do comissionamento.”

O CDE é, geralmente, dividido em quatro setores que identificam as fases progressivas do compartilhamento de informações:

  • trabalho em andamento: são adicionados todos os documentos que ainda estão sendo processados, em vista do seu possível compartilhamento com as demais equipes por parte do responsável pela tarefa (geralmente o líder da equipe).
  • Compartilhado: todas as informações das várias disciplinas são inseridas e devem ser compartilhadas com as demais equipes.
  • Documentação publicada: os documentos previamente criados e aprovados são compartilhados com as demais equipes.
  • Repositório: ambiente destinado à catalogação e conservação de todos os documentos. Eles serão um ótimo ponto de partida para as etapas seguintes (por exemplo, o planejamento das operações de gerenciamento e manutenção).

Em um Ambiente Comum de Dados, cada profissional tem uma tarefa específica e certas “permissões” de acesso à informação. A transferência de informações e modelos de uma seção para outra é feita através de gates, após processo de verificação e validação executado pelo ator responsável.

Para mais informações sobre esse tema, confira nossa matéria “Common Data Environment (CDE) para gerenciamento BIM“.

A imagem ilustra os beneficios de um ambiente comum de dados

Benefícios de um CDE

Benefícios de um Ambiente Comum de Dados

Um ambiente de compartilhamento de dados registra todo o fluxo de trabalho, reduz a dispersão de informações e permite atualizações em tempo real. Resumindo, as vantagens do Ambiente Comum de Dados são:

  • interconexão constante entre colaboradores e compartilhamento de todos os dados em um único ambiente.
  • Acesso à informação apenas com as permissões necessárias. Dessa forma, todo o repositório (e seus subgrupos) da informação fica ordenado e organizado.
  • Redução de tempos e recursos para atividades de produção de informação, com verificação e controle.
  • Possibilidade de manter os arquivos sempre atualizados em tempo real.
  • Rastreabilidade e histórico de eventos, ou seja, possibilidade de saber quem criou um tipo de informação e quando o fez.
  • Facilidade de acesso a diversos formatos de dados com relacionado armazenamento.
  • Comparação facilitada de diferentes modelos para identificar suas possíveis interferências.
  • Uso da ferramenta de qualquer lugar e com qualquer dispositivo.

Desvantagens do Common Data Environment

Como mencionado, o Ambiente Comum de Dados traz inúmeras vantagens que levam a uma melhor gestão das operações (compartilhamento de arquivos, coordenação de diferentes fases, armazenamento de dados, etc.).

No entanto, ele também apresenta dois aspectos críticos a levar em consideração:

  • possível perda de dados devido a ataques cibernéticos;
  • acesso não autorizado.

Por isso, é fundamental escolher uma infraestrutura na nuvem adequada, com todas as garantias e certificações necessárias, como ISO 27001, CSA, etc.

A este respeito, não deixe de experimentar em primeira mão alguns serviços da BIM Collaboration Platform para a gestão do CDE conforme os mais altos padrões de segurança.

usbim
usbim