Home » BIM e Projeto de construção » Project Management e a contribuição do BIM

A imagem ilustra como bim ajuda o gerente de projeto

Project Management e a contribuição do BIM

O Project Management e a ajuda do BIM para a organização do trabalho e identificação de processos no mundo da construção. Venha entender mais

A organização do trabalho e dos processos no setor da construção sempre esteve no centro do debate entre os muitos protagonistas do mundo AECO. A solução para os problemas levantados é a otimização de recursos nas diferentes fases da obra (estudo de viabilidade, projeto, execução, etc.) e pode ser facilitada graças ao uso do BIM.

Como o BIM ajuda o Project Management (ou gerenciamento de projetos, em português) e, portanto, a gestão de todos os meios disponíveis?

Com certeza a resposta está no melhor controle e no compartilhamento mais rápido de informações com todos os profissionais envolvidos.

Abaixo te explicaremos com mais detalhes o papel do BIM na área do Project Management. Além disso, recomendo que você experimente o BIM Management System para descobrir todas as vantagens de digitalizar edifícios e infraestruturas de forma fácil, segura e compartilhada.

 BIM e Project Management

BIM e Project Management

O que é o BIM na gestão de projetos da construção?

O Building Information Modeling é o processo de criação de modelos 3D contendo uma variedade de informações. O resultado final é um recipiente de dados útil para a gestão do trabalho. Para saber mais sobre o tema, sugiro que leia o artigo “Para que serve o BIM e quem deve usá-lo“.

O BIM, além de ser útil para a implementação do modelo com dados e informações, é essencial para a gestão do projeto e o controle de todos os aspectos técnicos nas diferentes fases do ciclo de vida.

De fato, graças às muitas informações disponíveis, é possível, por exemplo, identificar e organizar as diversas operações de manutenção já na fase de projeto. Você pode identificar imediatamente as interferências que podem surgir na fase de execução e encontrar uma solução imediata, minimizando o desperdício de recursos.

Estes são apenas alguns dos aspectos que fazem do BIM uma solução válida para a gestão de projetos da construção.

Como o Building Information Modeling é integrado no Project Management?

O BIM é muito importante no Project Management porque permite uma melhor gestão das obra também graças ao compartilhamento de informações na nuvem.

Isso é possível graças ao uso do software para gerenciamento de projetos BIM.

Essas ferramentas permitem estruturar pastas no CDE (Common Data Environment), destacando todas as atividades, gestores, prazos e custos de execução, etc. A este respeito, sugerimos que leia o artigo “Quais são as vantagens do CDE?” para mais informações sobre o CDE.

Neste sistema, todos os atores envolvidos têm conhecimento das suas responsabilidades e obtêm acesso aos documentos relativos para desempenhar às suas tarefas.

Ao explorar o potencial da nuvem, todas as atividades e custos de cada gestor são registrados e compartilhados, gerando um cronograma. Isso pode ser comparado com o planejamento do projeto, obtendo assim uma comparação dinâmica que é muito útil para manter o uso dos recursos sob controle.

A capacidade de compartilhar facilmente todas as informações e acompanhar todas as atividades torna mais fácil para o Project Manager direcionar e gerenciar o trabalho das várias equipes. Desta forma, o processo torna-se mais rápido e organizado, obtendo como efeito positivo a redução de erros ao mínimo.

Como o BIM ajuda o Project Management na gestão de projetos

Como o BIM ajuda o Project Management na gestão de projetos

Vantagens do BIM com o Project Management

O BIM tem enormes benefícios em todas as áreas da construção, especialmente quando se trata de Project Management.

Aqui estão algumas vantagens que podem destacar a importância do Project Management e sua utilidade no processo BIM:

  1. melhor comunicação e colaboração – comparado aos métodos clássicos, com esses processos você pode se comunicar e colaborar com sua equipe com mais facilidade, melhorando consequentemente o trabalho final. Isso também é possível graças às várias ferramentas que permitem visualizar as alterações feitas em tempo real.
  2. Diminuição dos custos de construção – já na fase de projeto, é possível eliminar desperdícios por erros que, geralmente, são identificados apenas na fase de execução. Trata-se de uma redução do material utilizado e, portanto, dos custos a eles associados.
  3. Visão completa do projeto – todos os atores podem ver o modelo completo em todas as suas partes (arquitetônica, estrutural, MEP, etc.) de modo a obter uma visão geral antes mesmo da execução completa da obra.
  4. Produtividade aumentada – com os processos de gestão de projetos integrados ao BIM, cada ator envolvido está ciente do que deve fazer, prazos de entrega, métodos operacionais, etc. para obter melhores resultados.
  5. Atividades planejadas com eficiência – a organização do trabalho é otimizada pelo planejamento das diversas atividades;.
  6. Detecção de colisão – eventuais interferências (sobreposição entre janela e pilar) são facilmente identificadas graças à federação dos modelos das várias disciplinas (arquitetônica, estrutural, MEP).
  7. Integração de todas as dimensões do BIM – o modelo é utilizado não só pelas suas características geométricas (3D), mas também pela organização dos tempos (4D), pela análise de custos (5D), etc.
  8. Prazos de entrega reduzidos – todos os processos são otimizados obtendo, como efeito positivo, a redução dos tempos de preparação dos documentos.
  9. Aumento da qualidade do projeto – a melhor organização do trabalho (tanto na fase decisória quanto na fase executiva) também leva a modelos mais estruturados e, portanto, mais fáceis de gerenciar.
  10. Disponibilidade imediata de modelos de informação – os modelos estão sempre disponíveis graças ao uso de ferramentas de nuvem, ao contrário do que acontece com os métodos clássicos em que você tem que esperar mais ou menos tempo.
  11. Ausência de arquivos duplicados – os modelos são “únicos” e não possuem cópias. Neste processo os arquivos possuem diferentes versões que podem ser escolhidas de acordo com as necessidades.
  12. Facilidade de gerenciamento pelo gerente de projeto – os modelos organizados de acordo com o que foi dito até agora permitem uma leitura mais simples e, portanto, uma revisão mais cuidadosa dos conteúdos.

 

usbim-platform
usbim-platform