Home » BIM e Arquitetura » Requisitos de informação de projeto (PIR) no BIM

Requisitos de informação de projeto (PIR) no BIM

O PIR ilustra os requisitos de informação de projeto necessários para atender aos objetivos estratégicos do OIR. Conheça mais


Muitas vezes, as dificuldades de projeto surgem já na fase inicial, quando se tenta interpretar as necessidades do cliente com o objetivo de criar um projeto que o satisfaça o máximo possível. Essa abordagem é frequentemente o que se faz na chamada construção enxuta, em que se pretende colocar as necessidades do cliente no centro do processo de projeto, e fazê-lo por meio de um compartilhamento mais amplo de informação.

É neste contexto que surge o documento chamado de Project Information Requirements (PIR, traduzível em português como “requisitos de informação de projeto”, de acordo com a norma ISO 19650).

O PIR pretende transmitir ao contratante as necessidades do cliente; mas quais são esses requisitos de informação e como o PIR se relaciona com a metodologia BIM?

Requisitos de informação de projeto de acordo com a ISO 19650

A norma ISO 19650-1, “Organização e digitalização de informações sobre edifícios e obras de engenharia civil, incluindo modelagem de informações de construção (BIM) — Gerenciamento de informações usando modelagem de informações de construção — Parte 1: Conceitos e princípios”, define os princípios de produção de informação, métodos de entrega e a organização da estrutura de produção.

A norma é dirigida a todas as organizações que adotam ou estão interessados em implementar a metodologia BIM e se aplica a projetos de qualquer tamanho e a todo o ciclo de vida do ativo.

Em seu capítulo 5, “Definição de requisitos de informação e modelos de informação resultantes”, a ISO 19650-1 estabelece a hierarquia dos requisitos de informação (OIR, PIR, AR e EIR) de acordo com o esquema que segue.

A imagem ilustra a hierarquia dos requisitos de informação

Hierarquia dos requisitos de informação

Essa hierarquia é útil para organizar a grande quantidade de dados, requisitos de informação, resultantes do gerenciamento de informações de um projeto em BIM.

Os requisitos de informação são então colocados no que a norma define como “contêineres de informação”, gerando “produtos de informação”. Especificamente, os requisitos de informação de projeto (PIR), que geram o modelo de informação do Projeto (PIM).

O que é PIR em BIM?

Os requisitos de informação de projeto de acordo (PIR) são um modelo ligados à ordem específica e gerados pela estruturação de processos dentro de uma organização.

Várias atividades estão ligadas aos processos individuais, e é com base nessas atividades que são definidos os requisitos de informação de projeto (PIR).

O início da produção de informações é de responsabilidade da organização, que, de acordo com suas necessidades, define os requisitos de informação relativos a:

  • atividade empresarial estratégica;
  • gestão estratégica do bem imóvel;
  • obrigações regulatórias;
  • elaboração de políticas;
  • planejamento de portfólio.

O PIR, por sua vez, descreve as informações necessárias para implementar os objetivos que já foram explicitados pelo OIR (requisitos de informação da organização), e o faz em relação a uma ordem específica.

Uma seção específica do PIR é preparada para cada ponto de decisão, que será concluída durante o pedido.

Pode-se dizer que o PIR representa as necessidades de informação da empresa a nível processual e constitui uma referência para a gestão da informação das ordens e para uma estruturação linear do conteúdo da informação nos níveis de definição subsequentes.

Quem elabora o PIR?

De acordo com o padrão internacional BIM, a redação do PIR fica a cargo do cliente.

É ele quem deve explicitar a todos os interessados os requisitos de informação.

O cliente:

  • analisa e entende quais informações precisa sobre o projeto, com o objetivo de apoiar seus objetivos organizacionais ou contratuais;
  • comunica-os aos interessados e ao(s) empreiteiro(s).

Graças a este processo informativo, o encarregado pode elaborar os produtos informativos definindo-os de acordo com as necessidades especificas do cliente.

Na verdade, os Requisitos de Informação do Projeto definem os requisitos de troca da informação (EIR), necessários para o diálogo com os empreiteiros.

Por que é útil a sua elaboração?

À luz do que dissemos, fica claro como a elaboração do PIR é útil para obter um projeto que atenda às reais necessidades do cliente.

De fato, o cliente, ou a pessoa por ele designada, indica claramente no PIR os requisitos de informação do projeto de que necessita. O contratante visualiza o PIR, produz e entrega os produtos de informação definidos pelo cliente na fase de atribuição. Graças a esse fluxo de informações, a parte encarregada pode concluir o trabalho com o conhecimento certo e qualidade da informação.

Outra vantagem óbvia do PIR e da estruturação dos requisitos de informação, é a redução dos riscos de gerenciamento do conteúdo da informação evidente mesmo durante a transição de uma fase para outra nos processos tradicionais de construção.

Sobretudo, num workflow tradicional, muitas vezes acontece que a perda de dados provoca uma ineficiência na gestão de tempo, custos e eficácia do processo.

A implementação da metodologia BIM e a elaboração destes documentos informativos leva à criação de um projeto mais competitivo e de maior qualidade.

Portanto, mesmo esta fase de planejamento e gerenciamento de requisitos de informação é mais do que positivamente afetada pela metodologia BIM, para isso sugerimos que você teste gratuitamente um software BIM de design ou ser apoiado em uma gestão inovadora do seu projeto por um software BIM de Facility Mangement.

 

usbim
usbim